sábado, 30 de janeiro de 2010

CARTA DE PÁSCOA

Nesta Páscoa quero minha coelhinha
Estou escrevendo esta cartinha, nestes tempos de Páscoa, onde são mais lembrados os ovos de chocolate e os coelhinhos formosos. Entretanto, minhas lembranças e aspirações de presentes, são um bocado diferentes. Penso em você como numa coelhinha da Playboy, com sua plástica exuberante, vestida a caráter, só com o gorrinho das orelhas, nada mais.
Que visão maravilhosa! você, deixando em minha mesinha de cabeceira um lindo ovo de chocolate, delicioso e afrodisíaco. Esse seu corpo deslumbrante, desfilando ao redor de minha cama, despertando a imaginação, deste seu apaixonado, que sonha tê-la nos braços, nesta imensa cama, concebida para o prazer.
Que Páscoa maravilhosa teríamos, se fosse concreto este meu sonho... Depois, eu e você na minha banheira de espuma, trocando carícias inesquecíveis, num momento de encantamento, sentindo o calor de seu hálito, a cochichar palavras eróticas, bem atrás de minhas orelhas. Seus lábios carnudos roçando meu rosto a procura dos meus.
É assim que penso em nossa Páscoa. Uma data própria para celebrar o amor, e eu que morro de amor por você, sinto tanto a sua ausência, que fico criando essas cenas de intenso delírio, no imaginário fértil desta cabeça, completamente virada por ti.
Como te amo. Como te quero.

Beijos do teu
(nome)

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Vale a Pena Viver

Arianne Evans

Não acredite que a vida terminou
porque perdeste o teu amor.
Não é verdade.
Não terminou e o mundo continua girando,
como sempre.
A noite te parece absurda e longa,
mas sua beleza é inegável.
O luar é um dossel de cristal, pendendo
de um teto infinito recamado de estrelas;
a brisa, embora não toque teu corpo,
acaricia com dedos de seda tudo o mais,
por onde passa;
nos campos, assim como no teu jardim,
as plantinhas, as flores continuam nascendo
e crescendo.
Daqui a pouco, vai brilhar alegre e intenso,
indiferente à tua tristeza,
um Sol de raro esplendor.
Assim, também, teu coração continua pulsando,
vivo, forte, corajoso,
apesar do que sente, da dor que lhe é infligida;
não se entrega e, se pudesse falar-te,
fazer-se ouvir, suplicar-te-ía
para que não te entregasses à dor sem lutar.
Para que acreditasses que vale à pena, viver,
independente de tudo que possa acontecer.
Perder um amor não significa que se perdeu tudo...
tens teus amigos que se preocupam, por ti,
tens outros sonhos que sonhavas realizar...
vais, agora, desistir de tudo
e te entregares às mãos da dor
e por ela ser manipulado?
Abre os olhos e vê:
bem à tua frente há um belíssimo e colorido caminho
à tua espera!!
Basta que não entregues!

Em a natureza tudo trabalha...

Trabalham os vermes na intimidade da terra, tornando-a fofa e produzindo o humus nutriente para alimentar as plantas.

Trabalham os pássaros, na construção dos próprios ninhos e na disseminação do pólem das flores.

Trabalham as flores, doando seu perfume ao ar e permitindo o nascimento dos frutos.

Trabalham os insetos, polinizando as flores e desempenhando a parte que lhes cabe na estrutura do ecossistema.

Trabalham também os rios, fertilizando o solo e dessedentando homens e animais.

Trabalham as nuvens, fornecendo a chuva que rega as plantas e purifica a atmosfera.

Trabalham as árvores, abrindo seus galhos quais braços fraternos, acolhendo os ninhos e fazendo sombra na caminhada dos homens.

Trabalha igualmente o Sol, estrela incansável que jamais deixa de estender seus raios quentes, espancando as trevas e favorecendo a vida.

Trabalha a Lua, controlando as marés e deslumbrando os olhares apaixonados dos namorados, que sonham um dia poder oferecê-la a alguém em nome do amor.

Trabalham os oceanos, abrigando na intimidade várias formas de vida e transportando, em suas ondas, as embarcações, permitindo a ligação entre os Continentes.

