sábado, 31 de janeiro de 2009

3.116- Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz 31/01/2009

Queridos filhos, vós não estais sozinhos. O Senhor está muito perto de vós. Abri vossos corações à ação do Espírito Santo e sereis ricos das graças do Senhor. Eu sou a vossa Mãe e vim do céu para chamar-vos à conversão. Dai o melhor de vós na missão que o Senhor vos confiou e testemunhai em toda parte que sois verdadeiramente do Senhor. Não recueis. Eu vos amo. Nas vossas maiores tribulações, lembrai-vos sempre que Eu vos amo e que pedirei ao Meu Jesus por vós. Viveis no tempo pior que do dilúvio, mas não vos atemorizeis. Confiai no Senhor. Chegará o dia em que a humanidade experimentará grande transformação. Os horrores que hoje vos assustam não existirão mais. Os eleitos viverão sem medo, pois a paz reinará sobre a terra. Tudo será diferente. Nada que existe hoje permanecerá como contemplais. Grande será a transformação. Alegrai-vos. O que o Senhor preparou para os seus eleitos os olhos humanos jamais viram. Avante sem medo. Esta é a mensagem que hoje vos transmito em nome da Santíssima Trindade. Obrigada por Me terdes permitido reunir-vos aqui por mais uma vez. Eu vos abençôo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. Ficai em paz
Fonte: Apelos Urgentes

Vamos nos revestir da novidade e nos despir da velhice?

A cada dia que desperta, precisamos extrair para a nossa vida uma novidade, um novo ensinamento, uma nova maneira de viver, de agir, de se relacionar... Isso dá sabor e entusiasmo para seguirmos em frente.
O ambiente, as pessoas e as situações podem ser as mesmas, mas o nosso interior precisa ser diferente, para respondermos a cada situação de maneira diferente.
Somente o Espírito Santo pode nos levar a essa experiência, porque "O que era antigo passou, agora tudo é novo" (II Cor 5,17), e todo aquele que está em Cristo Jesus é uma nova criatura.
Vamos hoje abrir-nos às novidades do Espírito Santo?
Peçamos a Jesus que envie sobre nós o seu Santo Espírito para nos renovar.
Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e renovareis a face da terra.
Jesus, eu confio em Vós.
Luzia Santiago

São João Bosco

31 de Janeiro

São João Bosco Nasceu perto de Turim, na Itália, em 1815. Muito cedo conheceu o que significava a palavra sofrimento, pois perdeu o pai tendo apenas 2 anos. Sofreu incompreensões por causa de um irmão muito violento que teve.
Dom Bosco quis ser sacerdote, mas sua mãe o alertava: “Se você quer ser padre para ser rico, eu não vou visitá-lo, porque nasci na pobreza e quero morrer nela”. Logo, Dom Bosco foi crescendo diante do testemunho de sua mãe Margarida, uma mulher de oração e discernimento. Ele teve que sair muito cedo de casa, mas aquele seu desejo de ser padre o acompanhou. Com 26 anos de idade, ele recebeu a graça da ordenação sacerdotal.
Um homem carismático, Dom Bosco sofreu. Desde cedo, ele foi visitado por sonhos proféticos que só vieram a se realizar ao longo dos anos. Um homem sensível, de caridade com os jovens, se fez tudo para todos. Dom Bosco foi ao encontro da necessidade e da realidade daqueles jovens que não tinham onde viver, necessitavam de uma nova evangelização, de acolhimento. Um sacerdote corajoso, mas muito incompreendido. Foi chamado de louco por muitos devido à sua ousadia e à sua docilidade ao Divino Espírito Santo.
Dom Bosco, criador dos oratórios. Catequeses e orientações profissionais foram surgindo para os jovens. Enfim, Dom Bosco era um homem voltado para o céu e, por isso, enraizado com o sofrimento humano, especialmente, dos jovens. Grande devoto da Santíssima Virgem Auxiliadora, foi um homem de trabalho e oração. Exemplo para os jovens, foi pai e mestre, como encontramos citado na liturgia de hoje.
São João Bosco foi modelo, mas também soube observar tantos outros exemplos. Fundou a Congregação dos Salesianos dedicado à proteção de São Francisco de Sales, que foi o santo da mansidão. Isso que Dom Bosco foi também para aqueles jovens e para muitos, inclusive aqueles que não o compreendiam.
Para a Canção Nova, a Igreja e para todos nós, é um grande intercessor, porque viveu a intimidade com Nosso Senhor.
Homem orante, de um trabalho santificado, em tudo viveu a inspiração de Deus. Deixou uma grande família, um grande exemplo de como viver na graça, fiel a Nosso Senhor Jesus Cristo.
Em 31 de janeiro de 1888, tendo se desgastado por amor a Deus e pela salvação das almas, ele partiu. Mas está conosco no seu testemunho e na sua intercessão.
São João Bosco, rogai por nós!

Evangelho do dia 31/01/09

Evangelho (Marcos 4,35-41)
Sábado, 31 de Janeiro de 2009
São João Bosco

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

35Naquele dia, ao cair da tarde, Jesus disse a seus discípulos: "Vamos para a outra margem!" 36Eles despediram a multidão e levaram Jesus consigo, assim como estava na barca. Havia ainda outras barcas com ele. 37Começou a soprar uma ventania muito forte e as ondas se lançavam dentro da barca, de modo que a barca já começava a se encher. 38Jesus estava na parte de trás, dormindo sobre um travesseiro. Os discípulos o acordaram e disseram: "Mestre, estamos perecendo e tu não te importas?"39Ele se levantou e ordenou ao vento e ao mar: "Silêncio! Cala-te!" O vento cessou e houve uma grande calmaria. 40Então Jesus perguntou aos discípulos: “Por que sois tão medrosos? Ainda não tendes fé?" 41Eles sentiram um grande medo e diziam uns aos outros: "Quem é este, a quem até o vento e o mar obedecem?"


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

PARA REFLETIR.............


Um filho pergunta à mãe:
- Mãe, posso ir ao hospital ver meu amigo?
- Ele está doente!
- Claro, mas o que ele tem??
O filho, com a cabeça baixa, diz:
-Tumor no cérebro.
A mãe, furiosa, diz:
- E você quer ir lá para quê? Vê-lo morrer?
O filho lhe dá as costas e vai
Horas depois ele volta Vermelho de tanto chorar, dizendo:
- Ai mãe, foi tão horrível, ele morreu na minha frente!
A mãe, com raiva diz:
- E agora?! Tá feliz?! Valeu a pena ter visto aquela cena?!
Uma última lágrima cai de seus olhos e, acompanhado de um sorriso,ele diz:
- Muito, pois cheguei a tempo de vê-lo sorrir e dizer:
"- EU TINHA CERTEZA QUE VOCÊ VINHA!"
Moral da história: A amizade não se resume só em horas boas,alegria e festa.
Amigo é para todas as horas, boas ou ruins,tristes ou alegres.
CONSERVEM SEUS AMIGOS! O VALOR QUE ELES TÊM NÃO TEM PREÇO!!.....

Amar por quê?

O espírito pagão ataca a caridade e a destrói.
''Se amais somente os que vos amam, que méritos tendes? E se saudais somente os vossos irmãos, que fazeis de extraordinário? Não fazem isso também os pagãos? (Mt 5,46a-47)''.
O motivo da nossa caridade não está somente no próximo, em seu afeto, em seus bons serviços e eficiência, em suas qualidades e, muito menos, na simpatia que se pode ter por ele, ou nos laços de sangue; mas o motivo da caridade está unicamente em Deus, de quem todos nós somos filhos.
É Deus que quer ser descoberto e amado por cada um de nós, mesmo que as marcas do pecado tenham desfigurado a imagem divina em nossas almas. A razão que nos motiva a amar é Deus. A caridade nunca é simpatia ou afeto humano, nem filantropia, mas é amar por causa de Deus, em relação a Deus. Só, assim, o amor pode ser universal e atingir mesmo quem não merece, não é simpático, faz-nos sofrer, é ingrato e até traidor. Não é assim que o Senhor nos ama? Jesus não esperou que fôssemos amigos d'Ele para dar a vida por nós.
Ó Senhor, tornai-nos misericordiosos. Inclinai nosso coração para todas as misérias, as do corpo e ainda mais as da alma.
''Senhor, faça-nos crescer e avantajar-nos na caridade mútua para com todos os homens, como é o nosso amor para convosco''(I Tes 3,12).
Dê-nos olhos para ver e acolher a quem mais necessita da nossa ajuda no dia que se chama hoje.
Jesus, eu confio em Vós!
Luzia Santiago

Santa Jacinta Marescotti

30 de Janeiro

Santa Jacinta Marescotti Em Roma, em 1585, nasceu Jacinta, dentro de uma família muito nobre, religiosa, com posses, mas que possuía, principalmente, a devoção, o amor acima de tudo. Seus pais faziam de tudo para que os filhos conhecessem Jesus e recebessem uma ótima educação.

Jacinta Marescotti que, então, tinha como nome de batismo Clarisse, foi colocada num convento para a sua educação, numa escola franciscana, juntamente com as irmãs. Uma das irmãs dela já era religiosa franciscana.

Crescendo na educação religiosa, com valores. No entanto, a boa formação sempre respeita a liberdade. Já moça e distante daqueles valores por opção, ela quis casar-se. Saiu da vida religiosa, começou a percorrer caminhos numa vida de pecados, entregue à vaidade, à formosura e aos prazeres. Enfim, ia se esvaziando. Até que outra irmã sua veio a se casar. Sua reação não foi de alegria ou de festa, pelo contrário, com inveja e revolta ela resolveu entrar novamente na vida religiosa.

A consequência foi muito linda, porque ao entrar nesse segundo tempo, ela voltou como estava: vazia, empurrada por ela própria, pela revolta. Lá dentro, ela foi visitada por sofrimentos. Seu pai, que tanto ela amava e que lhe dava respaldo material, faleceu, foi assassinado. Ela pegou uma enfermidade que a levou à beira da morte. Naquele momento de dor, ela pôde rever a sua vida e perceber o quanto Deus a amava e o quanto ela não correspondia a esse amor.

