terça-feira, 30 de junho de 2009

CARTA DE AMOR

Vou dizer ao mundo todo que te amo
Querido (nome),

eu te amo tanto, tanto, que às vezes tenho vontade de fazer com que o mundo inteiro fique sabendo disso.
Tenho vontade de gritar, de dizer a todo o mundo que você é lindo, que você é maravilhoso, que você é muito especial e gostoso. Tenho vontade de ouvir, no último volume, as músicas que me fazem lembrar você, para que todos saibam do sentimento que habita o meu coração.
Se você me disser que isso é bobagem, que isso é desnecessário e que aquilo que realmente importa é a sua percepção deste amor, é o seu - e apenas seu - sentimento deste amor, talvez eu seja até capaz de me convencer e concordar, mas vai permanecer em mim esta vontade louca de espalhar aos quatro ventos a força deste meu grande amor.
De qualquer forma, hoje eu quero fazer algo bem diferente e calmo. Hoje apenas pretendo ouvir música bem baixinha, quero apenas ficar bem quietinha, esticadinha e relaxada no sofá. Não vou nem sentir saudades suas, pois quero você pertinho de mim, de mãos dadas comigo, esticadinho e relaxado ao meu lado.

Um beijo e até já,
(assinatura)

Um ano de ternura

Minha doce namorada,

Hoje faz um ano que estamos juntos. É um dia especial, no qual devemos agradecer ao privilégio de percebermos em nós o sagrado sentimento do amor. Este amor que se manifesta em cada um dos nossos gestos e sempre, cada vez mais, em nossos olhares.
Por isso é que hoje eu vou abrir as janelas do meu peito, libertar a mente de todo e qualquer problema e me entregar ao manso mar do teu sorriso. Quero guardar toda a minha esperança no doce aconchego dos teus braços e dar vida aos meus pulmões com o teu perfume.
Quero fortalecer meu corpo alimentando-me da tua ternura e, assim, construir uma ponte para unir minha alma à tua. Depois, do alto dessa ponte, alicerçada em amor, verdade e alegria, poderemos desafiar todos os abismos do mundo e, juntos, contemplaremos a beleza da vida, totalmente protegidos das águas turvas da mesquinhez, do ciúme e do medo, que às vezes aparecem em veios recônditos, sombrios e poderosos, mas não o suficiente para resistirem à luz do amor puro e verdadeiro.
Eu te amo, beijo grande do teu,
(assinatura)

Protomártires da Igreja de Roma

30 de Junho

Depois da solenidade universal dos apóstolos São Pedro e Paulo, a liturgia nos apresenta a memória de outros cristãos que se tornaram os primeiros mártires da Igreja de Roma, por isso, protomártires.

Foram vítimas das perseguições do terrível e doente Nero, que, fugindo da responsabilidade, escolheu acusar e condenar como culpada do incêndio que destruiu Roma, a pacífica Comunidade Cristã.

A dura perseguição que perdurou de 65 até 67 tinha como principal e ilógico sustentáculo, o fato dos cristãos não adorarem aos deuses e sobre este absurdo comentou Tertuliano: "Os pagãos atribuem aos cristãos toda sorte de calamidade pública, todo flagelo. Se as águas do Nilo não crescem para inundar os campos, se houver seca, carestia, peste, terremoto, é tudo culpa dos cristãos, que desprezam os deuses, e de todos os lados se grita: os cristãos aos leões!"

Em nome da loucura e ignorância, crianças e mulheres cristãs eram vestidas com peles e entregues aos dentes das feras num circo assistido pelos pagãos; jovens e adultos cobertos de piches eram feitas tochas humanas e daí por diante, pois o mal é genioso. Desta forma com "orgulho santo", lembramos destes que são os nossos primeiros irmãos, mártires da Igreja de Roma.

Protomártires da Igreja de Roma, rogai por nós!

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Papa Bento XVI assina encíclica sobre globalização

segunda-feira, 29 de junho de 2009, 15:34

No sábado, jornal do Vaticano havia divulgado descoberta de imagem antiga do apóstolo Paulo

Associated Press

Associated Press

Imagem encontrada em catacumba e que seria a mais antiga representação de Paulo

VATICANO - O papa Bento XVI assinou sua mais recente encíclica nesta segunda-feira, 29, um texto sobre meios de tornar a globalização mais capaz de atender às necessidades dos pobres em meio à crise econômica global.

O documento, intitulado Caridade na Verdade, deverá ser publicado em breve.

O papa declarou que sua terceira encíclica delineará metas e valores que os fiéis devem defender para garantir que haja solidariedade entre todos os povos.

Bento já se manifestou diversas vezes sobre a crise financeira, pedindo aos líderes mundiais que garantam que os pobres do mundo não acabem tendo de suportar o maior peso da recessão.

O pontífice anunciou a assinatura da encíclica nesta segunda, um dia de festa para os católicos, depois de celebrar uma missa na qual disse a novos arcebispos que têm de ser modelos para os fiéis, guiando-os e protegendo-os como pastores guiam o rebanho.

O papa vinha trabalhando na Caritas in Veritate, o título latino da encíclica, desde 2007, mas adiou a publicação para revisá-la em face da crise mundial. Encíclicas são os documentos emitidos por um papa que mais carregam autoridade.
Ossos de Paulo

No domingo, Bento XVI havia anunciado que os primeiros exames científicos do que poderiam ser os restos mortais do apóstolo Paulo "parece confirmar" que os vestígios realmente são do santo católico.

Esta foi a segunda grande descoberta a respeito de Paulo anunciada pelo Vaticano em dois dias. No sábado, o jornal L'Osservatore Romano noticiara que o afresco descoberto, em 19 de junho, em outra tumba seria o mais antigo ícone a representar o apóstolo.

Bento disse que arqueólogos desenterraram e abriram recentemente o sarcófago de mármore branco localizado debaixo da Basílica de São Paulo Extramuros, que a tradição diz ser a tumba de São Paulo.

Os arqueólogos fizeram testes de carbono 14 nos fragmentos de osso e confirmaram uma datação do primeiro ou segundo século da era atual.

"Isso parece confirmar a tradição, unânime e inconteste, de que se tratam dos restos mortais do Apóstolo Paulo", disse o papa.

São Pedro e São Paulo Apóstolos

29 de Junho


São Pedro e São Paulo Apóstolos Hoje, a Igreja do mundo inteiro celebra a santidade de vida de São Pedro e São Paulo. Estes santos são considerados "os cabeças dos apóstolos", por terem sido os principais líderes da Igreja Cristã Primitiva, tanto por sua fé e pregação, como pelo ardor e zelo missionários.

Pedro, que tinha como primeiro nome Simão, era natural de Betsaida, irmão do Apóstolo André. Pescador, foi chamado pelo próprio Jesus e, deixando tudo, seguiu ao Mestre, estando presente nos momentos mais importantes da vida do Senhor, que lhe deu o nome de Pedro. Em princípio, fraco na fé, chegou a negar Jesus durante o processo que culminaria em Sua morte por crucifixão. O próprio Senhor o confirmou na fé após Sua ressurreição (da qual o apóstolo foi testemunha), tornando-o intrépido pregador do Evangelho através da descida do Espírito Santo de Deus, no Dia de Pentecostes, o que o tornou líder da primeira comunidade. Pregou no dia de Pentecostes e selou seu apostolado com o próprio sangue, pois foi martirizado em uma das perseguições aos cristãos, sendo crucificado de cabeça para baixo a seu próprio pedido, por não se julgar digno de morrer como Seu Senhor, Jesus Cristo.

Escreveu duas Epístolas e, provavelmente, foi a fonte de informações para que São Marcos escrevesse seu Evangelho.

Paulo, que tinha como nome antes da conversão, Saulo ou Saul, era natural de Tarso. Recebeu educação esmerada "aos pés de Gamaliel", um dos grandes Mestres da Lei da época. Tornou-se fariseu zeloso, a ponto de perseguir e aprisionar os cristãos, sendo responsável pela morte de muitos deles.

Converteu-se à fé cristã no caminho de Damasco, quando o próprio Senhor Ressuscitado lhe apareceu e o chamou para o apostolado. Recebeu o Batismo do Espírito Santo e preparou-se para o ministério. Tornou-se um grande missionário e doutrinador, fundando muitas comunidades. De perseguidor passou a perseguido, sofreu muito pela fé e foi coroado com o martírio, sofrendo morte por decapitação.

Escreveu treze Epístolas e ficou conhecido como o "Apóstolo dos gentios".


São Pedro e São Paulo, rogai por nós!

Segunda-Feira, 29 de Junho de 2009

Evangelho (Mateus 8,18-22)
13a Semana Comum


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 18vendo uma multidão ao seu redor, Jesus mandou passar para a outra margem do lago. 19Então um mestre da Lei aproximou-se e disse: “Mestre, eu te seguirei aonde quer que tu vás”.
20Jesus lhe respondeu: “As raposas têm suas tocas e as aves dos céus têm seus ninhos; mas o Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça”. 21Um outro dos discípulos disse a Jesus: “Senhor, permite-me que primeiro eu vá sepultar meu pai”. 22Mas Jesus lhe respondeu: “Segue-me, e deixa que os mortos sepultem os seus mortos”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

domingo, 28 de junho de 2009

O papel espiritual da mãe

Canção Nova
Imagem de Destaque

Ela é referência de carinho para seus filhos

O que se espera de um pai e de uma mãe para a educação dos filhos? Precisamos olhar para dois papéis bem definidos na família, o papel do pai e o da mãe.
Primeiro, vamos olhar para figura da mãe. Precisamos entender que a diferença entre homem e mulher é desejada pelo Criador, e não é só uma diferença física e genital, mas homens e mulheres são diferentes. Se queremos educar nossos filhos, precisamos de alguém que assuma o papel espiritual de pai e o de mãe. Os animais não têm pais espirituais, mas reprodutores, pois eles não têm papéis espirituais; somente nós seres humanos os temos. O que vemos na nossa sociedade é que esses papéis estão confusos e a sociedade está fazendo de tudo para que isso se torne ainda mais confuso. A sociedade quer abolir a diferença entre o homem e a mulher.