Trabalha também o vento, acariciando com igual doçura os carvalhos gigantes e as pequeninas hastes da relva.

Tudo em a natureza trabalha...

E trabalham também os homens...

Quem aceitaria, de boa vontade, ser um caniço mudo e surdo quando tudo o mais canta em uníssono?

Mas todo trabalho é vazio, exceto quando há amor...

É pelo trabalho que nos unimos a nós mesmos, unindo-nos uns aos outros e a Deus.

E o que é trabalhar com amor?

É tecer o tecido com fios desfiados do nosso próprio coração, como se nosso bem-amado fosse usar esse tecido.

É construir uma casa com afeição, como se nosso bem-amado fosse habitar essa casa.

É semear as sementes com ternura e recolher a colheita com alegria, como se nosso bem-amado fosse comer os frutos.

É por em todas as coisas que fazemos um sopro da nossa alma...

Quando trabalhamos com amor, somos como uma flauta através da qual o murmúrio das horas se transforma em suave melodia, espalhando notas de alegria no ar, contagiando tudo o que nos rodeiam.

***

A câmara fotográfica nos revela por fora, mas o trabalho nos retrata por dentro.

Em tudo aquilo que façamos, na atividade que o Senhor nos haja oferecido, estamos colocando nosso retrato, nossa marca registrada.

E quando o trabalhador converte o trabalho em alegria, o trabalho se transforma na alegria do trabalhador.

Pensemos nisso!


(O Profeta, de Gibran Kalil Gibran, cap. O trabalho e Sinal Verde, caps. 17 e 18)

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

A tecnologia do abraço, por um matuto mineiro...



O matuto falava tão calmamente, que parecia medir, analisar e meditar
sobre cada palavra que dizia...
- É... das invenção dos homi, a que mais tem sintido é o abraço.

O abraço num tem jeito di um só aproveitá!
Tudo quanto é gente, no abraço, participa uma beradinha...
Quandu ocê tá danado de sodade, o abraço de arguém ti alivia...

Quandu ocê tá cum muita reiva,
vem um, te abraça e ocê fica até sem graça de continuá cum reiva...

Si ocê tá feliz e abraça arguém, esse arguém pega um poquim da sua alegria...

Si arguém tá duente, quandu ocê abraça ele, ele começa a miorá,

i ocê miora junto tamém...
Muita gente importante e letrado já tentô dá um jeito de sabê
purquê qui é, qui o abraço tem tanta tequilonogia, mas ninguém inda discubriu...
Mas, iêu sei! Foi um ispirto bão de Deus qui mi contô...
Iêu vô contá procêis u qui foi quel mi falô:
O abraço é bão pur causa do Coração...

Quandu ocê abraça arguém, fais massarge no coração!...
I o coração do ôtro é massargiado tamém!
Mas num é só isso, não... Aqui tá a chave do maió segredo de tudo:
É qui, quandu nois abraça arguém, nóis fica cum dois coração no peito!...

INTONCE... UM ABRAÇU PRÔ CÊ QUI É MEU AMIGU !!!!

(autor desconhecido)

Se te abraçasse agora


Fonte:Lua de Cristal


Se te abraçasse agora,
abraçava-te para não te largar mais.
Deixava o teu corpo repousado
aqui abraçado no meu.
Deitava-me contigo,
com os nosso corpos nús colados,
pernas entrelaçadas,
dedos macios,
beijos suaves,
afagos no cabelo,
carícias maliciosas,
trocas quentes e apaixonadas,
mas sem sexo, sem loucuras,
apenas desejos e partilhas...
apenas para te ter,
apenas para te ter comigo,
no silêncio das manhãs,
nos sussuro destas tardes,
na beleza das nossas noites,
aqui descansada sobre o meu peito,
protegida e segura neste abraço
que te entrego.
...na esperança de te acolher

Amadorjp

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Bom Dia


Eu espero que você tenha um belo amanhecer,
E que, amanhecendo, você desperte sorrindo...

E que, sorrindo, você siga o seu caminho,
A sua jornada de trabalho,
Contagiando todos a sua volta...

Que seu anjo da guarda sempre lhe acompanhe,
E faça sua luz ser mais brilhante...
Essa luz que tantas vezes já iluminou o meu astral...