Arrependeu-se, quis confessar-se e o sacerdote foi muito firme, inspirado naquele momento a dizer: “Eu só entro para o sacramento da reconciliação se sair, do quarto dela, tudo aquilo que está marcado pelo luxo e pela vaidade”. Até as suas vestes eram de seda, diferente das outras irmãs. Ela aceitou, pois já estava num processo de conversão. Arrependeu-se, confessou-se e, dentro do convento, começou a converter-se.

Jacinta Marescotti de tal forma empenhou-se na vida de oração, de pobreza, de castidade e vivência da regra que tornou-se, mais tarde, mestra de noviças e superiora do convento.

Deus faz maravilhas na vida de quem se deixa converter pelo Seu amor.

Santa Jacinta Marescotti, rogai por nós!

Evangelho do dia 30/01/09

Evangelho (Marcos 4,26-34)
Sexta-Feira, 30 de Janeiro de 2009
3ª. Semana Comum

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 26Jesus disse à multidão: "O Reino de Deus é como quando alguém espalha a semente na terra. 27Ele vai dormir e acorda, noite e dia, e a semente vai germinando e crescendo, mas ele não sabe como isso acontece.
28A terra, por si mesma, produz o fruto: primeiro aparecem as folhas, depois vem a espiga e, por fim, os grãos que enchem a espiga. 29Quando as espigas estão maduras, o homem mete logo a foice, porque o tempo da colheita chegou".
30E Jesus continuou: "Com que mais poderemos comparar o Reino de Deus? Que parábola usaremos para representá-lo? 31O Reino de Deus é como um grão de mostarda que, ao ser semeado na terra, é a menor de todas as sementes da terra. 32Quando é semeado, cresce e se torna maior do que todas as hortaliças, e estende ramos tão grandes, que os pássaros do céu podem abrigar-se à sua sombra'.
33Jesus anunciava a Palavra usando muitas parábolas como estas, conforme eles podiam compreender. 34E só lhes falava por meio de parábolas, mas, quando estava sozinho com os discípulos, explicava tudo.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Oração a Nossa Senhora de Lourdes


Ó Virgem Puríssima, Nossa senhora de Lourdes, que Vos dignastes aparecer a Bernadette, no lugar solitário de uma gruta, para nos lembrar que é no sossego e recolhimento que Deus nos fala e nós falamos com Ele. Ajudai-nos a encontrar o sossego e a paz da alma qe nos ajudem a conservar-nos sempre unidos a Deus. Nossa senhora da Gruta, dai-me a graça que Vos peço e de que tanto preciso (pedir a graça). Nossa senhora de Lourdes, rogai por nós. amém.

Bento XVI nomeia novos bispos para dioceses de Minas, Pará e Bahia


Da EFE

Cidade do Vaticano, 28 jan (EFE).- O papa Bento XVI nomeou como arcebispo de Juiz de Fora (MG) o até então titular da diocese de Jundiaí, dom Gil Antônio Moreira; padre José Valmor César Teixeira como bispo de Bom Jesus da Lapa (BA), e frei Bernardo Johannes Bahlmann como bispo de Óbidos (PA), informou hoje o Vaticano.
Dom Gil Antônio Moreira nasceu em 1950 em Itapecerica (MG), e foi ordenado sacerdote em 1976 e bispo em 1999.
Desde 2004 ele atuava como bispo de Jundiaí. O novo arcebispo substitui no cargo dom Eurico dos Santos Veloso, que pediu renúncia e foi atendido.
Já o novo bispo de Bom Jesus da Lapa, José Valmor César Teixeira, nasceu em 1953 no Rio do Sul (SC). Ele foi ordenado sacerdote em 1979, após o que desempenhou vários cargos na diocese de Porto Alegre.
O religoso substitui dom Francisco Batistela na diocese de Bom Jesus da Lapa.
Por sua vez, o novo bispo de Óbidos, Bernardo Johannes Bahlmann, nasceu em 1960 em Visbek, na Alemanha, e veio morar no Brasil com 22 anos. Ele foi ordenado padre em Guaratinguetá (SP), e nomeado vigário paroquial em Petrópolis e membro do Conselho Presbiterial da diocese.
Bahlmann substitui no cargo dom Martinho Lammers. EFE

São Pedro Nolasco

29 de Janeiro

São Pedro Nolasco No século XII, uma família francesa teve a graça de o pequeno Pedro Nolasco que, desde jovem já dava sinais de sensibilidade com o sofrimento alheio. Foi crescendo, formando-se, entrou em seus estudos humanísticos e, ao término deles, numa vida de oração, penitência e caridade ativa, São Pedro Nolasco sempre buscou viver aquilo que está na Palavra de Deus.

Desde pequeno, um homem centrado no essencial, na pessoa de Nosso Senhor Jesus Cristo; um homem devoto da Santíssima Virgem.

No período de São Pedro Nolasco, muitos cristãos eram presos, feitos escravos por povos não cristãos. Eles não só viviam uma outra religião – ou religião nenhuma –, como atrapalhavam os cristãos.

São Pedro Nolasco, tendo terminado os estudos humanísticos e ficando órfão, herdou uma grande herança. Ao ir para a Espanha, deparou-se com aquele sofrimento moral e também físico de muitos cristãos que foram presos e feitos escravos. Então, deu toda a sua herança para o resgate de 300 deles. Mais do que um ato de caridade, ali já estava nascendo uma nova ordem; um carisma estava surgindo para corresponder àquela necessidade da Igreja e dos cristãos. Mais tarde, fez o voto de castidade, de pobreza e obediência; foi quando nasceu a ordem dedicada à Santíssima Virgem das Mercês para resgatar os escravos, ir ao encontro daqueles filhos de Deus que estavam sofrendo incompreensões e perseguições.

Em 1256, ele partiu para a glória sabendo que ele, seus filhos espirituais e sua ordem – que foi abençoada pela Igreja e reconhecida pelo rei – já tinham resgatado muitos cristãos da escravidão.

Peçamos a intercessão deste santo para que estejamos atentos à vontade de Deus e ao que Ele quer fazer através de nós.

São Pedro Nolasco, rogai por nós!

Evangelho do dia 29/01/09

Evangelho (Marcos 4,21-25)
Quinta-Feira, 29 de Janeiro de 2009
3a Semana Comum

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, Jesus disse à multidão: 21"Quem é que traz uma lâmpada para colocá-la debaixo de um caixote, ou debaixo da cama? Ao contrário, não a põe num candeeiro? 22Assim, tudo o que está escondido deverá tornar-se manifesto, e tudo o que está em segredo deverá ser descoberto. 23Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça". 24Jesus dizia ainda: "Pres­tai atenção no que ouvis: com a mesma medida com que medirdes, também vós sereis medidos; e vos será dado ainda mais. 25Ao que tem alguma coisa, será dado ainda mais; do que não tem, será tirado até mesmo o que ele tem".

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Santo Tomás de Aquino

28 de Janeiro


Santo Tomás de Aquino Neste dia lembramos uma das maiores figuras da teologia Católica: Santo Tomás de Aquino. Conta-se que, quando criança, com cinco anos, Tomás, ao ouvir os monges cantando louvores a Deus, cheio de admiração perguntou: "Quem é Deus?".

A vida de santidade de Santo Tomás foi caracterizada pelo esforço em responder, inspiradamente para si, para os gentios e a todos sobre os Mistérios de Deus. Nasceu em 1225 numa nobre família, a qual lhe proporcionou ótima formação, porém visando a honra e a riqueza do inteligente jovem, e não a Ordem Dominicana, que pobre e mendicante atraia o coração de Aquino.

Diante da oposição familiar, principalmente da mãe condessa, Tomás chegou a viajar às escondidas para Roma com dezenove anos, para um mosteiro dominicano, porém, ao ser enviado para Paris, foi preso pelos irmãos servidores do Império. Levado ao lar paterno ficou, ordenado pela mãe, por um tempo detido, tudo isto com a finalidade de fazê-lo desistir da vocação, mas nada adiantou.

Livre e obediente à voz do Senhor, prosseguiu nos estudos sendo discípulo do mestre Alberto Magno. A vida de Santo Tomás de Aquino foi tomada por uma forte espiritualidade Eucarística, na arte de pesquisar, elaborar, aprender e ensinar pela Filosofia e Teologia os Mistérios do Amor de Deus.

Pregador oficial, professor e consultor da Ordem, Santo Tomás escreveu, dentre tantas obras, a Suma Teológica e a Suma contra os gentios. Chamado doutor Angélico, Tomás faleceu em 1274, deixando para a Igreja o testemunho e, praticamente a síntese do pensamento católico.

Santo Tomás de Aquino, rogai por nós!

Evangelho do dia 28/01/09

Evangelho (Marcos 4,1-20)
Quarta-Feira, 28 de Janeiro de 2009
Santo Tomás de Aquino


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1Jesus começou a ensinar de novo às margens do mar da Galiléia. Uma multidão muito grande se reuniu em volta dele, de modo que Jesus entrou numa barca e se sentou, enquanto a multidão permanecia junto às margens, na praia.
2Jesus ensinava-lhes muitas coisas em parábolas. E, em seu ensinamento, dizia-lhes: 3"Escu­tai! O semeador saiu a semear. 4Enquanto semeava, uma parte da semente caiu à beira do caminho; vieram os pássaros e a comeram. 5Outra parte caiu em terreno pedregoso, onde não havia muita terra; brotou logo, porque a terra não era profunda, 6mas, quando saiu o sol, ela foi queimada; e, como não tinha raiz, secou. 7Outra parte caiu no meio dos espinhos; os espinhos cresceram, a sufocaram, e ela não deu fruto.
8Outra parte caiu em terra boa e deu fruto, que foi crescendo e aumentando, chegando a render trinta, sessenta e até cem por um”. 9E Jesus dizia: "Quem tem ouvidos para ouvir, ouça". 10Quando ficou sozinho, os que estavam com ele, junto com os Doze, perguntaram sobre as parábolas. 11Jesus lhes disse: "A vós, foi dado o mistério do Reino de Deus; para os que estão fora, tudo acontece em parábolas, 12para que olhem mas não enxerguem, escutem mas não compreendam, para que não se convertam e não sejam perdoados".
13E lhes disse: "Vós não com­preendeis esta parábola? Então, como compreendereis todas as outras parábolas? 14O semeador semeia a Palavra. 15Os que estão na beira do caminho são aqueles nos quais a Palavra foi semeada; logo que a escutam, chega Satanás e tira a Palavra que neles foi semeada. 16Do mesmo modo, os que receberam a semente em terreno pedregoso, são aqueles que ouvem a Palavra e logo a recebem com alegria, 17mas não têm raiz em si mesmos, são inconstantes; quando chega uma tribulação ou perseguição, por causa da Palavra, logo desistem.
18Outros recebem a semente entre os espinhos: são aqueles que ouvem a Palavra; 19mas quando surgem as preocupações do mundo, a ilusão da riqueza e todos os outros desejos, sufocam a Palavra, e ela não produz fruto. 20Por fim, aqueles que recebem a semente em terreno bom são os que ouvem a Palavra, a recebem e dão fruto; um dá trinta, outro sessenta e outro cem por um."