A mulher tem sua identidade e papel de mãe; o homem tem sua identidade e papel de pai. Todas as mulheres da face da terra, inclusive as virgens consagradas, precisam ser mães espirituais. Não existe mulher madura que não seja mãe. Assim também são os homens. Os padres não têm filhos biológicos, mas precisam assumir um coração paterno.
Quando olhamos para esses papéis de pais espirituais, precisamos querer dar frutos, pois ninguém veio à terra para ser estéril, mas para ter filhos espirituais, que é muito mais importante que ter filhos biológicos, pois os animais podem também procriar. Precisamos nos deter nesses papéis espirituais.

O ser humano no mundo inteiro reconhece que ser pai e ser mãe não é simplesmente "parir" um filho, no sentido verdadeiro da palavra, por isso muitos dizem: “eu não tive um pai, uma mãe de verdade”.
Tudo isso que estou falando é pesquisa do padre Vergote, ele descobriu uma coisa referente à mãe. Mãe é quem tem uma disponibilidade afetiva, um o coração aberto, por isso muitos dizem: “minha mãe está sempre de braços abertos para me acolher”. Mãe é colo, aconchego.

A segunda característica da mãe é o amor incondicional; por isso, nos presídios, as mães dizem: “não importa o que meu filho fez, eu continuo o amando”. Não que ela aprova o que ele fez, mas o ama mesmo assim.
Numa pesquisa nos Estados Unidos, descobriram que as mulheres se sentiriam muito mais satisfeitas se pudessem dispor parte de seu tempo para ter mais tempo para a família. A realidade é essa, para que as mulheres se realizem como mulher, é preciso realizar aquilo que está no coração de todas elas: ser mãe. Você mulher, não queira concorrer com seu marido em forma de dinheiro, saiba que seu lado materno sempre será insatisfeito.

Queremos que nossos filhos sejam educados, mas não queremos pagar um preço.
O padre Vergote descobriu que o esquizofrênico e o criminoso (aquele que tem a mente perversa) são pessoas que não têm a figura de mãe. O esquizofrênico tem a figura de uma mãe que é juiz. Vejam que isso tem consequências para seus filhos. Mas será que não existe uma ligação entre o crescimento da violência na sociedade e a ausência das mães na família? Eu não falo da mãe biológica, mas mães e pais espirituais. Se você pode ser pai espiritual e mãe espiritual, seja, pois nossos filhos precisam dessa referência de amor incondicional.

A mãe precisa ser referência de carinho para seus filhos. Há situações em que o marido não consegue emprego e a mulher trabalha, então que o marido faça presença paterna, mas não deixe o filho a mercê da televisão e da internet.
Se você não tem filhos, porque tem problemas para engravidar ou é celibatário, busque filhos espirituais. Ninguém nasceu para ser estéril, mas para ser alegre, então, busque filhos espirituais para que vocês tenham a alegria de auxiliá-los na formação.

A família é dom de Deus, é algo muito precioso aos olhos de Deus.

Mãe é gratidão, ela é o lugar onde a criança vai correndo quando está em perigo. Se você não teve uma boa experiência de mãe, você precisa perdoá-la. Se sua mãe já morreu, assuma a Virgem Maria como sua mãe.

A mãe não pode fazer tudo, mas os filhos precisam ter sua referência de mãe. Às vezes é necessário perder um pouco de dinheiro para ganhar a família.




Padre Paulo Ricardo - Reitor Seminário Cuiabá-MT
www.padrepauloricardo.org

São Irineu

28 de Junho


São Irineu Celebramos a memória do grande Bispo e Mártir, São Irineu, que pelos seus escritos tornou-se o mais importante dos escritores cristãos do século II. Nascido na Ásia Menor, foi discípulo de Santo Policarpo, que por sua vez conviveu diretamente com o Apóstolo São João, o Evangelista.

Ao ser ordenado por São Policarpo, Irineu foi para a França e assumiu várias funções de serviço à Igreja de Cristo, que crescia em número de comunidades e necessidade de pastoreio. Importante contribuição deu à Igreja do Oriente quando foi em missão de paz para um diálogo com o Papa Eleutério sobre a falta de unidade na data da celebração da Páscoa, pois o Oriente corria ao risco de excomunhão, sendo fiel ao significado do seu próprio nome – portador da paz – logrou êxito nessa missão, já que isto nada interferia na unidade da fé.

Ao voltar da missão deparou-se com a morte do Bispo Potino, o qual o havia enviado para Roma e, sendo assim, foi ele o escolhido para sucessor do episcopado de Lião. Erudito, simples, orante e zeloso Bispo, foi ele quem escreveu contra os hereges e sobre a sucessão apostólica. E, muito dos dados que temos, hoje, sobre a história da Igreja do século II. Este grande Bispo morreu mártir na perseguição do imperador Severo.

São Irineu, rogai por nós!

Domingo, 28 de Junho de 2009

Evangelho (Mateus 16,13-19)
SOLENIDADE DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO


— O Senhor esteja convosco!
— Ele está no meio de nós!
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo,
13Jesus foi à região de Cesareia de Filipe e ali perguntou aos seus discípulos: “Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?”
14Eles responderam: “Alguns dizem que é João Batista; outros que é Elias; outros ainda, que é Jeremias ou algum dos profetas”.
15Então Jesus lhes perguntou: “E vós, quem dizeis que eu sou?”
16Simão Pedro respondeu: “Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo”.
17Respondendo, Jesus lhe disse: “Feliz és tu, Simão, filho de Jonas, porque não foi um ser humano que te revelou isso, mas o meu Pai que está no céu. 18Por isso eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra construirei a minha Igreja, e o poder do inferno nunca poderá vencê-la.
19Eu te darei as chaves do Reino dos Céus: tudo o que tu ligares na terra será ligado nos céus; tudo o que tu desligares na terra será desligado nos céus”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

sábado, 27 de junho de 2009

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

27 de Junho

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro A devoção a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro começou a ser propagada a partir de 1870 e espalhou-se por todo o mundo. Trata-se de uma pintura do século XIII, de estilo bizantino. Segundo a tradição, foi trazida de Creta, Grécia, por um negociante. E, desde 1499, foi honrada na Igreja de São Mateus in Merulana..

Em 1812, o velho Santuário foi demolido. O quadro foi colocado, então, num oratório dos padres agostinianos. Em 1866, os redentoristas obtiveram de Pio IX o quadro da imagem milagrosa. Nossa Senhora do Perpétuo Socorro foi colocada na Igreja de Santo Afonso, em Roma. De semblante grave e melancólico, Nossa Senhora traz no braço esquerdo o Menino Jesus, ao qual o Arcanjo Gabriel apresenta quatro cravos e uma cruz. Ela é a Senhora da morte e a Rainha da Vida, o Auxílio dos cristãos, o Socorro seguro e certo dos que a invocam com amor filial.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

Sábado, 27 de Junho de 2009

Evangelho (Mateus 8,5-17)
12a Semana Comum


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 5quando Jesus entrou em Cafarnaum, um oficial romano aproximou-se dele, suplicando: 6“Senhor, o meu empregado está de cama, lá em casa, sofrendo terrivelmente com uma paralisia”.
7Jesus respondeu: “Vou curá-lo”. 8O oficial disse: “Senhor, eu não sou digno de que entres em minha casa. Dize uma só palavra e o meu empregado ficará curado. 9Pois eu também sou subordinado e tenho soldados sob minhas ordens. E digo a um: ‘Vai!’, e ele vai; e a outro: ‘Vem!’, e ele vem; e digo a meu escravo: ‘Faze isto!’, e ele faz”.
10Quando ouviu isso, Jesus ficou admirado, e disse aos que o seguiam: “Em verdade, vos digo: nunca encontrei em Israel alguém que tivesse tanta fé. 11Eu vos digo: muitos virão do Oriente e do Ocidente, se sentarão à mesa no Reino dos Céus, junto com Abraão, Isaac e Jacó, 12enquanto os herdeiros do Reino serão jogados para fora, nas trevas, onde haverá choro e ranger de dentes”.
13Então, Jesus disse ao oficial: “Vai! E seja feito como tu creste”. E, naquela mesma hora, o empregado ficou curado. 14Entrando Jesus na casa de Pedro, viu a sogra dele deitada e com febre. 15Tocou-lhe a mão, e a febre a deixou. Ela se levantou, e pôs-se a servi-lo. 16Quando caiu a tarde, levaram a Jesus muitas pessoas possuídas pelo demônio. Ele expulsou os espíritos, com sua palavra, e curou todos os doentes, 17para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta Isaías: “Ele tomou as nossas dores e carregou as nossas enfermidades”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

sexta-feira, 26 de junho de 2009

ARROGÂNCIA

O diálogo abaixo é verídico e foi travado em outubro de 1995 entre um navio da marinha norte-americana e as autoridades costeiras do Canadá, próximo ao litoral de Newfoundland.
Os americanos começaram na maciota:

- Favor alterar seu curso 15 graus para norte para evitar colisão com nossa embarcação.