Quero que a sua saúde, em momento algum,
Te deixe na mão...
Nem um mal estar, nem um nada,
pode atrapalhar o seu BOM DIA...

Espero, por fim, que, ao fim do dia,
Antes do seu repouso,
Você ainda tenha ânimo para ler,
Toda essa mensagem de novo...

Porque eu lhe desejo um bom dia,
Amanhã, depois, e sempre!!!

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

ENCANTE-SE!

Luabella

Você já se encantou alguma vez com coisas simples?
Com a água que cai límpida e transparente, tocando sua pele com carinho, deixando-a aveludada e perfumada...
Com a planta de mil folhas, onde se escondem os vasos condutores da seiva, nos traços mais perfeitos...
Com o mar, na sua imensidão, suas tonalidades esverdeadas e a luz beijando a superfície no vai e vem...
Com o inseto minúsculo, camuflando o seu mini-sistema de vida, com asas desenhadas pelo Pintor perfeito...
Com o sol longínquo, a abraçar seu corpo ofertando poderosa energia em toda a extensão...
Com a inocência da criança, que acredita que o mundo já é perfeito, distribuindo o sorriso sincero e a confiança permanente...
Com a fidelidade dos animais domésticos...
Com a diversidade de raças, rostos e cores que dão vida ao planeta...
Com as cores do arco-íris que se confundem e ao mesmo tempo são distintas...
Com a risada sincera e desembaraçada que limpa a alma e o coração...
Com os alimentos, na sua multiplicidade de cores e sabores que saciam a fome e mantêm as energias das células, sustentando a vida...
Com as montanhas, em múltiplas e sucessivas camadas, sumindo no horizonte...
Com a alegria que brota dos corações, entre amigos sinceros...
Com a inteligência dos homens, que a cada segundo é superada por novas e úteis descobertas...
Com o poder do pensamento, que transforma tudo em realidade...
Com as lições de amor que nos foram deixadas...
Enfim, você já se encantou alguma vez com coisas simples como um gesto sincero, sem disfarce?
Com o olhar seguro, sem desvio?
Com o toque suave, com energia?
Com o pensamento puro, sem hipocrisia?
Pense nisso!
As imagens impressas em calendários, cartões postais, folhetos, existem porque alguém se encantou com essas paisagens, flores, animais ou algum detalhe da natureza...
E não precisa muito esforço para perceber essas belezas singelas com que a natureza enfeita nossos caminhos diários.
Encante-se com as coisas simples!!!

Seja Mais Tolerante... Seja Mais Flexível


Bom dia neste dia de alegria!

Mais uma semana para viver, amar, sonhar,

sorrir, servir...

Hoje vai ser um dia diferente e bom

porque você vai cumprimentar a todos

com um sorriso largo e sincero!

Experimente dizer assim: B-o-m D-i-a!

alto, forte, sentindo as palavras,

olhando nos olhos das pessoas e desejando

com o coração que isso aconteça pra elas.

Nunca permita que o seu "Bom Dia" seja automático,

simples e mecânico.

Coloque sentimento nas palavras,

nos pensamentos e nos gestos.

Diga bom dia através do coração!

Isso pode modificar a vida de uma pessoa, sabia?

E se encontrar alguém cabisbaixo, triste, preocupado,

mesmo que não o conheça,

transmita através de seu "Bom Dia",

todo amor e todo carinho que puder.

Uma simples palavra dita num tom verdadeiro faz a diferença.

E então sorria!

O Sorriso é mágico e faz um bem enorme para as pessoas

e também para você.

O ato de sorrir ajuda a promover

e a manter a saúde mental, viu?

Sabia que aquelas pessoas que carregam um sorriso

sempre pronto têm geralmente menos problemas emocionais

do que as que sentem dificuldade em rir?

Procure acordar sempre com um belo sorriso pra você!

Isso mesmo: sorria para você mesmo

e verá como vai ficar mais fácil sorrir para as pessoas!

Sorria com a alma!

Com a sua alma!

As pessoas merecem isso!

Bom Dia! Bom Divertimento!

Uma ótima semana pra você!

Fique com Deus.