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

3.115- Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz 27/01/2009

Queridos filhos, peço-vos que mantenhais acesa a chama da fé, pois somente assim podeis testemunhar o amor do Senhor. Abri vossos corações à Luz de Deus. Amai a todos, mesmo aqueles que vos maltratam e perseguem. Sede imitadores do Meu Filho Jesus. A humanidade afastou-se do Criador e os homens não sabem para onde ir. Eu sou a vossa Mãe e vim do céu para apontar-vos o caminho. Rezai. Somente por meio da oração alcançareis vitória. A morte passará por vários países da Europa. Os Meus pobres filhos gritarão por socorro, mas estarão sozinhos. Sofro por aquilo que vos espera. Voltai-vos depressa. O Senhor vos espera de braços abertos. Esta é a mensagem que hoje vos transmito em nome da Santíssima Trindade. Obrigada por Me terdes permitido reunir-vos aqui por mais uma vez. Eu vos abençôo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. Ficai em paz

Evangelho do dia 27/01/09

Evangelho (Marcos 3,31-35)
Terça-Feira, 27 de Janeiro de 2009
3ª Semana Comum

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 31chegaram a mãe de Jesus e seus irmãos. Eles ficaram do lado de fora e mandaram chamá-lo. 32Havia uma multidão sentada ao redor dele. Então lhe disseram: "Tua mãe e teus irmãos estão lá fora à tua procura".
33Ele respondeu: "Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos?" 34E olhando para os que estavam sentados ao seu redor, disse: "Aqui estão minha mãe e meus irmãos. 35Quem faz a vontade de Deus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe".

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Pare, ore e reaja

Convido você hoje para parar e rezar para que se cumpram na sua vida e na sua família os projetos do Senhor.
Toda a graça nos é dada por meio da nossa relação com Deus, na oração. Não podemos nos distanciar por nenhum momento da fonte da vida. Nós valorizamos tantas coisas que nem têm valor e, muitas vezes, não damos o devido valor ao que é essencial para a nossa salvação e a salvação dos nossos.
Quando rezamos, tudo se torna possível e todas as portas se abrem. Mesmo que hoje estejamos numa "fornalha ardente", lancemos um grito ao Senhor, porque Ele vai enviar um anjo para nos socorrer, como nos ensinam as Sagradas Escrituras.
"Ó rei, vive para sempre! O meu Deus enviou seu anjo e fechou a boca dos leões; os leões não me fizeram mal, porque, na presença dEle foi provada a minha inocência" (Dn 6,22-23ss).
Quando andamos sempre com o Senhor, Ele nos livra do mal e nos exalta na presença dos nossos inimigos.
Permaneçamos no Senhor em todos os momentos ao longo de todo este dia.
Jesus, eu confio em Vós!
Luzia Santiago

São Timóteo

26 de Janeiro

São Timóteo Sua vida foi marcada pela evangelização, pela santidade de São Paulo e também de São João Evangelista. A respeito dele, certa vez, São Paulo escreveu em uma de suas cartas: “A Timóteo, filho caríssimo, graça, misericórdia e paz da parte de Deus Pai e de Jesus Cristo Nosso Senhor. Nesta carta, vamos percebendo que ele foi fruto de uma evangelização que atingiu não somente a ele, mas também sua família.

“Quando me vêm ao pensamento as tuas lágrimas, sinto grande desejo de te ver para me encher de alegria” (II Timóteo 1, 4). Confesso a lembrança daquela sua fé tão sincera que foi primeiro a de sua avó Lóide e de sua mãe, Eunice e, não tenho a menor dúvida, habita em mim também. Por isso, São Paulo foi marcado pelo testemunho de São Timóteo, que se deixou influenciar também por São Paulo. Tornou-se, mais tarde, além de um apóstolo, um companheiro de São Paulo e muitas viagens.

Primeiro bispo de Éfeso, foi neste contexto que ele conheceu e foi discípulo de Nosso Senhor seguindo as pegadas do evangelista.

Conta-nos a tradição que, no ano de 95, o santo havia sido atingido por pagãos resistentes à Boa Nova do Senhor e, por isso, martirizado. São Timóteo, homem de oração, um apóstolo de entrega total a Jesus Cristo. Viveu a fé em família, mas também propagou a fé para que todos conhecessem Deus que é paz.

Peçamos a intercessão desse grande santo para que sejamos apóstolos nos tempos de hoje.

São Timóteo, rogai por nós!

Bento XVI diz que faltam "gestos corajosos" para reunificar cristãos



Da EFE

Cidade do Vaticano, 25 jan (EFE).- Bento XVI encerrou hoje na basílica romana de São Paulo Extramuros a Semana de Preces para a Unidade dos Cristãos, e afirmou perante representantes das outras igrejas que faltam "gestos corajosos de reconciliação" entre os cristãos, separados há quase mil anos.
Nesta ocasião, o encerramento da semana de preces coincidiu com a Conversão de São Paulo, que, segundo o papa, oferece "o modelo e indica o caminho para conseguir a plena unidade" dos seguidores de Jesus.
O pontífice afirmou que, em um mundo onde prevalece "o trágico barulho da violência e das armas", os cristãos têm que ser "um instrumento de paz e de reconciliação", mas que, para isso, antes devem oferecer "gestos corajosos de reconciliação".
Segundo Bento XVI, como também dizia João Paulo II, a divisão dos cristãos é um "escândalo", já que as separações e conflitos tiram credibilidade na hora de divulgar o Evangelho.
O papa pediu de novo hoje a paz para a Terra Santa e acrescentou que é "muito importante" que os fiéis cristãos que vivem ali, como os peregrinos que a visitam, ofereçam a todos o testemunho de que os diferentes ritos e tradições não devem constituir um obstáculo "para o respeito mútuo e a caridade fraterna".
Para Bento XVI, as diferenças não devem ser um obstáculo de separação, "mas riqueza das múltiplas expressões da fé comum" em Jesus.
O pontífice reiterou a importância do ecumenismo e ressaltou que, há exatos 50 anos, em 25 de janeiro de 1959, o papa João XXIII anunciou nesse mesmo local sua vontade de convocar um "concílio ecumênico para a Igreja Universal", o que seria o Vaticano II, que mudou a Igreja e a lançou rumo ao terceiro milênio. EFE
|K:SOC:SOCIEDADE-SAUDE,RELIGIOES|

Evangelho do dia 26/01/09

Evangelho (Marcos 3,22-30)
Segunda-Feira, 26 de Janeiro de 2009
São Timóteo e São Tito

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 22os mestres da Lei, que tinham vindo de Jerusalém, diziam que ele estava possuído por Beelzebul, e que pelo príncipe dos demônios ele expulsava os demônios. 23Então Jesus os chamou e falou-lhes em parábolas: "Como é que Satanás pode expulsar a Satanás? 24Se um reino se divide contra si mesmo ele não poderá manter-se. 25Se uma família se divide contra si mesma, não poderá manter-se. 26Assim, se Satanás se levanta contra si mesmo e se divide, não poderá sobreviver, mas será destruído. 27Ninguém pode entrar na casa de um homem forte para roubar seus bens, sem antes o amarrar. Só depois poderá saquear sua casa.
28Em verdade vos digo: tudo será perdoado aos homens, tanto nos pecados, como qualquer blasfêmia que tiverem dito. 29Mas quem blasfemar contra o Espírito Santo, nunca será perdoado, mas será culpado de um pecado eterno". 30Jesus falou isso, porque diziam: 'Ele está possuído por um espírito mau".

Ou (escolhe-se um dos evangelhos)

Lc 10, 1-9

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo  segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1o Senhor escolheu outros setenta e dois discípulos e os enviou dois a dois, na sua frente, a toda cidade e lugar aonde ele próprio devia ir. 2E dizia-lhes: "A messe é grande, mas os trabalhadores são poucos. Por isso, pedi ao dono da messe que mande trabalhadores para a colheita. 3Eis que vos envio como cordeiros para o meio de lobos. 4Não leveis bolsa, nem sacola, nem sandálias, e não cumprimenteis ninguém pelo caminho! 5Em qualquer casa em que entrardes, dizei primeiro: 'A paz esteja nesta casa!' 6Se ali morar um amigo da paz, a vossa paz repousará sobre ele; se não, ela voltará para vós. 7Permanecei naquela mesma casa, comei e bebei do que tiverem, porque o trabalhador merece o seu salário. Não passeis de casa em casa. 8Quando entrardes numa cidade e fordes bem recebidos, comei do que vos servirem, 9curai os doentes que nela houver e dizei ao povo: 'O Reino de Deus está próximo de vós'".

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

domingo, 25 de janeiro de 2009

3.114- Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz 25/01/2009- Comunidade do Batatan/ Maragogipe/BA .