Os canadenses responderam prontamente:

- Recomendo mudar o SEU curso 15 graus para sul.

O capitão americano irritou-se:

- Aqui é o capitão de um navio da Marinha Americana. Repito, mude o SEU curso.

Mas o canadense insistiu:

- Não. Mude o SEU curso atual.

A situação foi se agravando. O capitão americano berrou ao microfone:

- ESTE É O PORTA-AVIÕES USS LINCOLN, O SEGUNDO MAIOR NAVIO DA FROTA AMERICANA NO ATLÂNTICO. ESTAMOS ACOMPANHADOS DE TRÊS DESTRÓIERES, TRÊS FRAGATAS E NUMEROSOS NAVIOS DE SUPORTE. EU EXIJO QUE VOCÊS MUDEM SEU CURSO 15 GRAUS PARA NORTE, UM, CINCO, GRAUS NORTE, OU ENTÃO TOMAREMOS CONTRAMEDIDAS PARA GARANTIR A SEGURANÇA DO NAVIO.

E o canadense respondeu:

- Aqui é um farol, câmbio!

Às vezes a nossa arrogância nos faz cegos... Quantas vezes criticamos a ação dos outros, quantas vezes exigimos mudanças de comportamento nas pessoas que vivem perto de nós, quando na verdade nós é que deveríamos mudar o nosso rumo...

Autor Anônimo

Bento XVI pede reconstrução de Gaza

Fonte:Zenit
E que garantam a segurança de Israel

CIDADE DO VATICANO, quinta-feira, 25 de junho de 2009 (ZENIT.org).- Nesta quinta-feira, Bento XVI pediu a reconstrução de Gaza, após a guerra de janeiro passado, levando em consideração também a segurança de Israel.

O pontífice recordou a peregrinação que realizou de 8 a 15 de maio à Terra Santa, ao receber hoje, no Vaticano, os participantes da 2ª Assembleia anual da Reunião das Obras de Ajuda às Igrejas Orientais (ROACO).

O Papa constatou com satisfação que essa viagem lhe deu a oportunidade de viver “muitos momentos de graça, nos quais pude animar e confortar as comunidades católicas da Terra Santa, instando seus membros a perseverarem em seu testemunho – um testemunho repleto de fidelidade, celebração e, às vezes, grande sofrimento”.

“Renovo minha oração e meu apelo para que não haja mais guerra, nem mais violência, nem mais injustiça”, afirmou.

“Desejo garantir-vos que a Igreja universal permanece ao lado de todos os nossos irmãos e irmãs que estão na Terra Santa.”

Esta preocupação, explicou, reflete-se de forma especial na Coleta Anual pela Terra Santa.

O Papa pediu às organizações católicas de ajuda que enfrentem “a situação dos refugiados e dos migrantes, que afetam particularmente as igrejas orientais”.

Da mesma forma, pediu “a reconstrução da Faixa de Gaza, que continua sendo abandonada, ao mesmo tempo levando em consideração a legítima preocupação de Israel sobre sua segurança”.

“Diante dos desafios sem precedentes da Igreja, o serviço da caridade proporcionará recursos eficazes e seguros de investimento para o presente e o futuro”, afirmou.

São Vigílio

26 de Junho


 São Vigílio O Santo de hoje morreu Mártir, logo pôde fazer - como tanto outros cristãos - das palavras de Tertuliano seu testemunho: "Podeis arrancar-me a pele e as entranhas, mas não a fé e a graça de minha alma". São Vigílio que celebramos foi o primeiro bispo da diocese de Trento, a mais antiga do Norte da Itália.

Sabemos que no Império Romano, com o Edito de Milão em 313, o Cristianismo saiu das catacumbas e começou a publicamente viver sua fé no Senhor Jesus Cristo e por meio de muito ardor anunciá-lo nas diversas missões. A evangelização era mais frutuosa nas cidades e menos nas distantes aldeias perdidas nos vales, estes lugares eram chamados pagos e tão apegados viviam a idolatria que deles surgiu o termo pagãos.

Enviado com outros amigos aos pagãos, São Vigílio teve grandes dificuldades, porém na ação comunitária , espírito de oração e de sacrifício consegui levar a muitos ao Cristo. Visando um projeto de permanência na fé, fundou comunidades, Paróquias e de modo organizado a Diocese de Trento donde tornou-se bispo zeloso , isto até ser atacado em 405 por um grupo de pagãos violentos que apedrejaram até a morte Santo bispo.

São Vigílio,rogai por nós!

Sexta-Feira, 26 de Junho de 2009

Evangelho (Mateus 8,1-4)
Mistério da Santa Cruz


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

1Tendo Jesus descido do monte, numerosas multidões o seguiam. 2Eis que um leproso se aproximou e se ajoelhou diante dele, dizendo: “Senhor, se queres, tu tens o poder de me purificar”. 3Jesus estendeu a mão, tocou nele e disse: “Eu quero, fica limpo”. No mesmo instante, o homem ficou curado da lepra.
4Então Jesus lhe disse: “Olha, não digas nada a ninguém, mas vai mostrar-te ao sacerdote, e faze a oferta que Moisés ordenou, para servir de testemunho para eles”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Bento XVI recebe Obama em audiência no dia 10 de julho

Da EFE

Washington, 24 jun (EFE).- O papa Bento XVI receberá o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, no dia 10 de julho em audiência privada, informou hoje a Casa Branca.

Em entrevista coletiva diária, o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, afirmou que Obama conversará com o papa após participar da cúpula do Grupo dos Oito (G8, os sete países mais ricos e a Rússia) que será realizada na cidade italiana de L'Aquila entre 8 e 10 de julho.

Horas antes, a agência "Catholic News Service" confirmou que, devido à apertada agenda de Obama, o papa Bento XVI, que costuma receber os chefes de Estado no início da manhã, concordou em fazer a audiência privada às 16h (11h de Brasília). EFE

São Guilherme

25 de Junho


São Guilherme Com grande devoção, hoje, lembramos a santidade de vida de São Guilherme, que nasceu em Vercelli, Itália, no ano de 1085. Órfão muito cedo, foi morar com os familiares que em nada o impediram de seguir Jesus e realizar seus anseios de vida religiosa.

Quando tinha apenas 14 anos, Guilherme saiu com vestes penitenciais para visitar o Santuário de São Tiago Compostela, na Espanha, visando expressar sua caminhada espiritual. Aconteceu que desejava peregrinar para a Terra Santa, mas devido a turbulências políticas, desviou-se e acabou se retirando no Monte Partênio (Monte da Virgem) e ali se retirou em silêncio, penitência e oração.

São Guilherme, ao começar a construção do Santuário de Nossa Senhora do Monte Virgine, com o tempo, teve de organizar a comunidade dos monges formada a partir de sua total consagração. E desta forma nasceu o primeiro dos vários mosteiros fundados pelo Santo.

Combatente contra o mal, durante os 67 anos de existência ele não admitiu o pecado em sua vida, tanto que diante da malícia de uma mulher, ele preferiu jogar-se em brasas acesas do que nos braços do pecado; e graças a Deus foi preservado milagrosamente de qualquer ferimento.

São Guilherme, rogai por nós!

Quinta-Feira, 25 de Junho de 2009

Evangelho (Mateus 7,21-29)
12a Semana Comum

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 21“Nem todo aquele que me diz: ‘Senhor, Senhor’, entrará no Reino dos Céus, mas o que põe em prática a vontade de meu Pai que está nos céus. 22Naquele dia, muitos vão me dizer: ‘Senhor, Senhor, não foi em teu nome que profetizamos? Não foi em teu nome que expulsamos demônios? E não foi em teu nome que fizemos muitos milagres? 23Então eu lhes direi publicamente: Jamais vos conheci. Afastai-vos de mim, vós que praticais o mal.
24Portanto, quem ouve estas minhas palavras e as põe em prática, é como um homem prudente, que construiu sua casa sobre a rocha. 25Caiu a chuva, vieram as enchentes, os ventos deram contra a casa, mas a casa não caiu, porque estava construída sobre a rocha. 26Por outro lado, quem ouve estas minhas palavras e não as põe em prática, é como um homem sem juízo, que construiu sua casa sobre a areia. 27Caiu a chuva, vieram as enchentes, os ventos sopraram e deram contra a casa, e a casa caiu, e sua ruína foi completa!”
28Quando Jesus acabou de dizer estas palavras, as multidões ficaram admiradas com seu ensinamento. 29De fato, ele as ensinava como quem tem autoridade e não como os mestres da lei.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Solenidade do Nascimento de João Batista

24 de Junho

Solenidade do Nascimento de João Batista Com muita alegria, a Igreja, solenemente, celebra o nascimento de São João Batista que, ao lado da Virgem Maria, são os únicos em que a liturgia lembra o seu aniversário natalício. São João Batista nasceu seis meses antes de Jesus Cristo, seu primo, e foi um anjo quem revelou o seu nome ao pai Zacarias, que há muitos anos rezava com sua esposa para terem um filho.

Estudiosos mostram que possivelmente depois de idade adequada, João teria participado da vida monástica de uma comunidade rigorista que na beira do Rio Jordão ou Mar Morto viviam em profunda penitência e oração. Pode-se concluir isso a partir do texto de Mateus: "João usava um traje de pêlo de camelo, com um cinto de couro à volta dos rins; alimentava-se de gafanhotos e mel silvestre".