"o sorriso faz você se sentir melhor porque além de ser

um sinal superficial de algo mais profundo

ele reflete o seu modo especial de encarar a vida"
Luis Carlos Mazzini

Você é Espelho



Quando tudo a sua volta for escuridão,
use seu brilho interior.
Quando todos desacreditarem da sua capacidade,
mostre a sua força e insista um pouco mais.
Quando tudo parecer mais forte e te sufocar,
mire no seu objetivo e continue lutando.
Desistir de um plano, de uma meta ou objetivo,
é ficar andando em círculos.
É como recomeçar em uma longa estrada...
Não ouça os pessimistas,
acredite na sua idéia, na sua força.
Poucos são aqueles que fazem previsões otimistas,
a grande maioria aposta na derrota.
Faça a diferença!
Existem milhares de médicos, psicólogos,
contadores, advogados, mas você é único,
e pode criar um diferencial na sua profissão,
seja pela simpatia, pela competência, pela inovação.
Seja diferente, seja moderno, seja aberto ao mundo.
Resolva-se interiormente:
decida-se por um objetivo e concentre
todos os seus recursos nessa conquista.
Ninguém resiste aos determinados.
Não aceite a situação como lhe aparece.
Limpe a sua mente, fuja da miséria.
Para terminar, lembre-se:
Deus é abundância. Deus é prosperidade,
é alegria, é vida,
não se contamine com a dor,
com a doença, com a pobreza.
Não aceite uma vida triste, sem cor, sem amor,
sem saúde, sem dinheiro, sem respeito.
Você nasceu para brilhar, para vencer,
para mostrar aos outros
o que é viver em harmonia com a vida,
com Deus e com você mesmo.
Seja espelho da alegria, afinal de contas,
você é Filho do Homem!
Eu acredito em você!

Paulo Roberto Gaefke

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

A não resistência ao poder


Às vezes percebemos que justamente o que temíamos, na verdade era um benefício. A dificuldade é um esmeril. Se detestarmos uma pessoa, ela nos será antipática, mas se reconciliarmos com ela, teremos realmente uma bondosa amiga. Você compreendeu agora mais claramente esta verdade? Se encarar qualquer situação e qualquer pessoa com um sentimento de reconciliação, nunca estará em choque alguém ou com coisa alguma. Você compreendeu agora a verdade da “não resistência”?
Se você realmente não resistir, nada poderá prejudicá-lo.

Livro: “Convite à Felicidade vol. 1”
(Dr. Masaharu Taniguchi)

Não olhemos a aparência, mas o coração das pessoas

Luzia Santiago
190110_mensagem

Uma forma maravilhosa para iniciar bem este novo dia é pedir a Jesus a graça de ver todas as coisas como Ele as vê, porque a maneira como o Senhor as enxerga é bem diferente da nossa. O próprio Senhor vai nos dizer: “Não julgo segundo os critérios do homem: o homem vê as aparências, mas o Senhor olha o coração” (I Sm 16,7).
Agindo assim, certamente seremos surpreendidos porque veremos todas as coisas como de fato elas são e não como achamos. Seguramente o nosso olhar sobre as pessoas com as quais convivemos e até já as rotulamos será de paz e de amor, o que proporcionará a cada um de nós a capacidade de nos relacionar melhor com o nosso próximo mais próximo.
“Aconselho-te que compres de mim um colírio para ungir os olhos, de modo que possas ver claro” (Ap 3,18).
Senhor, purifica os nossos olhos, para enxergarmos clara e distintamente todas as coisas.
Jesus, eu confio em Vós!

São Canuto

Canção Nova
19 de JaneiroSão Canuto
São Canuto nasceu no ano de 1040 na Dinamarca. Filho de um rei, era sucessor natural. Mas aconteceu que, pela sua vida de oração, testemunho, caridade e justiça, quando o pai faleceu, muitos moveram-se com artimanhas para colocar seu irmão no trono de maneira injusta. Quanto à sua posição, ele não era apegado ao poder nem o queria para si, então esperou. Depois do falecimento do irmão, ocupou o seu lugar que era de justiça. Homem de Deus, um sinal para o povo, ele contribuiu para a evangelização. Primeiro, com o seu exemplo, pois acreditava que a melhor forma de educar uma nação é o bom exemplo. Ele viveu para sua esposa e para seu filho Carlos, que mais tarde se tornaria também um santo.