Queridos filhos, Eu vos amo como sois e vim do céu para conduzir-vos Àquele que tem palavras de vida eterna. Sede dóceis aos Meus apelos e em toda parte procurai imitar Meu Filho Jesus. Agradeço por tudo que fazeis em favor dos Meus planos. Sabei que o Senhor vos recompensará generosamente. Conheço vossas necessidades e pedirei ao Meu Jesus por vós. Não recueis. Não desanimeis. Dobrai vossos joelhos em oração e sereis vitoriosos. A humanidade está enferma e precisa ser curada. Voltai-vos ao Senhor. O que tendes a fazer não deixeis para o amanhã. A humanidade beberá o cálice amargo do sofrimento quando vier o grande ao encontro das águas. Os Meus pobres filhos hão de chorar e lamentar. Continentes desaparecerão. O deserto deixará de ser deserto. Sofro por causa dos vossos sofrimentos. Avante pelo caminho que vos apontei. Esta é a mensagem que hoje vos transmito em nome da Santíssima Trindade. Obrigada por Me terdes permitido reunir-vos aqui por mais uma vez. Eu vos abençôo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. Ficai em paz

Evangelho do dia 25/01/09

Evangelho (Marcos 16,15-18)
Domingo, 25 de Janeiro de 2009
Conversão de São Paulo, apóstolo

— O Senhor esteja convosco!
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, Jesus se manifestou aos onze discípulos,
15e disse-lhes: "Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura! 16Quem crer e for batizado será salvo. Quem não crer será condenado.
17Os sinais que acompanharão aqueles que crerem serão estes: expulsarão demônios em meu nome, falarão novas línguas;
18se pegarem em serpentes ou beberem algum veneno mortal não lhes fará mal algum; quando impuserem as mãos sobre os doentes, eles ficarão curados".

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

sábado, 24 de janeiro de 2009

Mensagem de Nossa Senhora nº 3.113 transmitida dia 24 de janeiro de 2009

Queridos filhos, o choque entre dois gigantes no universo provocará grandes danos à terra. Fogo cairá do céu e muitas regiões da terra serão atingidas. Dobrai vossos joelhos em oração. Eu sou a vossa Mãe e vos amo. Peço-vos que sejais sempre do Senhor. Buscai as coisas do alto e enchei-vos do amor de Deus. Eu quero o vosso bem espiritual. Abri vossos corações e ajudai-Me. Preciso do vosso sim sincero e corajoso. Não recueis. Eis o tempo em que Eu vos anunciei no passado. Dizei a todos que Deus é verdade e que Deus existe. Ele vos ama com imenso amor de Pai. Coragem. Avante. Esta é a mensagem que hoje vos transmito em nome da Santíssima Trindade. Obrigada por Me terdes permitido reunir-vos aqui por mais uma vez. Eu vos abençôo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. Ficai em paz

Bento XVI suspende excomunhão de quatro bispos

AE-AP - Agencia Estado

VATICANO - O Papa Bento XVI suspendeu a excomunhão de quatro bispos feita pelo falecido arcebispo francês ultra conservador, Marcel Lefebvre, 20 anos atrás sem o consentimento do Vaticano. Lefebvre se rebelou contra as reformas no Vaticano ocorridas nos anos 1960, incluindo a substituição do uso do latin pelas línguas locais nas celebrações da Igreja, por considerá-las muito modernas. No início desta semana, um dos quatro bispos excomungados no passado disse em uma entrevista que as câmaras de gás nazistas provavelmente não existiram.

São Francisco de Sales

24 de Janeiro

São Francisco de Sales Nasceu no Castelo de Sales em 1567. Sua mãe, a condessa, buscou formar muito bem o seu filho com os padres da Companhia de Jesus, onde aprendeu línguas. Muito cedo, fez um voto de viver a castidade e buscar sempre a vontade do Senhor. Ao longo da história deste santo muito amado, vamos percebendo o quanto ele buscou e o quanto encontrou o que Deus queria.

Mais tarde, São Francisco escreveu “Introdução à vida devota” e, vivendo do amor de Deus, escreveu também o “Tratado do amor de Deus”.

Atacado por uma tentação de desconfiar da misericórdia do Senhor, a resposta ele buscou com o auxílio de Nossa Senhora; por isso, foi dissipada aquela tentação. Estudou direito em Pádua, mas, contrariando familiares, quis ser sacerdote. E foi um sacerdote buscando a santidade não só para si, mas também para os outros.

No seu precorrer de pregações, de zelo apostólico e de evangelização, semeando a unidade e espalhando, com a ajuda da imprensa, a sã doutrina cristã. Foi escolhido por Deus para o serviço do episcopado em Genebra. Primeiro, como coadjutor, depois, sendo o titular. Um apóstolo do amor e da misericórdia. Um homem que conseguiu expressar, com o seu amor e a sua vida a mansidão do Senhor.

Diz-se que, depois de sua morte, descobriu-se que sua mesa de trabalho estava toda arranhada por baixo, porque, com seu temperamento forte, preferia arranhar a mesa do que responder sem amor, sem mansidão para as pessoas.

Foi fundador da 'Ordem da Visitação', mas também um exemplo para tantos religiosos como os salesianos de Dom Bosco. Eles são chamados assim por causa do testemunho de São Francisco de Sales.

Ele morreu com 56 anos, sendo que 21 anos foram vividos no episcopado como servos para todos e sinal de santidade.

Peçamos a intercessão desse grande santo para que, numa vida devota e vivendo do amor de Deus, possamos percorrer o nosso caminho em busca de Deus em todos os caminhos.

São Francisco de Sales , rogai por nós!

Evangelho do dia 24/01/09

Evangelho (Marcos 3,20-21)
Sábado, 24 de Janeiro de 2009
São Francisco de Sales

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 20Jesus voltou para casa com os discípulos. E de novo se reuniu tanta gente que eles nem sequer podiam comer. 21Quando souberam disso, os parentes de Jesus saíram para agarrá-lo, porque diziam que estava fora de si.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Mensagem de Nossa Senhora nº 3.112 transmitida dia 23 de janeiro de 2009

Queridos filhos, sabei que Deus está no controle de tudo. Deus não vê a humanidade com vossos olhos, mas com a imensidão de Seu amor. Deus olha para vós com Seu olhar de Misericórdia. Não vos esqueçais: somente Deus é o juiz Supremo. Acolhei os Meus apelos e tudo será mais claro para vós. A vossa falta de compreensão é fruto de vossa cegueira espiritual. Eu vim do céu para anunciar-vos a verdade. Estais atentos. Dobrai vossos joelhos em oração. Os homens sábios serão surpreendidos: um incêndio devastador se dará no interior da terra e muitos experimentarão pesada cruz. Sofro por aquilo que vos espera. Escutai-Me. Esta é a mensagem que hoje vos transmito em nome da Santíssima Trindade. Obrigada por Me terdes permitido reunir-vos aqui por mais uma vez. Eu vos abençôo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. Ficai em paz

É possível amar a quem não conhecemos?

Para amarmos e falarmos de uma pessoa, precisamos antes conhecê-la, para não corrermos o risco de falar o que não é real. Cada um tem uma experiência diferente com a mesma pessoa, por isso é importante que façamos uma experiência própria.
Talvez você já tenha escutado falar muitas coisas sobre Jesus, mas eu lhe pergunto: Você já teve um encontro pessoal com Ele, já conversou e já O escutou? Só podemos dizer que a laranja está doce se a experimentarmos, não é verdade?
"Provai e vede como o Senhor é bom. Feliz o homem que se refugia junto dele" (Sl 33,9).
Se você ainda não provou a bondade de Deus, é preciso provar, e se já a provou, é preciso fazer essa experiência cada vez mais, principalmente nos momentos de adversidades e tribulações, porque: "Jesus, tendo Ele próprio sofrido ao ser tentado, é capaz de socorrer os que agora sofrem a tentação" (Hb 2,18).
Rezemos ao longo de todo este dia:
Jesus, eu confio em Vós!
Luzia Santiago

Santo Idelfonso

23 de Janeiro
Nasceu no ano de 606, em Toledo, no dia 8 de dezembro. Um homem de oração, foi discernindo a vontade de Deus também nas perdas. Ficou órfão e, em meio aos bens que possuía, fez de tudo para a construção de um mosteiro para religiosos. Um homem de discernimento, que não quer dizer sem medo, sem dificuldades.

Os santos não foram super-homens, mas pessoas de carne e osso que foram se deixando transformar por Aquele que é o santo dos santos: Jesus Cristo. Ele que, pelo poder do Espírito Santo, opera maravilhas no coração que se abre.

Santo Idelfonso, um coração aberto para as vontades de Deus, mesmo contra a própria vontade. Aconteceu que o bispo de sua localidade havia falecido e o povo o elegeu. Ele se escondeu num convento, mas foi descoberto e aceitou este grande serviço para o povo de Deus. Foi um grande instrumento de Deus e devoto da Santíssima Virgem.

Ele propagou a festa da expectação de Nossa Senhora, em 18 de dezembro – Nossa Senhora do Ó, como ficou conhecida. Fruto desse amor, ele recebeu a graça de uma aparição da Virgem Maria, chamando-o de “meu capelão” e presenteando-o com uma casula do céu. Assim diz o seu testemunho.

Um homem revestido de humildade, de vida, de oração na vida sacramental, por isso foi um grande pastor para o seu povo. Não evangelizou sozinho, pois os santos bem sabiam e continuam a saber o quanto nós precisamos uns dos outros para que a evangelização aconteça, para que muitos conheçam esse doce nome que tem nosso Senhor Jesus Cristo. Os santos foram aqueles que se consumiram pelo Evangelho para que muitos conheçam Jesus Cristo.

Santo Idelfonso, rogai por nós!

Evangelho do dia 23/01/2009

Evangelho (Marcos 3,13-19)
Sexta-Feira, 23 de Janeiro de 2009
2a. Semana Comum

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 13Jesus subiu ao monte e chamou os que ele quis. E foram até ele. 14Então Jesus designou Doze, para que ficassem com ele e para enviá-los a pregar, 15com autoridade para expulsar os demônios. 16Designou, pois, os Doze: Simão, a quem deu o nome de Pedro; 17Tiago e João, filhos de Ze­bedeu, aos quais deu o nome de Boanerges, que quer dizer "Filhos do trovão"; 18André, Filipe, Bartolo­meu, Mateus, To­mé, Tiago, filho de Alfeu, Tadeu, Simão, o cananeu, 19e Judas Isca­riotes, aquele que depois o traiu.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

Bento XVI envia telegrama a Barack Obama



Bento XVI pediu a Barack Obama que contribua para o “entendimento, cooperação e paz entre as nações”. O Papa endereçou um telegrama ao novo Presidente dos Estados Unidos da América que hoje, Terça-feira, toma posse como 44º Presidente.
O Papa manifesta o desejo de sob a liderança de Barack Obama “que os americanos possam continuar a sua herança política, religiosa, os princípios éticos e os valores espirituais necessários à cooperação para a construção de uma sociedade verdadeiramente justa e livre, marcada pelo respeito pela dignidade, igualdade de direitos entre todos os seus membros, em especial dos pobres, dos marginalizados e dos que não têm voz”.
Bento XVI expressa “cordiais saudações, juntamente com as minhas orações para que Deus lhe conceda sabedoria e força no exercício das altas responsabilidades quer assume” e termina o telegrama, invocando sob o povo americano “a benção de Deus de paz e alegria”.
Internacional | Lígia Silveira| 20/01/2009 | 14:54 | 931 Caracteres | 329 | Bento XVI

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Somos cidadãos do Céu


Esta é uma realidade que permeia toda a nossa vida terrena. De uma coisa nós precisamos tomar consciência: não podemos ir ao encontro de Deus de qualquer jeito e sem estarmos preparados.