O que tornou este santo tão importante para a história do Cristianismo é que, além de ser o último profeta a anunciar o Messias, foi ele quem preparou o caminho do Senhor através de suas pregações que chamavam à mudança de vida e batismo de penitência (por isto Batista). Como nos ensinam as Sagradas Escirturas: "Eu vos batizo na água, em vista da conversão; mas aquele que vem depois de mim é mais forte do que eu: eu não sou digno de tirar-lhe as sandálias; ele vos batizará no Espírito Santo" (Mt 3,11). Os Evangelhos nos revelam a inauguração da Missão Salvífica de Jesus, a partir do Batismo recebido pelas mãos do precursor João e manifestação da Trindade Santa.

São João, ao reconhecer e apresentar Jesus como o Cristo, continuou sua missão em sentido descendente, a fim de que somente o Cristo aparecesse. Grande anunciador do Reino e denunciador dos pecados, ele foi preso por não concordar com as atitudes pecaminosas de Herodes, e acabou decapitado devido o ódio de Herodíades, mas morreu na santidade e reconhecimento do próprio Cristo: "Em verdade eu vos digo, dentre os que nasceram de mulher, não surgiu ninguém maior que João , o Batista" (Mt 11,11).

São João Batista, rogai por nós!

Quarta-Feira, 24 de Junho de 2009

Evangelho (Lucas 1,57-66.80)
Natividade de São João Batista

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

57Completou-se o tempo da gravidez de Isabel, e ela deu à luz um filho. 58Os vizinhos e parentes ouviram dizer como o Senhor tinha sido misericordioso para com Isabel, e alegraram-se com ela. 59No oitavo dia, foram circuncidar o menino, e queriam dar-lhe o nome de seu pai, Zacarias. 60A mãe, porém disse: “Não! Ele vai chamar-se João”.
61Os outros disseram: “Não existe nenhum parente teu com esse nome!” 62Então fizeram sinais ao pai, perguntando como ele queria que o menino se chamasse. 63Zacarias pediu uma tabuinha, e escreveu: “João é o seu nome”. E todos ficaram admirados. 64No mesmo instante, a boca de Zacarias se abriu, sua língua se soltou, e ele começou a louvar a Deus. 65Todos os vizinhos ficaram com medo, e a notícia espalhou-se por toda a região montanhosa da Judeia. 66E todos os que ouviam a notícia ficavam pensando: “O que virá a ser este menino?” De fato, a mão do Senhor estava com ele. 80E o menino crescia e se fortalecia em espírito. Ele vivia nos lugares desertos, até o dia em que se apresentou publicamente a Israel.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

terça-feira, 23 de junho de 2009

São José Cafasso

23 de Junho


São José Cafasso O santo de hoje nasceu em Castelnuevo, no ano de 1811, onde também nasceu o grande São João Bosco. José Cafasso, desde criança, sentiu-se chamado ao sacerdócio, que foi se tornando cada vez mais forte no decorrer de sua vida com Deus.

Assim, entrou para a formação sacerdotal e se tornou padre aos 23 anos, destacando-se no meio de tantos por seu amor aos pobres e zelo pela salvação das almas. Depois de comprovado e dedicado trabalho na Igreja de São Francisco em Turim, José assumiu, com toda sua bagagem de pregador, confessor e iluminado diretor espiritual, a função de reitor e formador de novos sacerdotes.

Dom Bosco foi um dos vocacionados que desfrutou das formações e aconselhamentos deste santo, pois como um sacerdote sintonizado ao coração do Cristo Pastor, sabia muito bem colocar sua cultura eclesiástica, dons e carismas a serviço da salvação do próximo.

Dentre tantos ofícios assumidos por este homem incansável, que foi para o Céu em 1860, despontou José Cafasso na evangelização dos condenados à forca, tanto assim que ficou conhecido com o "Santo da Forca".

São José, rogai por nós!

Evangelho do dia 23/06/2009

Evangelho (Mateus 7,6.12-14)
Terça-Feira, 23 de Junho de 2009
12a Semana Comum

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 6“Não deis aos cães as coisas santas, nem atireis vossas pérolas aos porcos; para que eles não as pisem com os pés e, voltando-se contra vós, vos despedacem.
12Tudo quanto quereis que os outros vos façam, fazei também a eles. Nisto consiste a Lei e os Profetas. 13Entrai pela porta estreita, porque larga é a porta e espaçoso é o caminho que leva à perdição, e muitos são os que entram por ele! 14Como é estreita a porta e apertado o caminho que leva à vida! E são poucos os que o encontram”!

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

segunda-feira, 22 de junho de 2009

"Senhor, ensina-nos a orar"



Os discípulos de Jesus tinham crescido numa cultura que dava grande importância à oração. Eles deveriam estar familiarizados com as muitas orações registradas no Velho Testamento; talvez tivessem memorizado algumas delas. Sem dúvida, tinham ouvido os pais devotos orar, e podemos ter certeza de que, nas sinagogas ou nas esquinas das ruas, tinham ouvido os fariseus orando. Entretanto, quando ouviram Jesus orar, reconheceram uma nova dimensão na comunicação com Deus.

"De uma feita, estava Jesus orando em certo lugar; quando terminou, um dos seus discípulos lhe pediu: Senhor, ensina-nos a orar como também João ensinou aos seus discípulos"
(Lucas 11:1).

Muitos fatos importantes são entendidos neste pedido:

Primeiro, os discípulos viam em Jesus o valor da oração. Eles viam como ele orava freqüentemente, não porque tinha chegado certa "hora de oração", mas por causa de seu senso de necessidades. Sem dúvida, eles já tinham visto o que foi tão claramente demonstrado mais tarde no jardim: a força que ele ganhava com a oração. Eles queriam saber como aproveitar essa fonte de força e receber os benefícios que estavam tão obviamente disponíveis para ele na oração.

Segundo, eles reconheciam o valor da instrução. Poderia se supor que qualquer um que crê em Deus deveria ser capaz de falar com ele fácil e naturalmente. Contudo, é aparente, mesmo ao observador casual, que alguns oram melhor do que outros e que o ensinamento é útil neste assunto importante. João tinha ensinado seus discípulos a orar e os discípulos do Senhor sentiam como eram inadequados e como tinham necessidade da ajuda dele.

Finalmente, eles identificaram Jesus como o melhor mestre possível. E não era de se admirar! Ele conhecia o Pai melhor do que qualquer outro o conheceu. Tendo existido "em forma de Deus" e tendo se esvaziado, "assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens", ele entendia mais plenamente do que qualquer outro homem a fraqueza da humanidade e a necessidade de assistência divina. E, melhor do que qualquer mero humano, ele entendia a sabedoria de Deus para saber o que é melhor para o homem, o poder de Deus para dá-lo, e o amor de Deus que está disposto a ouvir os apelos de seus filhos. Ele sabia o que tinha acontecido no céu, em resposta às orações de homens como Moisés e Daniel. Quem melhor poderia ensinar os discípulos a orar? Quem pode ensinar-nos melhor?

Jesus nos ensina o que a oração é. Muitos pensam que ela seja uma simples lista de coisas que queremos que Deus nos dê ou serviços que queremos que ele nos preste. Alguns vão um pouquinho mais longe para incluir os agradecimentos. "Súplicas com ações de graças" (Filipenses 4:6) são apropriadas à oração, mas estas somente não são suficientes para definir a oração. Este entendimento inadequado do que a oração é pode bem explicar por que gastamos tão pouco tempo em oração; não leva muito tempo para recitarmos nossa lista de carências e talvez menos tempo para listar as coisas pelas quais somos gratos. Quando Jesus passou noites inteiras em oração, não foi porque ele tinha uma lista de coisas tão grande pelas quais pedir ou dar graças. Foi porque ele estava falando com seu Pai e com seu mais íntimo amigo. É isto que a oração é: falar com Deus, falando nossos pensamentos a ele como faríamos a um amigo. Quem entre nós sente que aprendeu fazer isto como Jesus fazia? Temos esperança de que cada leitor deste artigo sinta a mesma necessidade das instruções do Senhor que os primeiros discípulos sentiam.

Os artigos sobre a oração que seguirão nesse e sucessivos números da revista são destinados a expor o ensinamento de nosso Senhor sobre a oração. Os próximos quatro tiram lições do exemplo de Jesus. Depois, virão dez que examinarão suas instruções verbais sobre o assunto. Os próximos oito artigos desta série de estudos são uma análise do modelo de Cristo de oração. O último artigo contém algumas sugestões para aqueles que dirigem orações públicas. Contando este, são 24 artigos sobre oração, que aparecerão neste e nos próximos números de Andando na Verdade. Todos nós seremos edificados pelo que se segue se abordarmos o estudo com a mesma fome que motivou os antigos discípulos a apelar: "Senhor, ensina-nos a orar".

- por Sewell Hall

Oração de Gratidão e Perdão



Querido Deus, eu agradeço por este dia. Eu agradeço por ser capaz de ver e
ouvir esta manhã. Eu sou abençoado porque Você é o Deus do perdão e da
compaixão. Você tem feito muito por mim e continua me abençoando.

Perdoe-me neste dia por tudo que eu tenha feito, dito ou pensado que não
Era agradecimento a Você.

Eu peço agora por Seu perdão. Por favor, mantenha-me a salvo dos perigos e
tormentas. Ajude-me a começar este dia com uma nova atitude de gratidão
plena. Deixe-me fazer o melhor a cada e todo dia para limpar a minha mente
para poder Ouví-lo. Por favor, que minha mente possa aceitar todas as
coisas. Não me deixe lamentar e queixar sobre as coisas as quais não tenho
controle. E esta é a melhor resposta quando eu estiver além do meu limite.
Eu sei que eu posso rezar. Você escuta o meu coração. Continue a me usar
para fazer a Sua obra. Continue a me abençoar para que eu possa ser uma
benção para os outros. Mantenha-me forte para que eu possa ajudar os
necessitados...