Pai santo, esposo santo, um governador, um homem de poderes; mas que usou esses poderes para servir; a modelo de Nosso Senhor Jesus Cristo.

São Canuto, amado por muitos e odiado também como Nosso Senhor, foi vítima de artimanhas por pessoas fechadas para Deus e para o bem, porque ele tinha muita sensibilidade com as viúvas, os órfãos e os mais necessitados. Nele, batia um coração que se assemelhava ao de Jesus.

Como rei, possuiu muitos desafios e, ao perceber os inimigos se armando, participou de uma Eucaristia como era de costume. Nela, ele não só recebeu o Nosso Senhor, mas, em nome de Jesus, perdoou todos os seus inimigos. Foi então assassinado.

São Canuto, rogai por nós!

Evangelho do dia 19/01/2010

Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2010
2ª Semana Comum

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor!

23Jesus estava passando por uns campos de trigo, em dia de sábado. Seus discípulos começaram a arrancar espigas, enquanto caminhavam. 24Então os fariseus disseram a Jesus: “Olha! Por que eles fazem em dia de sábado o que não é permitido?”
25Jesus lhes disse: “Por acaso, nunca lestes o que Davi e seus companheiros fizeram quando passaram necessidade e tiveram fome? 26Como ele entrou na casa de Deus, no tempo em que Abiatar era sumo sacerdote, comeu os pães oferecidos a Deus, e os deu também aos seus companheiros? No entanto, só aos sacerdotes é permitido comer esses pães”. 27E acrescentou: “O sábado foi feito para o homem, e não o homem para o sábado. 28Portanto, o Filho do Homem é senhor também do sábado”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Hécate


Em 13 de agosto – comemora-se o Festival de Hécate
texto pesquisado por Althea



Rainha da noite, a Tripla Hécate é uma das mais antigas imagens de um período pré-grego, é a corporificação da Deusa Tríplice original. Original por ser talvez a primeira deusa cultuada pelo homem, admite-se que ela venha antes de Zeus, na mitologia grega. É considerada como a Deusa das deusas, Rainha das Bruxas.
Dizia-se que ela ficava nas encruzilhadas de três caminhos,
olhando para cada um deles com uma das faces. Freqüentemente está ligada com a lua negra, presidindo todos os rituais mágicos, profecias, visão, o nascimento das crianças, morte, o submundo, e os segredos da regeneração.

A velha mulher curvada pelo peso dos anos, a curandeira, a bruxa. Aquela que conhece todos os sintomas do corpo e da alma humana. Esse é o arquétipo de Hécate.
Hécate ocupava um lugar muito especial. Embora seja muito pouco citada nos livros de mitologia mais conhecidos, seu culto era amplo e generalizado entre o povo. Para vocês perceberem a importância de Hécate, ela era honrada até mesmo por Zeus, como uma Titânia dos Titãs, ou seja, uma Deusa pré-olimpíca... Hécate recebia diversos títulos, como Kratay, e Eurybia, a Deusa Forte, em uma referência aos deuses que originaram o panteão grego.

Tudo isso leva a crer que Hécate é uma Deusa cujo culto já se havia estabelecido antes da própria civilização grega. Uma coisa que bem revela a importância de Hécate foi o decreto de Zeus: cada vez que alguém deitasse uma oferenda na terra sem ofertá-la a nenhum Deus específico, a oferenda era de Hécate, o que significava que Zeus reconhecia que o que estava sobre a Terra era dela, em principio... Hécate é a Senhora dos Mortos, líder do que se chama em muitas mitologias "A caça selvagem". Esta se constitui de um grupo de fantasmas e animais astrais, corvos, corujas, cachorros que uivam lugubremente, que passa na Terra ao fim de cada dia para recolher as almas dos mortos naquele dia. Ouvir cães uivando a noite é sinal certo da presença de Hécate. Assim como lidera a Caça Selvagem, Hécate conduz as almas dos mortos e também os vivos, nas estradas, aos melhores caminhos, por isso é representada com uma tocha na mão. Ela é a Senhora que Guia, e assim podemos contatá-la. Hécate também preside os nascimentos, por isso é chamada Protiraya, a Senhora dos Portais.