São Paulo nos diz que: ''Somos cidadãos do Céu. De lá aguardamos o nosso Salvador, o Senhor Jesus Cristo'' (Fil 3,20). Todos os dias, nós precisamos pedir ao Espírito Santo que nos ajude a viver aqui na terra como vivem os santos que já estão no Céu.

Não podemos colocar a nossa esperança nesta vida terrena, porque nós estamos de passagem neste mundo e nada podemos levar, a não ser o amor; todas as outras coisas ficarão para trás.

Jesus, eu confio em Vós!
Luzia Santiago

São Vicente

22 de Janeiro



São Vicente Um santo amado e citado por muitos santos, como Santo Agostinho, Santo Ambrósio, São Prudêncio e outros que trouxeram à tona o testemunho desse grande diácono e mártir da Igreja.

Nasceu na Espanha, em Huesca, no século terceiro. De uma família muito distinta e conhecida por todos, ele escolheu ser cristão e, assim, viver a santidade.

Vicente viveu num período muito difícil da Igreja. Um tempo em que Diocleciano e Maximiano – imperadores –, começaram a perseguir os cristãos e forçar muitos a declararem-se a favor dos deuses; caso contrário, produziriam o martírio. O santo de hoje foi um daqueles que se declarou por Jesus.

Ele era um grande pregador da Palavra, mais do que isso, buscava viver a Palavra que pregava, esta que é, antes de tudo, Cristo Jesus, o santo dos santos, o nosso modelo, o nosso Senhor e Salvador. Diante das ameaças do governador Darciano, ele não recusou a dizer-se cristão e fiel ao Senhor.

Os tormentos perseguiram este santo. Foi um martírio lento, sempre com o objetivo de vencê-lo para que Darciano se desse como herói diante do Cristianismo, mas também com o objetivo de levar São Vicente a renunciar a própria fé, a sacrificar aos deuses. Fiel a Deus e sustentado pela oração, diante de si ele tinha o seu grande amor: Deus. Sendo assim, ele for martirizado aos poucos, até mesmo levado à grelha, tendo seu corpo dilacerado, jogado numa prisão e, por fim, Darciano deixou-o num leito pedindo que cuidassem dele. Ali, sim, ele foi visitado por outros cristãos e entregou-se a Deus.

São Vicente tornou-se modelo para todos os cristãos e também padroeiro principal do patriarcado de Lisboa e também da diocese de Faro.

São Vicente, rogai por nós!

Evangelho do dia 22/01/09


Evangelho (Marcos 3,7-12)
Quinta-Feira, 22 de Janeiro de 2009
Preciosíssimo Sangue NSJC

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 7Jesus se retirou para a beira do mar, junto com seus discípulos. Muita gente da Galiléia o seguia. 8E também muita gente da Judéia, de Jerusalém, da Iduméia, do outro lado do Jordão, dos territórios de Tiro e Sidônia, foi até Jesus, porque tinham ouvido falar de tudo o que ele fazia. 9Então Jesus pediu aos discípulos que lhe providenciassem uma barca, por causa da multidão, para que não o comprimisse.
10Com efeito, Jesus tinha curado muitas pessoas, e todos os que sofriam de algum mal jogavam-se sobre ele para tocá-lo. 11Vendo Jesus, os espíritos maus caíam a seus pés, gritando: "Tu és o Filho de Deus!" 12Mas Jesus ordenava severamente para não dizerem quem ele era.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Mensagem de Nossa Senhora nº 3.111 transmitida dia 20 de janeiro de 2009 em Juazeiro do Norte/CE


Queridos filhos, Eu sou a vossa Mãe e vim do Céu para chamar-vos à conversão. Abri vossos corações. Não permitais que o demônio vos afaste da graça do Meu Filho Jesus. Sede somente do Senhor, pois somente Ele é o vosso único Caminho, Verdade e Vida. Viveis no tempo das grandes confusões espirituais. Buscai forças no Senhor. Acolhei os Meus apelos e sereis grandes na fé. Não recueis ante vossas dificuldades. Deus está ao vosso lado. Coragem. Sabei que o Senhor tudo vê. Sede honestos em vossos atos. Sede sinceros na vossa fé. Na festa de um grande santo acontecerá um grande sinal no Céu da Europa. Os homens não terão explicação. Estais atentos aos sinais de Deus. Não vos atemorizeis. Quem está com o Senhor jamais será derrotado. Esta é a mensagem que hoje vos transmito em nome da Santíssima Trindade. Obrigada por Me terdes permitido reunir-vos aqui por mais uma vez. Eu vos abençôo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. Ficai em paz.

Santa Inês

21 de Janeiro

Santa Inês Fazemos com grande alegria a Memória de Santa Inês, uma mulher que sofreu duplo martírio: o da castidade e o da fé. O nome de Inês deriva de uma palavra grega que significa "casta". Seu nome, com todo seu significado, tornou-se uma profecia e um programa de vida.

Da maneira que é hoje, a castidade, pureza e a virgindade, no começo da Igreja, também era um desafio, um ato heróico. Agora sem dúvida, dentre tantas mártires, foi Santa Inês uma das maiores que, educada em família profundamente cristã, viveu com a graça de Deus, sua afetividade e sexualidade de um modo santo.

Conforme fontes seguras, Santa Inês tinha apenas treze anos, quando estourou a perseguição de Diocleciano contra os cristãos. Devido sua beleza interior e exterior, atraiu os olhares até do filho do prefeito de Roma, que a entregou como Cristã, ao imperador.

Santa Inês entrou no céu como mártir em 304. No início quiseram diálogo, depois foi presa, torturada e arrastada para adorar um ídolo, além de ser jogada numa zona de prostituição, onde nada aconteceu, pois: "Jesus Cristo vela sobre a vida e a pureza... Ele é meu defensor e abrigo. Podes derramar o meu sangue, nunca, porém, conseguirás profanar o meu corpo, que é consagrado a Cristo!"


Santa Inês, rogai por nós!

Evangelho do dia 21/01/2009

Evangelho (Marcos 3,1-6)
Quarta-Feira, 21 de Janeiro de 2009
Santa Inês

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1Jesus entrou de novo na sinagoga. Havia ali um homem com a mão seca. 2Alguns o observavam para ver se haveria de curar em dia de sábado, para poderem acusá-lo. 3Jesus disse ao homem da mão seca: "Levanta-te e fica aqui no meio!" 4E perguntou-lhes: "E permitido no sábado fazer o bem ou fazer o mal? Salvar uma vida ou deixá-la morrer?" Mas eles nada disseram. 5Jesus, então, olhou ao seu redor, cheio de ira e tristeza, porque eram duros de coração; e disse ao homem: "Estende a mão". Ele a estendeu e a mão ficou curada.
6Ao saírem, os fariseus com os partidários de Herodes, imediatamente tramaram, contra Jesus, a maneira como haveriam de matá-lo.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Evangelho do dia 20/01/2009

Evangelho (Marcos 2,23-28)
Terça-Feira, 20 de Janeiro de 2009
São Sebastião


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

23Jesus estava passando por uns campos de trigo, em dia de sábado. Seus discípulos começaram a arrancar espigas, enquanto caminhavam. 24Então os fari­seus disseram a Jesus: "Olha! Por que eles fazem em dia de sábado o que não é permitido?"
25Jesus lhes disse: "Por acaso, nunca lestes o que Davi e seus companheiros fizeram quando passaram necessidade e tiveram fome? 26Como ele entrou na casa de Deus, no tempo em que Abiatar era sumo sacerdote, comeu os pães oferecidos a Deus, e os deu também aos seus companheiros? No entanto, só aos sacerdotes é permitido comer esses pães". 27E acrescentou: "O sábado foi feito para o homem, e não o homem para o sábado. 28Portanto, o Filho do Homem é senhor também do sábado".


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

São Sebastião

20 de Janeiro

São Sebastião O santo de hoje, há muito tempo, é popularmente venerado em todo o mundo, principalmente em cidades como o Rio de Janeiro, que o tem como protetor.

No que diz respeito à sua vida, pouco sabemos, porém, de sua entrada na carreira militar até o martírio, possuímos riquezas históricas.

Militar exemplar em Milão, Sebastião buscava sempre levar as pessoas para o Deus Verdadeiro; chegou rapidamente ao posto de capitão da guarda do Imperador, até ser denunciado como cristão. Quando o Imperador Diocleciano – promotor de uma das mais terríveis perseguições contra o Cristianismo – soube que este santo seguia a Jesus de Nazaré, usou de ameaças para que ele abandonasse a fé. Mas ele permaneceu fiel a Cristo e à Igreja, por isso desprezou tudo –até a própia vida! – para não perdeu o Tudo: Jesus Cristo. Foi tirado do seu posto e entregue a um pelotão de soldados que o despiram, amarraram a uma árvore, acertaram todo o seu corpo com flechas, a ponto de abandoná-lo lá, julgando-o morto. Na noite, chegou Irene para tirar o corpo do corajoso e santo soldado de Cristo, encontrando-o, felizmente, com vida.

Depois de se recuperar, São Sebastião cheio do Espírito Santo, procurou o Imperador para reprovar sua atitude injusta para com os cristãos, sendo novamente preso e condenado. Em 284, sofreu foi martirizado com pauladas e boladas de chumbo, ao que ele resistiu brava e santamente, cujo testemunho influenciou na conversão do governador e de seu filho.


São Sebastião, rogai por nós!

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

As verdades da vida


1 - 'Deus não escolhe pessoas capacitadas, Ele capacita os escolhidos.'

2 - 'Um com Deus é maioria.'