Mantenha-me de pé para que eu possa ter palavras de encorajamento para os
outros. Eu rezo para todos aqueles que perderam e não conseguem encontrar o

Seu
caminho. Eu rezo para todos aqueles que são oprimidos e mal compreendidos.

Eu rezo por todos aqueles que não Te conhecem intimamente. Eu rezo por
todos aqueles que apagam esta mensagem sem compartilhá-la com outros. Eu
rezo por aqueles que não acreditam.

Mas eu agradeço a Você porque eu acredito que Deus muda as pessoas e as
coisas. Eu rezo por minhas irmãs e irmãos. Pelas famílias e seus lares.

Eu rezo pela paz, amor e alegria em suas casas. Que eles quitem seus
débitos e tenham todo alimento que necessitam. Eu rezo para que todos os
olhos que leiam esta prece não saibam o que é problema, circunstância ou
situação maior que Deus. Toda batalha está em suas mãos para Você lutar
conosco. Eu rezo para que estas palavras possam ser recebidas no coração de
cada um que a leia.

Oração de Santo Agostinho



A morte não é nada.Apenas passei ao outro mundo.Eu sou eu. Tu és tu.O que fomos um para o outro ainda somos.Dá-me o nome que sempre deste.Fala-me como sempre me falaste.Não mudes o tom a um triste ou solene.Continua rindo com aquilo que nos fazia rir juntos.Reza, sorri, pensa em mim, reza comigo.Que o meu nome se pronuncie em casa como sempre se pronunciou.Sem nenhuma ênfase, sem rosto de sombra.A vida continua significando o que significou:Continua sendo o que era.O cordão da união não se quebrou.Porque eu estaria fora dos teus pensamentos,Apenas porque estou fora da tua vida?Não estou longe,Somente estou do outro lado do caminho.Já verás, tudo está bem.Redescobrirás o meu coração,E nele redescobrirás a ternura mais pura.Seca as tuas lágrimas e se me amas,Não chores mais.

Oração



Pai de infinita bondade.
Como é grande a sua misericórdia e quanto é infinito o seu amor.
Sinto que não devo mais esperar para amar toda a humanidade como se fosse uma só.
Sei que posso e devo dar o melhor de mim por tudo e todos que estiverem a minha volta. Que o mundo possa sentir todo o seu amor, como eu sinto agora.
Eu te agradeço Deus de Amor por tudo o que me destes. Me ajuda através de Jesus e dos espíritos superiores a cumprir com fidelidade a missão que me destes sem fraquejar, nem me abater.
Sei que só a tua força é capaz de mover todas as pedras do caminho e que sem ela nós não fazemos nada.
Por tudo isso, Senhor é que te agradeço."

Oração para invocar o anjo protetor


"Santo anjo, protetor abençoado, invoco-te para celebrar a minha fé. Sê meu companheiro, meu guia, meu interventor e meu defensor em todas as suas horas, sem deixar que eu abandone meus princípios cristãos nem tampouco as virtudes por Jesus ensinadas. Sopra nos meus ouvidos palavras de perseverança, estímulo e conforto, especialmente nos momentos em que eu padecer de algum mal do corpo. Inspira-me e concede-me o lentivo mais apropriado para esta causa (diga seu próposito). Anjo guardião, abençoe-me com tua energia poderosa e intercede por mim junto a Mãe grandiosa. Confio na tua providencial ajuda! Amém."

  • Anjos : Uriel - Quando sofrer alguma injustiça.

  • Rafel - Para dar fim ao desânimo.

  • Gabriel - Para atrair revelações, verdades e boas-novas.

  • Miguel - Quando enfentar conflitos os se sentir numa batalha.
(Revista Salmos & Anjos Ano 9 - Número 98 - 2007)

Católicos se reúnem e pedem paz

Queremos Deus

Cerca de 40 mil pessoas rezaram pedindo paz ontem à tarde durante a realização do 20º Queremos Deus no estádio Castelão. Este foi o ano de despedida do evento do local. A partir de 2010, será realizado no Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU)
Fonte: O Povo Online
Rosa Sá - da Redação
22 Jun 2009 - 01h00min

Dom José Antônio Tosi celebrou a missa no Queremos Deus (Foto: MARCUS CAMPOS)
De todas as edições do Queremos Deus, Raimunda Belarmino, 74, só não esteve em três delas. Presente ontem à tarde no estádio Castelão, onde se realizava a 20ª, ela louvava por mais uma oportunidade de participar do evento, cantando, dançando, e também rezando pela paz no mundo. Em particular, disse, por todas as pessoas, as quais na sua opinião, de um modo geral estão perdidas ao se afastar de Deus. Para ela, somente Deus é quem pode dar um jeito na humanidade, pacificando o coração de homens e mulheres.

Assim como Raimunda, foram cerca de 40 mil as pessoas que estiveram no evento promovido por comunidades católicas do Ceará, segundo a organização. Queremos Paz, Queremos Deus foi o tema da edição 2009 da promoção. A programação começou com louvor e animação dos ministérios de música das comunidades organizadoras. O padre Antônio Furtado, do Shalom, que rezou o terço com o público presente, afirmou que o Queremos Deus é um grito do povo para que todas as pessoas possam trazer Deus sempre no coração. Isso porque enquanto as famílias, e a sociedade em geral se afastam do Senhor, mais a violência, as drogas, os crimes e outros males encontram espaço na humanidade.

O arcebispo de Fortaleza, dom José Antônio Tosi, que presidiu a missa, reforçou a temática da paz na homilia, ressaltando a importância dos cristãos serem pessoas pacíficas. O coordenador geral do evento, Afonso Ibiapina, lembrou que a realização do Queremos Deus este mês foi uma oportunidade para o lançamento da campanha para a construção de um centro esportivo no Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU), onde o Queremos Deus deverá ser realizado já a partir do próximo ano.

Para isso, um show do padre Fábio de Melo agendado para 27 de julho próximo, terá a renda revertida para a obra, orçada em R$ 1,4milhão.

Papa diz que homem não pode eliminar totalmente o sofrimento do mundo

Da EFE

Cidade do Vaticano, 21 jun (EFE).- Bento XVI visitou hoje, em San Giovanni Rotondo (sul da Itália), o hospital fundado por São Pio de Pieltrecina, e afirmou na ocasião que o homem não pode eliminar totalmente o sofrimento do mundo, já que esse sentimento - disse - deriva do "poder do mal, que só Deus pode eliminar".

Diante de doentes e funcionários do hospital "Casa de Alívio do Sofrimento", o papa expressou que nos hospitais se vê a fragilidade do ser humano. Vendo a doença, o homem se pergunta "Por que sofremos?", "É positiva a experiência do dor?", "Quem pode nos libertar do sofrimento e da morte?", declarou Bento XVI.

"São perguntas existenciais, que ficam na maior parte das vezes sem resposta, porque o sofrimento constitui um enigma indecifrável para a razão. O sofrimento faz parte do mistério do ser humano", completou o pontífice.

O bispo de Roma acrescentou que os homens têm de fazer "todo o possível" para aliviar o sofrimento, mas assegurou que eliminá-lo completamente do mundo "não está em mãos" humanas.

"E não está em nossas possibilidades simplesmente porque nenhum de nós está capacitado para eliminar o poder do mal, que é a fonte do sofrimento. Só Deus pode eliminar o poder do mal", reforçou Bento XVI.

Após visitar o hospital, o bispo de Roma se reuniu com jovens, a quem pediu que rezassem e expressou preocupação com o desemprego que afeta "de maneira dramática" essa faixa etária da sociedade, e que no sul da Itália, onde está San Giovanni Rotondo, é o dobro do resto do país.

"Sei dos vossos problemas, especialmente o do desemprego, que pode acabar afogando vossos entusiasmos típicos de juventude. Mantenha o ânimo, pois a igreja não os abandona. Precisa da vossa contribuição para construir comunidades cristãs vivas e sociedades mais justas e abertas à esperança", afirmou.

O encontro com os jovens foi o último ato da visita que Bento XVI fez hoje ao santuário onde estão depositados os restos de São Pio de Pieltrecina, famoso santo conhecido como "o frade dos estigmas", venerado por milhões de pessoas em todo o mundo. EFE

Evangelho do dia 22/06/2009

Evangelho (Mateus 7,1-5)
Segunda-Feira, 22 de Junho de 2009
12a Semana Comum


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo disse Jesus aos seus discípulos: 1“Não julgueis e não sereis julgados. 2Pois, vós sereis julgados com o mesmo julgamento com que julgardes; e sereis medidos, com a mesma medida com que medirdes.
3Por que observas o cisco no olho do teu irmão, e não prestas atenção à trave que está no teu próprio olho? 4Ou, como podes dizer a teu irmão: ‘Deixa-me tirar o cisco do teu olho’, quando tu mesmo tens uma trave no teu? 5Hipócrita, tira primeiro a trave do teu próprio olho e então enxergarás bem para tirar o cisco do olho do teu irmão”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

domingo, 21 de junho de 2009

São Luís Gonzaga

21 de Junho


São Luís Gonzaga Com muita alegria, celebramos a vida de um irmão nosso, que no Céu está mergulhado no Amor de Deus, que santifica a todos. São Luís Gonzaga nasceu em Castiglione no ano de 1568, dentro de uma família nobre, que por parte do pai recebeu tudo para se tornar um príncipe, enquanto recebeu da mãe uma forte educação cristã.