A Genealogia

Hécate é uma figura primordial nas camadas mais antigas do inconsciente humano. Sua genealogia nos leva aos princípios dos tempos, como filha de Nyx, a Noite Antiga. Em um nível interior Hécate é a guardiã dos mistérios profundos do inconsciente que acessa a memória do inconsciente coletivo e das forças primitivas que levaram à criação.
Hécate provavelmente se originou da Deusa egípcia Heket, que por sua vez derivou de Heq, ou a matriarca tribal do Egito pré-dinástico. Na Grécia, Hécate era uma Deusa pré-olimpíca, geograficamente originada na Trácia, na parte nordeste do país, o que a liga com os antigos cultos das Deusas da Europa Central e Ásia Menor.

Diferentemente de outras deidades desses panteões, Hécate foi absorvida no panteão clássico grego. Usa uma tocha e um vestido feito das estrelas da noite, cuja luz mostrava o caminho dentro da vasta escuridão das nossas origens e da profundeza de nosso ser interior.
Tradições mais recentes fizeram de Hécate filha de Zeus e Hera, reduzindo seu poder aos domínios do mundo subterrâneo (terra dos mortos) e à lua negra. A seguinte lenda era contada para explicar sua descida ao submundo:
*Hécate teria incorrido na ira de sua mãe Hera por ter roubado dela um pote de cosmético para dar a Europa, amante de Zeus. Ela desceu à terra após isso e se escondeu na casa de uma mulher que acabara de dar a luz, o que, de acordo com os costumes da época, a teria tornado impura. Para lavar essa sua marca, as Cabírias a levaram ao rio Acheron, do submundo, onde ela permaneceu.

Essa versão é da mitologia mais recente, já bastante deturpada:
*Como Prytania, Invencível Rainha da Morte, Hécate tornou-se guardiã e conquistadora das almas no submundo. Como Deusa da Magia e dos Feitiços, ela manda sonhos proféticos ou pesadelos à humanidade. Sua presença é sentida nos túmulos ou nas cenas de assassinato, onde preside as purificações e expiações. Como sua semelhante Kali, na Índia, Hécate é Sacerdotisa dos funerais, conduzindo seus ritos nos locais de enterros e cremações, assistindo e auxiliando na liberação das almas dos recém mortos.
Por sua natureza ser originariamente misteriosa, mais proeminência foi dada a seus aspectos escuros, embora não fossem os únicos. Os gregos helênicos enfatizaram seus poderes destrutivos às custas de seus poderes criativos, até que Hécate fosse apenas invocada como uma Deusa do submundo, em clandestinos ritos de magia negra, especialmente nas encruzilhadas de 3 estradas.
A natureza profética de Hécate sobreviveu na Noruega e na Suíça, como a Velha, sabia mulher falante, que viajava pelas fazendas e dizia aos moradores dos campos seu futuro. Mas com o advento do domínio patriarcal a Deusa diminui sua influência e grandeza. Os poderes da sábia anciã foram reprimidos e mais tarde emergiram como projeções torturadas e distorcidas do patriarcado, classificadas como bruxaria perigosa e magia negra.
Hécate é toda potencial - o potencial daquilo que ainda não é, como uma semente que germina, subterrânea, antes de lançar seus galhos sobre a terra. Ela é mágica, caótica, imprevisível. Deve ser invocada quando todas as coisas sólidas e pretensamente seguras desabam, e é preciso pensar em novos sonhos e possibilidades. Hécate é uma Deusa muito rica, sem esquecer que é uma Deusa Tríplice, possuindo, pois, aspectos de jovem, mãe e Anciã.
Ela é dona do caldeirão da transformação, onde residem todas as possibilidades. Um trabalho com Hécate pode ter mil facetas justamente por isso: pode-se desde trabalhar os entraves na sua vida financeira , até seu caminho espiritual , suas capacidades mágicas e oraculares até pedir a intercessão dela em um caso de morte ou nascimento difíceis; pode pedir que Ela oriente você ao melhor caminho nas encruzilhadas da vida...