3 - 'Devemos orar sempre, não até Deus nos ouvir, mas até que possamos ouvir a Deus.'

4- 'Nada está fora do alcance da oração, exceto o que está fora da vontade de Deus.'

5- 'O mais importante não é encontrar a pessoa certa, e sim ser a pessoa certa.'

6 - 'Moisés gastou: 40 anos pensando que era alguém; 40 anos aprendendo que não era ninguém e 40 anos descobrindo o que Deus pode fazer com um NINGUÉM.'

7 - 'A fé ri das impossibilidades.'

8 - 'Não confunda a vontade de DEUS, com a permissão de DEUS.

9 - 'Não diga a DEUS que você tem um grande problema. Mas diga ao problema que você tem um grande DEUS.'

Evangelho do dia 19/01/2009

Evangelho (Marcos 2,18-22)
Segunda-Feira, 19 de Janeiro de 2009
2a Semana Comum


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 18os discípulos de João Batista e os fariseus estavam jejuando. Então, vieram dizer a Jesus: "Por que os discípulos de João e os discípulos dos fariseus jejuam, e os teus discípulos não jejuam?"
19Jesus respondeu: "Os convidados de um casamento poderiam, por acaso, fazer jejum, enquanto o noivo está com eles? Enquanto o noivo está com eles, os convidados não podem jejuar. 20Mas vai chegar o tempo em que o noivo será tirado do meio deles; aí, então, eles vão jejuar.
21Ninguém põe um remendo de pano novo numa roupa velha; porque o remendo novo repuxa o pano velho e o rasgão fica maior ainda. 22Ninguém põe vinho novo em odres velhos; porque o vinho novo arrebenta os odres velhos e o vinho e os odres se perdem. Por isso, vinho novo em odres novos".


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

São Canuto

19 de Janeiro


São Canuto Estamos neste dia celebrando o testemunho de São Canuto, que nasceu no ano de 1040, na Dinamarca. Era o primogênito da família real e, por conseguinte, herdeiro da coroa. Bem cedo já se mostrava amigo de Jesus, pois cultivava uma vida de tão profunda oração, que isso o levava ao temor de Deus.

Quando seu pai morreu, Canuto recebeu o direito ao trono, mas seu ambicioso irmão apoderou-se da prerrogativa; o santo nada fez, até que seu irmão faleceu. Casado com uma nobre princesa, ele teve um filho, chamado Carlos, também um santo reconhecido pela Igreja.

Para todos, São Canuto era um pai, cujo regime eram a justiça e o amor. Caridoso ao extremo para com os órfãos, viúvas e necessitados, contudo, quanto aos malvados e opressores do povo, era um enérgico juiz. Sabendo que o melhor educador de uma nação é o bom exemplo que parte de cima, considerou seu primeiro dever o de ser um modelo ao seu povo.

Dedicava seu tempo à oração e à meditação a Palavra de Deus, acompanhada de uma verdadeira devoção à Virgem Santíssima. Por fim, fez o máximo para propagar, segundo os seus meios, o Reino de Deus, ajudando a Igreja a evangelizar, além de construir conventos, escolas e hospitais.

São Canuto, aqui na terra, só parou de fazer o bem, porque, devido à uma falha do irmão, o povo dinamarquês ficou revoltado. Por isso quando estava numa igreja, para rezar pela paz na Nação, foi atacado por agitadores e morto.


São Canuto, rogai por nós!

domingo, 18 de janeiro de 2009

Evangelho do dia 18/01/2009

Evangelho (João 1,35-42)
Domingo, 18 de Janeiro de 2009
2º Domingo do Tempo Comum

— O Senhor esteja convosco!
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, segundo João.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, 35João estava de novo com dois de seus discípulos 36e, vendo Jesus passar, disse: "Eis o Cordeiro de Deus!"37Ouvindo essas palavras, os dois discípulos seguiram Jesus. 38Voltando-se para eles e vendo que o estavam seguindo, Jesus perguntou: "O que estais procurando?" Eles disseram: "Rabi (que quer dizer: Mestre), onde moras?"
39Jesus respondeu: "Vinde ver". Foram pois ver onde ele morava e, nesse dia, permaneceram com ele. Era por volta das quatro da tarde.
40André, irmão de Simão Pedro, era um dos dois que ouviram a palavra de João e seguiram Jesus.
41Ele foi encontrar primeiro seu irmão Simão e lhe disse: "Encontramos o Messias" (que quer dizer: Cristo).
42Então André conduziu Simão a Jesus. Jesus olhou bem para ele e disse: "Tu és Simão, filho de João; tu serás chamado Cefas" (que quer dizer: Pedra).

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

São Suplício

18 de Janeiro

São Suplício O Santo de hoje nasceu na França e, ao ser chamado pelo Senhor ao Ministério Sacerdotal, foi obediente. Ao alcançar idade entrou para o clero. Exerceu com tanto empenho e amor a esse Ministério, que o Espírito Santo o escolheu como Bispo da cidade de Bourges.

Viveu num período em que a França estava definindo sua identidade política e social e, por outro lado, a Igreja definida e decidida pela Evangelização, tratava de ir ao encontro do povo nas aldeias. Bourges, no centro da França, foi evangelizada no século II e tornou-se uma arquidiocese premiada com seis santos dentre seus bispos.

O trabalho de São Suplício marcou aquela região, pois foi grande pregador e administrador, investindo tudo na salvação das almas do seu povo, como também na formação do clero e implantação da vida monástica. Outra grande influência de São Suplício na França aconteceu quanto a pacificação de situações que envolviam os grupos étnicos, que percorriam a região. Morreu em 647 e foi sepultado numa abadia beneditina.


São Suplício, rogai por nós!

sábado, 17 de janeiro de 2009

Mensagem de Nossa Senhora nº 3.110 transmitida dia 17 de janeiro de 2009


Queridos filhos, sois o povo eleito do Senhor e Ele vos ama. Afastai-vos de todo mal e voltai-vos Àquele que vos conhece pelo nome. Eu sou a vossa Mãe e quero ajudar-vos. Sede dóceis ao Meu chamado. Não vim do céu para obrigar-vos, mas acolhei as Minhas mensagens. Eu quero conduzir-vos pelo caminho do bem e da santidade. Sede fiéis. A humanidade ainda enfrentará sua maior provação. Rezai. Somente por meio na oração podeis alcançar vitória. Aquilo que os homens constroem nas profundezas causará grande destruição. Voltai-vos ao Senhor. Ele é o vosso Tudo e sem Ele nada podeis fazer. Esta é a mensagem que hoje vos transmito em nome da Santíssima Trindade. Obrigada por Me terdes permitido reunir-vos aqui por mais uma vez. Eu vos abençôo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. Ficai em paz.
Fonte: Apelos Urgentes

Sábio chinês


Um sujeito estava colocando flores no túmulo de um parente, quando vê um chinês colocando um prato de arroz na lápide ao lado.

Ele se vira para o chinês e pergunta:

- Desculpe, mas o senhor acha mesmo que o defunto virá comer o arroz?

E o chinês responde:

- Sim, quando o seu vier cheirar as flores!!!

'RESPEITAR AS OPÇÕES DO OUTRO, EM QUALQUER ASPECTO, É UMA DAS MAIORES VIRTUDES QUE UM SER HUMANO PODE TER.' 'AS PESSOAS SÃO DIFERENTES, AGEM DIFERENTE E PENSAM DIFERENTE. NUNCA JULGUE. APENAS COMPREENDA!!'

Evangelho do dia 17/01/2009

Evangelho (Marcos 2,13-17)
Sábado, 17 de Janeiro de 2009
Santo Antão

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 13Jesus saiu de novo para a beira mar. Toda a multidão ia a seu encontro, e Jesus os ensinava. 14Enquanto passava, Jesus viu Levi, o filho de Alfeu, sentado na coletoria de impostos, e disse-lhe: "Segue-me!" Levi se levantou e o seguiu.
15E aconteceu que, estando à mesa na casa de Levi, muitos cobradores de impostos e pecadores também estavam à mesa com Jesus e seus discípulos. Com efeito, eram muitos os que o seguiam.
16Alguns doutores da Lei, que eram fariseus, viram que Jesus estava comendo com pecadores e cobradores de impostos. Então eles perguntaram aos discípulos: "Por que ele come com cobradores de impostos e pecadores?"
17Tendo ouvido, Jesus respondeu-lhes: "Não são as pessoas sadias que precisam de médico, mas as doentes. Eu não vim para chamar justos, mas sim pecadores".

Ou (escolhe-se um dos evangelhos)

Mt 19,16-26

Naquele tempo, 16alguém aproximou-se de Jesus e disse: "Mestre, o que devo fazer de bom para possuir a vida eterna?" 17Jesus respondeu: "Por que tu me perguntas sobre o que é bom? Um só é Bom. Se tu queres entrar na vida, observa os mandamentos". 18O homem perguntou: "Quais mandamentos?" Jesus respondeu: "Não matarás, não cometerás adultério, não roubarás, não levantarás falso testemunho, 19honra teu pai e tua mãe, e ama teu próximo como a ti mesmo".
20O jovem disse a Jesus: "Tenho observado todas essas coisas. O que ainda me falta?"
21Jesus respondeu: "Se tu queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens, dá o dinheiro aos pobres e terás um tesouro no céu. Depois, vem e segue-me". 22Quando ouviu isso, o jovem foi embora cheio de tristeza, porque era muito rico. 23Jesus disse aos discípulos: "Em verdade vos digo, dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus. 24E digo ainda: é mais fácil um camelo entrar pelo buraco de uma agulha, do que um rico entrar no Reino de Deus". 25Ouvindo isso, os discípulos ficaram muito espantados, e perguntaram: "Então, quem pode ser salvo?" 26Jesus olhou para eles e disse: "Para os homens isso é impossível, mas para Deus tudo é possível".


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

Santo Antão

17 de Janeiro


Santo Antão Fazemos memória, hoje, de Santo Antão. Abade, que é o pai do monasticismo, cujos méritos são de um herói. Nasceu em 251 naquele Egito que, nos séculos III e IV da era cristã, contava com comunidades cristãs bastante grandes.