Luís tornou-se o modelo da pureza para todos os jovens, mesmo em meio às vaidades e tentações do seu tempo. Ele teve uma grande provação por parte do seu pai, que ao saber que desejava ser Sacerdote, não só o desaconselhou, mas passou a levá-lo em festas mundanas, até que perguntou a Luís: "Ainda segue desejando ser sacerdote?" "É isto que penso noite e dia", respondeu o jovem e perseverante santo.

Como religioso da Companhia de Jesus, São Luís – conhecido como modelo de pureza para todos os jovens – destacou-se pela santidade e mortificações, pois bem sabia da força do pecado que habitava nele. O seu Diretor espiritual era São Roberto Berlamino, o qual aconselhou para a vida este três segredos para a santidade: 1º Freqüente Confissão e Comunhão Eucarística; 2º Muita devoção a Santíssima Virgem; 3º Ler a Vida dos Santos. Algo também que marcava a espiritualidade de Luís era a pergunta que fazia a si mesmo diante de algo importante a fazer: "De que serve isto para a Eternidade?"

São Luís Gonzaga teve de ir para Roma por motivos de estudo, mas ao deparar-se com as vítimas do contagioso tifo, compadeceu-se dos que sofriam e seu envolvimento foi tanto ao ponto de pegar a doença e morrer com apenas 23 anos, em nome da caridade e pureza.


São Luís Gonzaga, rogai por nós!

Evangelho do dia 21/06/2009

Evangelho (Marcos 4,35-41)
Domingo, 21 de Junho de 2009
12º Domingo do Tempo Comum

— O Senhor esteja convosco!
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor!

35Naquele dia, ao cair da tarde, Jesus disse a seus discípulos: “Vamos para a outra margem!”
36Eles despediram a multidão e levaram Jesus consigo, assim como estava, na barca. Havia ainda outras barcas com ele.
37Começou a soprar uma ventania muito forte e as ondas se lançavam dentro da barca, de modo que a barca já começava a se encher.
38Jesus estava na parte de trás, dormindo sobre um travesseiro. Os discípulos o acordaram e disseram: “Mestre, estamos perecendo e tu não te importas?”
39Ele se levantou e ordenou ao vento e ao mar: “Silêncio! Cala-te!” O vento cessou e houve uma grande calmaria.
40Então Jesus perguntou aos discípulos: “Por que sois tão medrosos? Ainda não tendes fé?”
41Eles sentiram um grande medo e diziam uns aos outros: “Quem é este, a quem até o vento e o mar obedecem?”

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

sábado, 20 de junho de 2009

Você tem o hábito de decidir ou vive na indecisão?

Fonte:Luzia Santiago

indecisao1

Em cada ato da nossa vida precisamos tomar sempre decisões, pois a nossa felicidade depende delas. Desde a hora que acordamos até o momento em que nos deitamos, precisamos decidir. Muitas pessoas protelam as decisões porque têm medo de enfrentar a vida, mas, constantemente, estamos diante de algo que precisamos solucionar. Precisamos tomar consciência de que, na vida, cada ato nosso pode ser um passo de crescimento ou de retrocesso; depende da resolução que tomamos.

Hoje, a Igreja celebra uma grande santa: Santa Rita de Cássia. Nela encontramos o exemplo típico de quem soube tomar decisões acertadas segundo a vontade de Deus, mesmo em meio às grandes adversidades que ela vivia com o esposo e os filhos.

A maior de todas as decisões de Santa Rita foi assumir Jesus como Senhor absoluto da sua vida e deixar-se conduzir por Ele sempre, chegando à santidade.

“Põe tuas delícias no Senhor, e os desejos do teu coração Ele atenderá” (Sl 36, 4).

O lindo é que ela decidiu, de todo o coração, ter Jesus como o Seu Senhor e deixou-se conduzir por Ele.

Jesus, eu confio em vós!

Santo Adalberto

20 de Junho

Santo Adalberto Nesta crise de modelo de que vive o mundo, a Igreja Católica apresenta seus modelos, não como os superiores, mas sim, aqueles que conseguiram ser na pequenez, comunicadores do grande Amor de Deus. Santo Adalberto foi monge beneditino em Weissenburg, na Alemanha, e aconteceu sua escolha para ser missionário na Rússia a pedido da recém convertida princesa Olga.
Com um grupo de missionários, Adalberto dirigiu-se para a evangelização das ferozes tribos russas que, apegadas ao paganismo, mataram quase todos missionários, sobrando apenas o Santo de hoje. Abalado, mas não destruído, o Santo retomou a missão por meio de outro método que consistia em estabelecer sede na cidade de Magdeburgo, para daí penetrar nos territórios eslavos e russos.
Dentro da prudência, ousadia no orar e zelo missionário Santo Adalberto, agora ordenado bispo, semeou com tanto amor e suor a Palavra, que foi o próprio a ordenar o primeiro bispo de Praga. Depois de lançar os fundamentos para a organização eclesiásticas em terras de missão, principalmente em meio ao povo eslavo, polonês e russo. Santo Adalberto consumiu-se pelo Evangelho até receber a recompensa do Céu, isto no ano de 918.

Santo Adalberto...rogai por nós!

Evangelho do dia 20/06/2009

Evangelho (Lucas 2,41-51)
Sábado, 20 de Junho de 2009
Imaculado Coração da Virgem Maria

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

41Os pais de Jesus iam todos os anos a Jerusalém, para a festa da Páscoa. 42Quando ele completou doze anos, subiram para a festa, como de costume. 43Passados os dias da Páscoa, começaram a viagem de volta, mas o menino Jesus ficou em Jerusalém, sem que seus pais o notassem.
44Pensando que ele estivesse na caravana, caminharam um dia inteiro. Depois começaram a procurá-lo entre os parentes e conhecidos. 45Não o tendo encontrado, voltaram para Jerusalém à sua procura. 46Três dias depois, o encontraram no Templo. Estava sentado no meio dos mestres, escutando e fazendo perguntas.
47Todos os que ouviam o menino estavam maravilhados com sua inteligência e suas respostas. 48Ao vê-lo, seus pais ficaram muito admirados e sua mãe lhe disse: “Meu filho, por que agiste assim conosco? Olha que teu pai e eu estávamos, angustiados, à tua procura”. 49Jesus respondeu: “Por que me procuráveis? Não sabeis que devo estar na casa de meu Pai?” 50Eles, porém, não compreenderam as palavras que lhes dissera. 51Jesus desceu então com seus pais para Nazaré, e era-lhes obediente. Sua mãe, porém, conservava no coração todas estas coisas.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Dom Cláudio Hummes explica como a Igreja vai viver o Ano Sacerdotal

Mirticeli Medeiros
Fonte:Canção Nova Notícias

O Papa Bento XVI abrirá nesta sexta-feira, 19, o Ano Sacerdotal, durante a Festa do Sagrado Coração de Jesus, dia de oração pela santificação dos sacerdotes.

Na última reportagem da série "És sacerdote para sempre", o prefeito da Congregação para o Clero, Cardeal Cláudio Hummes, explica o que será este tempo no qual toda a Igreja se volta para o nobre ministério sacerdotal.

Assista à reportagem



O Papa convocou um ano sacerdotal. Mas o que significa este tempo forte voltado especialmente para os padres?

De acordo com a Congregação para o Clero será um ano particular, de chamado à conversão. Cada sacerdote será convidado a fazer uma reflexão sobre a sua identidade eclesial.

Cooperar pela construção da Igreja de Cristo, fazer com que o estilo de vida de Jesus seja o estilo de vida de cada sacerdote. Estas são algumas das dimensões que serão refletidas durante esse ano a partir do exemplo de São Cura D'Ars.

Também conhecido como São João Maria Vianey, ele foi declarado patrono dos sacerdotes em 1905, devido ao seu belo exemplo como padre e pastor do povo.

A abertura deste Ano Sacerdotal que também marca os 150 anos da morte de Cura D'Ars, será feita pelo Papa Bento XVI durante a Festa do Sagrado Coração de Jesus, por se tratar do Dia Mundial para a Santificação dos Sacerdotes.

Será um ano intenso de meditação, no qual cada diocese, paróquia e comunidade será chamada a viver este tempo proposto pela igreja em união com aqueles que são ministros do povo.

São Romualdo

19 de Junho



 São Romualdo Neste dia lembramos um grande santo da Nossa Igreja, logo, uma pessoa que em meio as dificuldades da vida soube transpassar tudo pela graça de Deus. Romualdo nasceu em Ravena, Itália, no ano de 952 numa família nobre.
Antes de sua experiência de Deus, São Romualdo viveu entregue nas ambições familiares, exercícios bélicos, caça e muitas diversões. Romualdo só conseguiu acordar das alienantes vaidades quando seu pai num duelo matou na sua presença um inimigo pessoal. Aconteceu que para meditar sobre sua vida, retirou-se numa montanha, onde conheceu um mosteiro Beneditino que acolheu Romualdo por 3 anos em profunda penitência. Dentro do processo de conversão São Romualdo obedeceu a voz do Espírito e entrou para a família beneditina tornando-se um homem tão santo e penitente que não deixou de fazer as experiências eremíticas na Itália e França. Conduzido por Deus Romualdo acabou por fundar a Ordem dos Camaldulenses que devido a conjugação do silêncio, trabalho e penitência, podendo assim fazer muito bem a Igreja. Romualdo que morreu com 75 anos, brilhou no seu tempo como um dos grandes reformadores dos mosteiros, além de sua Ordem ter formado no decorrer do tempo, dois Papas para a Igreja.