Enfim, todo o trabalho mágico pode passar por essa Deusa maravilhosa. Não é à toa que Hécate é chamada a Deusa de todos as Bruxas. Falando em Hécate como senhora da Morte, vocês sabiam que os brux@s sempre meditam na própria morte? A morte não é fim, nem é castigo para nós, então devemos nos preparar para aceitá-la como inevitável e natural. Devemos nos preparar para olhar a Ceifeira nos olhos e dizer que a amamos. Isso não é nada em um mundo voltado para coisas que fazem as pessoas disfarçarem a morte e o medo que têm dela... Quando pudermos olhar a Senhora Negra nos Olhos e puderem dizer a Ela: eu te amo! Estamos prontos pra tudo.


ATRIBUIÇÕES
Ervas: Salgueiro, meimedro-negro, teixo, mandrágora, cíclame, menta, cipestre, tamareira, gergelim, dente-de-leao, alho, carvalho, cebola.

Elementos: Água e Terra.

Cores: Preto, azul, vermelho, branco, dourado e cinza.

Pedras: ônix, turmalina negra.

Dia da semana: Sábado ou Segunda.

Mês do ano: Agosto

Lua: minguante e nova (luas negras).


Associações: Trabalhos Psíquicos, mistérios e segredos profundos e escondidos, predição, feitiços e transes.

Seu sinal: Mariposa.


(Fontes de pesquisa: Texto de Demetra George; texto de Alessandra; textos de Althea; Dicionário dos Deuses-Martins Fontes; Analogias de KendraMoon)

MEDITAÇÃO



A meditação é uma transformação de todo o seu ser. Você não é mais parte da multidão, não é mais um parafuso na máquina. Você tomou a responsabilidade sobre os próprios ombros, tornou-se um indivíduo livre.
 
A meditação começa por levá-lo além do tempo, porque ela vai levá-lo também além da morte.
 
Você ficará surpreso em saber que em sânscrito há apenas uma palavra para morte. A palavra é KAL. KAL significa também amanhã, amanhã haverá apenas a morte e nada mais; a vida é hoje.À medida que você se torna mais tranqüilo,  verá que as suas tensões são o seu peso. Quando as tensões não existem mais, você se torna leve, sem peso. E a consciência, que é a sua realidade, não tem limitação de tempo e espaço. Seu corpo cresce da infância para a juventude, para a velhice e para a morte.
 
Estas mudanças estão acontecendo apenas ao corpo. São uma troca de mobília da casa, ou uma nova pintura, ou uma nova fachada, mas o homem que vive na casa não é afetado por essas coisas. A consciência  é o mestre. O seu corpo é apenas a casa.
 
No momento em que você entra em meditação, você toca dentro de si mesmo, em algo universal, algo que não tem idade, que não tem limitações seja de tempo ou espaço.
 
Meditação não é algo mental. Meditação é algo que diz respeito ao seu ser. É necessário apenas uma pequena conexão... e súbito tudo é diferente.
 
O corpo continuará seu caminho, mas você saberá que não é o seu corpo.
 
Pessoas morrerão, mas você saberá que a morte é impossível. A sua própria morte virá, mas a meditação o prepara para a morte, para que você possa ir dançando e cantando para o derradeiro silêncio, deixando a forma para trás e desaparecendo no sem forma.
 
Meditação é a única contribuição que o Oriente fez à humanidade. O Ocidente fez muitas contribuições, milhares de invenções cientificas, imenso progresso na medicina, inacreditáveis descobertas em todas as dimensões da vida. Mas, ainda assim, a única contribuição do Oriente é muito mais valiosa que todas as contribuições do Ocidente.
 
MeditaçãoO Ocidente tornou-se rico; tem toda a tecnologia para ser rico. O Oriente tornou-se pobre, imensamente pobre, porque não tem buscado nada, exceto  uma coisa: seu próprio SER interior.
 
Sua riqueza é algo que não pode ser visto, mas o Oriente tem conhecido os mais altos picos da bem-aventurança e as enormes profundidades do silêncio. Ele tem conhecido a eternidade da vida; tem conhecido o mais belo florescer do amor, da compaixão da felicidade. Todo o seu gênio tem sido devotado a uma única busca – você pode chamá-la de êxtase. A meditação é uma técnica para se chegar a esse estado estático, a esse estado de divina intoxicação. É uma técnica simples, mas a mente a transforma em algo complexo e difícil, porque ambas não podem existir ao mesmo tempo.
 