Santo Antão tinha uma família cristã na qual pôde formar a base de sua vida de oração, pureza dos costumes e amor à mortificação cristã. Ao perder com vinte anos os pais, os quais lhe deixaram uma certa fortuna. Numa celebração eucarística, ouviu as palavras do Evangelho: "Se queres ser perfeito, vai, vende o que possuis, dá-o aos pobres, e terás um tesouro nos céus. Depois, vem e segue-me!" (Mt 19, 21).

Sendo radical na vivência da Palavra, deixou tudo e se retirou para um deserto, para viver uma intensa vida de oração, trabalho e penitência. Santo Antão evoluiu em Deus e na vida eremítica, já que, sendo muito procurado, atraiu admiradores e seguidores. Depois de uma forte experiência comunitária se aventurou a uma maior solidão no deserto, que durou dezoito anos.

A experiência de Antão no deserto cativou muitas pessoas que, na solidão, também buscaram o crescimento espiritual. Além de aconselhar a muitos, ele jamais ficava alheio às dificuldades da Igreja, tanto que no período da perseguição de Diocleciano, chegou a visitar a Alexandria para consolar os cristãos. Depois de muitas provações, sofrimentos e combates espirituais com os demônios, que lhe apareciam em forma humana, animal e até disfarçados de anjo. Santo Antão, vitorioso em Cristo, chamou antes da morte em 356, seus discípulos e lhes disse: "Evitai o veneno do pecado... vivei na caridade como se tivésseis de morrer a cada dia”.


Santo Antão, rogai por nós!

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Salmo 23 – O Senhor é o meu Pastor


1 O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará.
2 Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas.
3 Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome.
4 Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.
5 Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda.
6 Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do SENHOR por longos dias.

Cristo é a fonte de água que jorra para a vida eterna ( Jo 4:14 ). Ele também é o pão vivo que desceu dos céus ( Jo 6:51 ). Quem crê em Cristo passa a viver especificamente da palavra que sai da boca de Deus ( Jo 6:58 )! Para as ovelhas, os verdes pastos (pão) e a água perene (vida eterna) são suficientes para a subsistência, ou seja, de nada tem falta ( Ef 1:3 ; 1Co 1:5 ; 2Pe 1:3 ).
Não podemos esquecer que os salmos são profecias, conforme lemos em 1Cr 25:1 : “E DAVI, juntamente com os capitães do exército, separou para o ministério os filhos de Asafe, e de Hemã, e de Jedutum, para profetizarem com harpas, com címbalos, e com saltérios; e este foi o número dos homens aptos para a obra do seu ministério”.

Para entendermos a composição do Salmo 23, faz-se necessário entendermos o verso 1 do salmo 110, que diz: “DISSE o SENHOR ao meu Senhor: Assenta-te à minha mão direita, até que ponha os teus inimigos por escabelo dos teus pés” ( Sl 110:1 ).

Este salmo foi citado por Jesus ao interrogar os fariseus, que não souberam responde-lo. Acompanhe a narração do evangelista Mateus: “E, estando reunidos os fariseus, interrogou-os Jesus, Dizendo: Que pensais vós do Cristo? De quem é filho? Eles disseram-lhe: De Davi. Disse-lhes ele: Como é então que Davi, em espírito, lhe chama Senhor, dizendo: Disse o Senhor ao meu Senhor: Assenta-te à minha direita, Até que eu ponha os teus inimigos por escabelo de teus pés? Se Davi, pois, lhe chama Senhor, como é seu filho? E ninguém podia responder-lhe uma palavra; nem desde aquele dia ousou mais alguém interrogá-lo” ( Mt 22:41 -43).

Após a exposição de Cristo, é possível definir que Cristo, o filho de Davi, é o Senhor que se assentou a destra da Majestade nas alturas ( Hb 1:3 ). Ora, o Senhor Jesus interpretou o Salmo 110, demonstrando que Davi, ao profetizar, lhe chamou de Senhor.

No salmo 110, verso 1, Davi chamou o Messias de Senhor dizendo: ‘… meu Senhor…”. Em espírito Davi ouviu o ‘Senhor’ (o Pai) dizer ao ’seu Senhor’ (o Filho) para se assentar a sua mão direita e aguardar um período de tempo determinado: até que os seus inimigos fossem postos por escabelos dos seus pés.

Agora, estamos de posse de alguns elementos que nos auxiliarão na interpretação do Salmo 23.

“O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará”

Levando-se em conta o Salmo 110, de qual Senhor o salmista declarou: “O Senhor é o meu pastor…” ?( Sl 23:1 ). Do Pai ou do Filho?

No Salmo 110, Davi ‘em espírito’ chamou o Filho de ‘meu Senhor’, e no Salmo 23 ele aponta para o seu (meu) Senhor, o Pastor.

“O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará” ( Sl 23:1 );

“DISSE o SENHOR ao meu Senhor: Assenta-te à minha mão direita, até que ponha os teus inimigos por escabelo dos teus pés” ( Sl 110:1 ).

Vemos na plenitude dos tempos, o Senhor Jesus Cristo anunciar ser o Pastor há muito predito pelo salmista Davi, quando disse: “Eu sou o bom Pastor… “ ( Jo 10:11 e Jo 10:14 ; Ef 1:10 ; Gl 4;4 ).

O Pastor do Salmo 23 é o Senhor que se assentou à destra do Altíssimo quando retornou a sua glória, conforme o que foi predito no Salmo 110 ( Jo 17:1 ).

Por que Jesus utilizou o predicativo ‘bom’ ao identificar-se como o Pastor do Salmo 23? Porque Ele é o Verbo de Deus encarnado ( Jo 1:14 ), o Deus Altíssimo ( Is 57:15 ), o Senhor entronizado conforme prediz o Salmo 45: “O Teu trono, ó Deus, é eterno e perpétuo; o cetro do teu reino é um cetro de equidade. Tu amas a retidão e odeias a impiedade; portanto Deus, o teu Deus te ungiu com o óleo de alegria, mais do que a teus companheiros” ( Sl 45:6 -7).

Compare:

“DISSE o SENHOR ao meu Senhor: Assenta-te à minha mão direita, até que ponha os teus inimigos por escabelo dos teus pés” ( Sl 110:1 ).

“O Teu trono, ó Deus, é eterno e perpétuo (…); portanto Deus, o teu Deus te ungiu com o óleo de alegria, mais do que a teus companheiros” ( Sl 45:6 -7).

No salmo 45 Jesus é apresentado pelo salmista no reino da sua glória, o Senhor Deus que reina com justiça e equidade, do mesmo modo que foi apresentado no salmo 110 em igualdade com o Pai. O escritor aos Hebreus destaca este fato: “Mas, do Filho, diz: Ó Deus, o teu trono subsiste pelos séculos dos séculos; Cetro de eqüidade é o cetro do teu reino” ( Hb 1:8 ).

Sem sombras de dúvidas Jesus Cristo é o bom Pastor, visto que:

* Somente Deus é bom “Jesus lhe disse: Por que me chamas bom? Ninguém há bom, senão um, que é Deus” ( Lc 18:19 ), e;
* Deus e Cristo são um “Eu e o Pai somos um” ( Jo 10:30 ), conforme o estabelecido na eternidade: “Porque, a qual dos anjos disse jamais: Tu és meu Filho, Hoje te gerei? E outra vez: Eu lhe serei por Pai, e ele me será por Filho?” ( Hb 1:5 ).

O salmo 23 através da declaração ‘nada me faltará’ apresenta o predicativo ‘bom’ pertinente ao Pastor. Quando lemos que ‘nada faltará’ a ‘ovelha’, é certo que o Pastor é bom.

Os que recebem a Cristo como Pastor em tudo têm toda suficiência, ou seja, de ‘… nada têm falta’! “Temei ao SENHOR, vós, os seus santos, pois nada falta aos que o temem” ( Sl 34:9 ; 2Co 9:8 ).

Há os que pensam que a promessa de que ‘nada faltará’ àqueles que têm a Cristo como Senhor lhes proporcionará farturas de bens materiais aqui neste mundo, porém enfatuados estão em suas mentes carnais.

O apóstolo Paulo explica que Deus é poderoso para fazer abundar toda graça com o objetivo de que os cristãos tenham sempre, em tudo, toda suficiência. A promessa é que os cristãos terão fartura (abundeis) em toda boa obra, e não em riquezas materiais.

Aquele que tem Cristo como Pastor (meu), é ovelha do seu aprisco “As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem” ( Jo 10:27 ). Entram no aprisco do Senhor e encontraram paz e descanso para a suas almas ( Mt 11:29 ), porém, as aflições deste mundo persistem ( Jo 16:33 ).

A condição da ovelha do bom pastor é perene, visto que de nada tem falta hoje e nada há de faltar no futuro. O verbo no futuro não é uma promessa para o futuro, antes conota provisão agora e para sempre.

“Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas. Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome”

Jesus anunciou ser:

* A Porta – ‘Eu sou a porta’ ( Jo 10:9 ) – Ou seja, Cristo é a porta das ovelhas, pela qual os homens que ouvirem a sua voz necessitam entrar para serem salvos ( Mt 7:13 );
* O Bom Pastor ( Sl 10:11 ) – ‘Eu sou o bom Pastor’ ( Jo 10:11 ) – Aquele que dá a sua vida em prol das ovelhas.

Aqueles que entram por Cristo, a porta estreita, são comparados a ovelhas, visto que o Pastor é quem guia pelas veredas eternas. Ora, qualquer que entra pela porta estreita que é Cristo, está num caminho estreito que o conduz a vida eterna “Mas estreita é a porta, e apertado o caminho que conduz para a vida…” ( Mt 7:14 ), e encontra descanso (deitar-me) para a alma ( Mt 11:29 ).

Ora, tanto a figura do ‘caminho apertado’, quanto à figura do ‘Bom Pastor’ é Cristo, duas parábolas que ilustram como se dá a salvação em Cristo, visto que:

* ‘o caminho apertado’ conduz o homem a Vida, e;
* O Bom Pastor conduz ‘as ovelhas’ as águas tranqüilas.

A confiança no ‘Bom Pastor’ vem expresso na frase ‘nada me faltará’. Qualquer que crê em Cristo de nada tem falta e alcança o descanso prometido.

“Deitar em verdes pastos” refere-se ao descanso prometido por Cristo: “Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas” ( Mt 11:29 ).