São Romualdo...rogai por nós!

Evangelho do dia 19/06/2009

Evangelho (João 19,31-37)
Sexta-Feira, 19 de Junho de 2009
Sagrado Coração de Jesus

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.
— Glória a vós, Senhor.

31Era o dia da preparação para a Páscoa. Os judeus queriam evitar que os corpos ficassem na cruz durante o sábado, porque aquele sábado era dia de festa solene. Então pediram a Pilatos que mandasse quebrar as pernas aos crucificados e os tirasse da cruz.
32Os soldados foram e quebraram as pernas de um e depois do outro que foram crucificados com Jesus. 33Ao se aproximarem de Jesus, e vendo que já estava morto, não lhe quebraram as pernas; 34mas um soldado abriu-lhe o lado com uma lança, e logo saiu sangue e água.
35Aquele que viu, dá testemunho e seu testemunho é verdadeiro; e ele sabe que fala a verdade, para que vós também acrediteis. 36Isso aconteceu para que se cumprisse a Escritura, que diz: “Não quebrarão nenhum de seus ossos”. 37E outra Escritura ainda diz: Olharão para aquele que transpassaram”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Bento XVI aposenta o médico que cuidou da saúde de João Paulo II

Renato Buzzonetti, de 85 anos, também tratou de Paulo VI.
Ele foi substituído pelo cardiologista Patrizio Polisca.

Fonte: EFE, em Roma

O médico Renato Buzzonetti, de 85 anos, foi dispensado nesta segunda-feira (15) pelo Papa Bento XVI, que agora tem o cardiologista Patrizio Polisca como médico pessoal, informou o Vaticano.

Polisca, de 56 anos, é especialista em cardiologia, anestesia e reanimação. Além disso, dá aulas no Instituto de Cardiocirugia da Universidade Tor Vergata, em Roma. Nascido na província de Pesaro, no litoral leste da Itália, há muito tempo o médico ajudava Buzzonetti a cuidar da saúde papal.

Buzzonetti, que também foi médico pessoal de Paulo VI e João Paulo II, ganhou do atual papa o título de Arquiatro Emérito Pontifício.

Foto: AP

O médico papal Renato Buzzonetti observa João Paulo II no Vaticano, em foto de 25 de fevereiro de 2004. (Foto: AP)

Qual é a única novidade que é sempre nova?

Fonte: Luzia Santiago
align: center;">mensagem_210509

A única Pessoa capaz de todos os dias nos trazer uma verdadeira novidade, capaz de transformar toda a nossa vida, dando-lhe um novo sabor e entusiasmo, chama-se Jesus Cristo, porque Ele é a própria novidade que nunca envelhece: “Jesus Cristo é sempre o mesmo: ontem, hoje e por toda a eternidade” (Hebreus 13,8 ).

Cristo é a Noa Notícia, e esta fonte nunca se esgota; é sempre nova. Unidos ao Senhor a cada manhã que desperta e em todos os momentos ao longo do dia tudo se faz novo, porque Ele faz novas todas as coisas. As notícias que escutamos neste exato momento, em alguns segundos já envelheceram; e em nós há uma necessidade da novidade que não passa e não envelhece: Jesus, a verdadeira fonte da vida.

Quando alguém nos perguntar hoje: Qual a novidade? Respondamos: Jesus. E se nos perguntarem o porquê dessa resposta, respondamos: Porque Ele é o mesmo de ontem, de hoje e de sempre. E então aproveitemos para falar do amor de Deus e evangelizar.

Senhor, renova a nossa vida e faz-nos novos pelo poder do Espírito Santo.

Jesus, eu confio em Vós!

São Gregório Barbarigo

18 de Junho


 São Gregório Barbarigo O Santo de hoje nasceu no ano de 1625 em Veneza, em uma nobre família, que lhe proporcionou ótima formação ao ponto de possuir uma profissão de diplomata europeu. São Gregório Barbarigo tinha toda uma próspera carreira diplomática, mas teve a graça e coragem de abandonar tudo por causa do chamado ao Sacerdócio.
Com profunda ligação ao Papa Alexandre VII, São Gregório foi escolhido pelo mesmo, como assessor, pois tinha muitas qualidades morais e intelectuais. Nomeado bispo de Bérgamo fez um lindo trabalho pastoral na sua diocese, e da mesma forma se esforçou, para com Deus evangelizar em Pádua, onde foi transferido, a fim de reorganizar os estudos e reativar o seminário.
Na diocese de Pádua, São Gregório Barbarigo primou pelo saber e formação do clero, já que, como ninguém, havia interiorizado as conclusões do Concílio de Trento. Promoveu a cultura científica e religiosa em todos os meio possíveis, com a finalidade de ganhar não só Católicos, mas a todos para Cristo, até que fadigado pela missão morreu de tanto trabalho com 72 anos.

São Gregório Barbarigo...rogai por nós!

Evangelho do dia 18/06/2009

Evangelho (Mateus 6,7-15)
Quinta-Feira, 18 de Junho de 2009
11a Semana Comum


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 7"Quando orardes, não useis muitas palavras, como fazem os pagãos. Eles pensam que serão ouvidos por força das muitas palavras. 8Não sejais como eles, pois vosso Pai sabe do que precisais, muito antes que vós o peçais. 9Vós deveis rezar assim: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome; 10venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como nos céus. 11O pão nosso de cada dia dá-nos hoje. 12Perdoa as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido. 13E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal.
14De fato, se vós perdoardes aos homens as faltas que eles cometeram, vosso Pai que está nos céus também vos perdoará. 15Mas, se vós não perdoardes aos homens, vosso Pai também não perdoará as faltas que vós cometestes".

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

São Manuel

17 de Junho

São Manuel Com muita alegria contemplamos neste dia, a vida e morte de São Manuel, que tem o nome oriundo de Emanuel, que biblicamente significa "Deus-conosco". São Manuel tornou-se uma testemunha do Evangelho que mereceu o mais alto elogio: mártir do Senhor.

No ano de 313 ocorreu no Império Romano, por parte de Constantino Magno, o Edito de Milão, que deu liberdade religiosa para todos os cultos inclusive o Cristão, o qual estava nas catacumbas devido à ignorância e perseguição de muitos imperadores. Infelizmente, com a morte de Constantino, quem assumiu foi seu sobrinho Juliano, o apóstata, ou seja, um traidor da fé Católica e renegador do Batismo, isto em 361.

Com a proclamação de Juliano como imperador, todo o império ficou cheio das mitologias pagãs e os cristãos começaram novamente a ser perseguidos, interna e externamente. Neste contexto é que aconteceu o martírio de São Manuel, já que sendo embaixador do império persa foi com outros cristãos, em missão de paz para negociar com Juliano. Ao saber que se tratava de cristãos, o tirano imperador obrigou-os a cultuarem os deuses, coisa que não aconteceu, por isso Manuel preferiu no ano de 363 ser decapitado juntamente com os outros fiéis a Cristo e Sua Igreja.

São Manuel, rogai por nós!

Evangelho do dia 17/06/2009

Evangelho (Mateus 6,1-6.16-18)
Quarta-Feira, 17 de Junho de 2009
11a Semana Comum


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 1“Ficai atentos para não praticar a vossa justiça na frente dos homens, só para serdes vistos por eles. Caso contrário, não recebereis a recompensa do vosso Pai que está nos céus.
2Por isso, quando deres esmola, não toques a trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem elogiados pelos homens. Em verdade vos digo: eles já receberam a sua recompensa.
3Ao contrário, quando deres esmola, que a tua mão esquerda não saiba o que faz a tua mão direita, 4de modo que a tua esmola fique oculta. E o teu Pai, que vê o que está oculto, te dará recompensa.
5Quando orardes, não sejais como os hipócritas, que gostam de rezar em pé, nas sinagogas e nas esquinas das praças, para serem vistos pelos homens. Em verdade, vos digo: eles já receberam a sua recompensa.
6Ao contrário, quando tu orares, entra no teu quarto, fecha a porta, e reza ao teu Pai que está oculto. E o teu Pai, que vê o que está escondido, te dará a recompensa.
16Quando jejuardes, não fiqueis com o rosto triste como os hipócritas. Eles desfiguram o rosto, para que os homens vejam que estão jejuando. Em verdade, vos digo: Eles já receberam a sua recompensa.
17Tu, porém, quando jejuares, perfuma a cabeça e lava o rosto, 18para que os homens não vejam que estás jejuando, mas somente teu Pai, que está oculto. E o teu Pai, que vê o que está escondido, te dará a recompensa”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

terça-feira, 16 de junho de 2009

Além do Sono

Livro: Instruções Psicofônicas
Calderaro & Francisco Cândido Xavier


A nossa reunião na noite de 17 de fevereiro de 1955 foi assinalada por verdadeiro regozijo. É que, através dos recursos psicofónicos do médium, nosso grupo recebeu pela primeira vez a palavra direta do Instrutor Espiritual Cal­deraro (1), cuja presença nos sensibilizou muitíssimo. Em sua alocução aborda alguns apontamentos alusivos à nossa conduta espiritual durante o sono físico, estudo esse que consideramos de real valor para a nossa edificação.

(1) Trata-se do Instrutor Espiritual a que se reporta André Luiz, em seu livro "No Mundo Maior". - Nota do organizador.



De passagem por nosso templo, rogo vênia para ocupar-lhes a atenção com alguns apontamentos ligeiros, em torno de nossas tarefas habituais.

Dia e noite, no tempo, simbolizam existência e morte na vida.

Não há morte libertadora sem existência edificante.

Não há noite proveitosa sem dia correto.