Aquele que confia em Cristo encontra descanso, conforme o escritor aos Hebreus escreveu: “Ora, nós que temos crido, entramos no descanso…” ( Hb 4:3 ). Após crer no Bom Pastor, que é Cristo Jesus, as suas ‘ovelhas’ descansam, pois é Ele quem guia as ‘ovelhas’ em segurança às águas tranqüilas (vida eterna).

Cristo é a fonte de água que jorra para a vida eterna ( Jo 4:14 ). Ele também é o pão vivo que desceu dos céus ( Jo 6:51 ). Quem crê em Cristo passa a viver especificamente da palavra que sai da boca de Deus ( Jo 6:58 )!

Para as ovelhas, os verdes pastos (pão) e a água perene (vida eterna) são suficientes para a subsistência, ou seja, de nada tem falta ( Ef 1:3 ; 1Co 1:5 ; 2Pe 1:3 ).

A confiança em Cristo como pastor proporciona aos seus seguidores descanso, segurança e refrigério. Tal condição é descrita pelo apóstolo Paulo como ‘estar assentado’ em Cristo Jesus nas regiões celestiais ( Ef 1:3 ).

Jesus, o Bom Pastor, é o caminho de Justiça que conduz os homens a Deus “Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim” ( Jo 14:6 ). Somente trilham o novo e vivo caminho aqueles que são nascidos da água (palavra) e do Espírito (Deus) ( Hb 10:20 ).

O salmista Davi enumerou através do Salmo 23 algumas das características da salvação de Deus em Cristo: Descanso (deitar-me); segurança (guia-me) e refrigério (águas tranqüilas) ( Sl 23:2 -3).

Em Cristo o homem está seguro, pois tudo Ele fará pelo amor do seu nome “Não obstante, ele os salvou por amor do seu nome, para fazer conhecido o seu poder” ( Sl 106:8 ).

A salvação não é proveniente de méritos ou sentimentos próprios aos homens, antes a salvação decorre do poder de Deus, que salva o homem segundo o seu beneplácito ( Ef 1:9 ). A salvação é proveniente da fé (evangelho) que produz no homem confiança (fé) ( Rm 1:17 ).

“Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo”

Mesmo que seja necessário andar ‘pelo vale da sombra da morte’, a segurança daqueles que confiam em Cristo, o Bom Pastor, não se abala. Por quê? A resposta decorre da fidelidade de Deus, pois Ele prometeu estar com os que confiam todos os dias ( Mt 28:20 ).

A confiança do Cristão vem expressa na frase ‘… porque tu estais comigo’. Qualquer que está em Cristo lança fora o medo, pois “No amor não há temor, antes o perfeito amor lança fora o temor; porque o temor tem consigo a pena, e o que teme não é perfeito em amor” ( 1Jo 4:18 ).

Qualquer que teme é porque não conhece a largura, a profundidade, a altura e o comprimento do amor de Deus ( Ef 3:17 ). Desconhece que Cristo habita pela fé no coração dos que lançam fora o medo proveniente da servidão ao pecado ( Jo 14:23 ; Hb 10:19 ).

O medo é pertinente aos que estão sujeitos a servidão ( Hb 2:15 ), pois todos que tem o ‘Bom Pastor’ como Senhor foram transportados das trevas para o reino do Filho do amor de Deus ( Cl 1:13 ).

Todos quantos tem o Senhor Jesus como Pastor desceram as regiões da morte quando foram crucificados e sepultados com Cristo ( Rm 6:6 ), porém, ressurgiram vitoriosos em Cristo, sendo criados de novo em verdadeira justiça e santidade.

O bordão e o cajado do Pastor constituem-se em amparo para os que nele confiam. O bordão é uma vara curta e o cajado uma vara longa com um gancho numa das extremidades. Este serve para trazer a ovelha para junto do pastor e aquela para guiá-la.

As palavras do Pastor, a verdade do evangelho, desempenham a função da vara e do cajado: guia, correção e consolo ( Jo 10:4 ; João 5 :24 ).

“a tua vara e o teu cajado me consolam. Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda”

É o Senhor quem peleja em favor daqueles que crêem no bom Pastor ( Ex 14:14 ). Quantos inimigos o Senhor Jesus derrotou na sua morte? O mundo, a carne, o pecado, satanás e as potestades!

Diante dos inimigos é necessário a ovelha ser participante da mesa do Senhor! E pelo Senhor os cristãos são mais que vencedores ( Rm 8:37 ), porém, necessitam participar da mesa preparada para que possam se fortalecer no Senhor e na força do seu poder ( Ef :10 ).

Qual o poder de Deus? Ora, o evangelho é o poder de Deus, para todo que crê “E qual a sobreexcelente grandeza do seu poder sobre nós, os que cremos, segundo a operação da força do seu poder” ( Ef 1:19 ; Rm 1:16 ; Jo 1:12 ; 1Co 1:24 ).

A mesa preparada (banquete) na presença dos inimigos equivale à figura da vara e do cajado que consolam. Como o Pastor guia as ovelhas às águas? Como conduz por veredas de justiça? Através do bordão e do cajado.

O escritor aos Hebreus alerta que Deus falou de muitas maneiras (até mesmo pelo Filho), portanto, o Cristão deve atentar para o que já foi anunciado, para que não se desvie ( Hb 1:1 e Hb 2:1 ).

Qualquer que ouve a palavra do Senhor alimenta-se do que é bom. Torna-se participante do banquete (mesa) do Senhor ( Hb 4:2 ; Is :2 -3). Por que o banquete é na presença dos inimigos? Por que não temos que lutar contra carne e sangue, antes contras os principados, contra as potestades, contras os poderes deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais da maldade nos lugares celestiais.

Ora, as ovelhas descansam nos prados verdejantes, que é o banquete preparado pelo Pastor. E é neste lugar maravilhoso em que as ovelhas descansam que permanecem na presença dos inimigos, pois o adversário fica ao derredor “Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar” ( 1Pe 5:8 ).

E onde se dá a batalha do Cristão? Nas regiões celestiais, ou seja, em pastos verdejantes! Enquanto participa da mesa do Senhor (assentado nas regiões celestiais) o cristão luta contra os inimigos (nas regiões celestes). A luta se dá onde o cristão está assentado, repousando ( Ef 1:3 ; Ef 2:6 e Ef 6:12)!

E qual o teor da batalha? É estar revestido da armadura de Deus (participando da mesa) que é a verdade do evangelho ( Ef 6:13 ), para que possa lutar pela fé que uma vez foi dada aos santos ( Jd 1:3 ; Fl 1:27 )

A unção com óleo era uma prática comum na palestina, e neste caso demonstra que a ‘ovelha’ é convidada do ‘Pastor’. A unção (eleição, escolha) do Senhor permanece sobre os que recebem a Cristo por Pastor.

Assim como o cálice ‘transborda’, significa que aqueles que se alimenta da carne e do sangue de Cristo estão plenos d’Ele “Da sua plenitude todos nós recebemos graça sobre graça” ( Jo 1:16 ; Cl 2:10 ).

“Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do SENHOR por longos dias”

As ovelhas do rebanho do Senhor estarão protegidas todos os dias pela bondade e pela misericórdia do Bom Pastor.

A Bondade e a Misericórdia estão com as ovelhas do aprisco do Senhor, ou seja, Ele permanecerá com elas. Se algo ‘segue’ todos os dias da vida é porque está junto, unido.

É por isso que o escritor aos Hebreus diz: “Seguia a paz com todos, e a santificação, sem a santificação ninguém verá o Senhor” ( Hb 12:16 ). Muitos pensam que é necessário o cristão aplicar-se a seguir a Cristo, porém, o Salmo demonstra que a bondade e a misericórdia é que seguirá as ovelhas do Senhor.

Ora, seguir a santificação é o mesmo que seguir a justiça, a fé, o amor e a paz ( 2Tm 2:22 ). Observe que devemos seguir a Cristo, a nossa santificação ( 1Co 1:30 ), juntamente com todos que invocam ao Senhor.

Como seguir a santificação? Ora, basta crer em Cristo que o homem adquire um novo coração puro ( Sl 51:10 ), onde Deus, que é Bondade e Misericórdia, habita ( Is 51:17 ; Is 57:15 ).

As “ovelhas” habitarão para sempre com o Bom Pastor, pois são templo e morada do Espírito ( Jo 14:3 ).

Observe que a santificação não é progressiva pelo fato de o cristão seguir a santificação, visto que também seria progressiva a justiça, a fé, o amor e a paz ( 2Tm 2:22 ).

Ora, se o cristão deve seguir a paz juntamente com todos que invocam a Cristo como Senhor, é certo que seguirá a santificação, a fé, o amor, a misericórdia a benignidade, a justiça, etc.

Evangelho do dia 16/01/2009

Evangelho (Marcos 2,1-12)
Sexta-Feira, 16 de Janeiro de 2009
1a Semana Comum

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

1Alguns dias depois, Jesus entrou de novo em Cafarnaum. Logo se espalhou a notícia de que ele estava em casa. 2E reuniram-se ali tantas pessoas, que já não havia lugar, nem mesmo diante da porta. E Jesus anunciava-lhes a Palavra. 3Trouxeram-lhe, então, um paralítico, carregado por quatro homens. 4Mas não conseguindo chegar até Jesus, por causa da multidão, abriram então o teto, bem em cima do lugar onde ele se encontrava. Por essa abertura desceram a cama em que o paralítico estava deitado. 5Quando viu a fé daqueles homens, Jesus disse ao paralítico: "Filho, os teus pecados estão perdoados". 6Ora, alguns mestres da Lei, que estavam ali sentados, refletiam em seus corações: 7"Como este homem pode falar assim? Ele está blasfemando: ninguém pode perdoar pecados, a não ser Deus". 8Jesus percebeu logo o que eles estavam pensando no seu íntimo, e disse: "Por que pensais assim em vossos corações? 9O que é mais fácil: dizer ao paralítico: 'os teus pecados estão perdoados', ou dizer: 'Levanta-te, pega a tua cama e anda'? 10Pois bem, para que saibais que o Filho do Homem tem, na terra, poder de perdoar pecados disse ele ao paralítico: 11eu te ordeno: levanta-te, pega tua cama, e vai para tua casa!" 12O paralítico então se levantou e, carregando a sua cama, saiu diante de todos. E ficaram todos admirados e louvavam a Deus, dizendo: "Nunca vimos uma coisa assim".

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.