Vocês não ignoram que a atividade espiritual da alma encarnada estende-se além do sono físico; no entanto, a invigilância e a irresponsabilidade, à frente de nossos compromissos, geram em nosso prejuízo, quando na Terra, as alucinações hipnogógicas, toda vez que nos confiamos ao repouso.

É natural que o dia mal vivido exija a noite mal assimilada.

O espírito menos desperto para o serviço que lhe cabe, certamente encontrará, quando desembaraçado da matéria densa, trabalho imperioso de reparação a executar.

Por esse motivo, grande maioria de companheiros encarnados gasta as horas de sono exclusivamente em esforço compulsório de reajuste.

Mas, se o aprendiz do bem atende à solução dos deveres que a vigília lhe impõe, torna-se, como é justo, além do veículo físico, precioso auxiliar nas realizações da Esfera Superior.

Convidamos, assim, a vocês, tanto quanto a outros amigos a quem nossas palavras possam chegar, à tarefa preparatória do descanso noturno, através do dia retamente aproveitado, a fim de que a noite constitua uma província de reencontro das nossas almas, em valiosa conjugação de energias, não somente a benefício de nossa experiência particular, mas também a favor dos nossos irmãos que sofrem.

Muitas atividades podem ser desdobradas com a colaboração ativa de quantos ainda se prendem ao instrumento carnal, principalmente na obra de socorro aos enfermos que enxameiam por toda parte.

Vocês não desconhecem que quase todas as molés­tias rotineiras são doenças da idéia, centralizadas em coa­gulações de impulsos mentais, e somente idéias renovadoras representam remédio decisivo.

Por ocasião do sono, é possível a ministração de amparo direto e indireto às vítimas dos labirintos de culpa e das obsessões deploráveis, por intermédio da transfusão de fluidos e de raios magnéticos, de emanações vitais e de sugestões salvadoras que, na maior parte dos casos, somente os encarnados, com a assistência da Vida Superior, podem doar a outros encarnados.

E benfeitores da Espiritualidade vivem a postos, aguardando os enfermeiros de boa-vontade, samaritanos da caridade espontânea, que, superando inibições e obstáculos, se transformem em cooperadores diligentes na extensão do bem.

Se vocês desejam partilhar semelhante concurso, dediquem alguns momentos à oração, cada noite, antes do mergulho no refazimento corpóreo.

Contudo, não basta a prece formulada só por só.

É indispensável que a oração tenha bases de eficiência no dia bem aproveitado, com abstenção da irritabili­dade, esforço em prol da compreensão fraterna, deveres irrepreensivelmente atendidos, bons pensamentos, respei­to ao santuário do corpo, solidariedade e entendimento para com todos os irmãos do caminho, e, sobretudo, com a calma que não chegue a ociosidade, com a diligência que não atinja a demasiada preocupação, com a bondade que não se torne exagero afetivo e com a retidão que não seja aspereza contundente.

Em suma, não prescindimos do equilíbrio que converta a oração da noite numa força de introdução à espiritualidade enobrecida, porque, através da meditação e da prece, o homem começa a criar a consciência nova que o habilita a atuar dignamente fora do corpo adormecido.

Consagrem-se à iniciação a que nos referimos e estaremos mais juntos.

É natural não venham a colher resultados, de imediato, nas faixas mnemônicas da recordação, mas, pouco a pouco, nossos recursos associados crescerão, oferecendo-nos mais alto sentido de integração com a vida verdadeira e possibilitando-nos o avanço progressivo no rumo de mais amplas dimensões nos domínios do Universo.

Aqui deixamos assinalada nossa lembrança que encerra igualmente um apelo ao nosso trabalho mais intensivo na aplicação prática ao ideal que abraçamos, porque a alma que se devota à reflexão e ao serviço, ao discernimento e ao estudo, vence as inibições do sono fisiológico e, desde a Terra, vive por antecipação na sublime imortalidade.
http://www.forumespirita.net


http://www.facebook.com/profile.php?id=100001544474142

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 6,7-15

Quinta-feira, 16 de Junho de 2011.

SANTO DO DIA: Santa Lutgarda, Virgem; Santa Julita e São Quírico, mártires

Primeira Leitura: Segunda carta aos Coríntios 11,1-11
Leitura da Segunda Carta de São Paulo aos Coríntios:

Irmãos: 1Oxalá pudésseis suportar um pouco de insensatez, da minha parte. Na verdade, vós me suportais. 2Sinto por vós um amor ciumento semelhante ao amor que Deus vos tem. Fui eu que vos desposei a um único esposo, apresentando-vos a Cristo como virgem pura. 3Porém, receio que, como Eva foi enganada pela esperteza da serpente, também vossos pensamentos se corrompam, afastando-se da simplicidade e pureza devidas a Cristo. 4De fato, se aparece alguém pregando um outro Jesus, que nós não pregamos, ou prometendo um outro Espírito, que não recebestes, ou anunciando um outro evangelho, que não acolhestes, vós o suportais de bom grado. 5No entanto, entendo que em nada sou inferior a esses 'super-apóstolos'! 6Mesmo que eu seja inábil na arte de falar, não o sou quanto à ciência: eu vo-lo tenho demonstrado em tudo e de todas as maneiras. 7Acaso cometi algum pecado, pelo fato de vos ter anunciado o evangelho de Deus gratuitamente, humilhando-me a mim mesmo para vos exaltar? 8Para vos servir, despojei outras igrejas, delas recebendo o meu sustento. 9E quando, estando entre vós, tive alguma necessidade, não fui pesado a ninguém, pois os irmãos vindos da Macedônia supriram as minhas necessidades. Em todas as circunstâncias, cuidei - e cuidarei ainda - de não ser pesado a vós. 10Tão certo como a verdade de Cristo está em mim, essa minha glória não me será arrebatada nas regiões da Acaia. 11E por quê? Será porque eu não vos amo? Deus o sabe!

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus


Salmo 110

Eu agradeço a Deus de todo o coração junto com todos os seus justos reunidos! Que grandiosas são as obras do Senhor, elas merecem todo o amor e admiração!

R: Vossas obras, ó Senhor, são verdade e são justiça. Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia

Que beleza e esplendor são os seus feitos! Sua justiça permanece eternamente! O Senhor bom e clemente nos deixou a lembrança de suas grandes maravilhas.

R: Vossas obras, ó Senhor, são verdade e são justiça. Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia

Suas obras são verdade e são justiça, seus preceitos, todos eles, são estáveis, confirmados para sempre e pelos séculos, realizados na verdade e retidão.

R: Vossas obras, ó Senhor, são verdade e são justiça. Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia



Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 6,7-15
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus:

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 7Quando orardes, não useis muitas palavras, como fazem os pagãos. Eles pensam que serão ouvidos por força das muitas palavras. 8Não sejais como eles, pois vosso Pai sabe do que precisais, muito antes que vós o peçais. 9Vós deveis rezar assim: Pai Nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome; 10venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como nos céus. 11O pão nosso de cada dia dá-nos hoje. 12Perdoa as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido. 13E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal. 14De fato, se vós perdoardes aos homens as faltas que eles cometeram, vosso Pai que está nos céus também vos perdoará. 15Mas, se vós não perdoardes aos homens, vosso Pai também não perdoará as faltas que vós cometestes.


- Palavra da Salvação.
- Glória a Vós, Senhor.



Comentário ao Evangelho do dia feito por Santa Teresa de Ávila (1515-1582)
Carmelita, Doutora da Igreja - O Caminho da Perfeição, cap. 32

«Faça-se a Tua vontade»

«Seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no céu». Porque todos os avisos que vos tenho dado neste livro vão dirigidos a este ponto de nos darmos de todo ao Criador e pormos a nossa vontade na Sua, de nos desapegarmos das criaturas, e já tereis entendido o muito que isto importa, nada mais digo; somente direi o motivo porque o nosso bom Mestre põe aqui estas sobreditas palavras, como Quem sabe quanto ganharemos em prestar este serviço a Seu eterno Pai, a fim de nos dispormos para, com muita brevidade, nos vermos com o caminho acabado de andar e bebendo da água viva da fonte que fica dita. Porque, sem darmos totalmente a nossa vontade ao Senhor para que, em tudo o que nos toca, Ele faça conforme a Sua vontade, nunca nos deixará beber dela.

Isto é contemplação, de que me dissestes que escrevesse. E nisto [...] nenhuma coisa fazemos da nossa parte: nem trabalhamos, nem negociamos, nada mais é preciso; porque tudo o mais estorva e impede de dizer «fiat voluntas tua»: cumpra-se em mim, Senhor, a Vossa vontade. Com efeito, tudo o que quiséssemos fazer pelo nosso trabalho e pela nossa competência, tendo em vista alcançar para nós a quietude, não nos serviria senão de obstáculo e de impedimento.

Cumpra-se em mim, Senhor, a Vossa vontade de todos os modos e maneiras que Vós, Senhor meu, quiserdes. Se quereis com trabalhos, dai-me esforço e venham; se com perseguições e enfermidades e desonras e necessidade, aqui estou, não voltarei o rosto, Pai meu, nem é razão para voltar as costas. Seria indigno de mim recuar. Pois Vosso filho Vos deu esta minha vontade dando-Vos a vontade de todos, não é razoável que falhe por minha parte; mas sim me façais Vós mercê de me dar o Vosso Reino para que eu possa fazê-lo, pois Ele mo pediu, e disponde em mim como de coisa Vossa, conforme a Vossa vontade.
Arautos do Evangelho


http://www.facebook.com/profile.php?id=100001544474142