A meditação é a morte da mente, por isso ela resiste a qualquer esforço à meditação. E a mente é inteligente e astuta o suficiente para dar a você falsas direções e chamá-las de meditações.
 
A meditação começa com você separado da mente, você como um observador. Este é o único modo de separá-lo de qualquer coisa. Se você está olhando para uma luz, uma coisa é certa, você não é a luz, você é aquele que observa. Assim sendo, observar é a chave da meditação. Observe a sua mente. Não faça mais nada, não repita um mantra ou o nome de Deus. Apenas observe o que a mente está fazendo.
 
Não a perturbe, não a impeça, não a reprima, não faça nada absolutamente. Seja apenas um observador. E o milagre de observar é a meditação. A medida que você continua a observar, aos poucos a mente começa a ficar vazia de pensamentos. Mas você não está se tornando mais alerta, mais consciente.
 
Quando a mente torna-se completamente vazia, toda sua energia torna-se uma chama despertadora. Essa chama é o resultado da meditação. Você pode dizer então que meditação é outro nome para viajar, testemunhar, observar sem nenhum julgamento, sem nenhuma avaliação. Apenas por observar, você imediatamente sai fora da mente; o observador torna-se mais forte e enraizado, a sua distância em relação a mente torna-se cada vez maior.
 
Em breve a mente estará tão distante que será difícil sentí-la – apenas um eco em longínquos vales. E finalmente, mesmo este eco desaparecerá. O desaparecimento da mente acontece sem o uso de qualquer força contra a mente – apenas deixando-a morrer por si mesma. Uma vez que a mente esteja absolutamente silenciosa, tenha desaparecido completamente, você não pode encontrá-la em lugar nenhum.
 
Então você torna-se consciente pela primeira vez de si mesmo, porque a mesma energia que estava envolvida com a mente, não a encontrando mais, volta-se para si mesma.
 
MeditarLembre-se, energia é um constante movimento. Nós costumamos dizer que as coisas são objetos, sem pensar porque os chamamos assim. Eles são objetos porque impedem, obstruem sua energia, sua consciência – elas objetam, elas são obstáculos. Mas quando não há objetos, e todos os pensamentos, emoções, humores desaparecem, você está em profundo silêncio, no nada, em coisa alguma, então toda a energia começa a voltar-se para si mesma. Este retorna da energia para a própria fonte e traz imenso prazer. Quando a meditação retorna à sua própria fonte, ela explode em imenso deleite em seu estado supremo é a iluminação.
 
E qualquer coisa que ajude você nesse processo de meditação é disciplina – talvez tomar um bom banho, estar limpo e fresco, sentado numa postura relaxada com os olhos fechados – nem faminto nem empanturrado – sentado na postura que seja mais relaxante, observando todo o corpo, cada parte, para ver se há alguma tensão. Se há alguma tensão, mude a postura e coloque o corpo em estado relaxado.
 
No Oriente, acertadamente, descobriu-se que a postura de Lótus – a forma em que Buda está sentado nas estátuas que você vê é chamada postura de Lótus – que é uma descoberta de milhares de anos, é a postura mais relaxada do corpo.
 
Mas para ocidentais que não estão acostumados a sentar no chão, a postura de Lótus é um pesadelo; sendo assim, evite-a, porque leva-se quase seis meses para aprender a postura de Lótus – não é necessário.
 
Se você está acostumado a sentar-se em cadeiras, poderá encontrar um jeito, uma postura, uma cadeira feita em determinada forma que poderá ajudá-lo a relaxar seu corpo e todas as tensões.
 
Assim, não é importante se você está sentado em uma cadeira ou na posição de Lótus, ou deitado numa cama. Sentar é preferível porque evita que você durma. A postura de Lótus foi escolhida por muitas razões. Se alguém consegue fazê-la sem se torturar muito, então é a melhor, mas não é imprescindível.
 
Ela é certamente a melhor situação para você poder entrar em meditação. As pernas estão cruzadas, as mãos estão cruzadas, a espinha está reta; isso ajuda muito ao estado de observação.
 
Primeiramente, nesta posição a gravidade tem o menor efeito sobre o corpo, a gravidade afeta o seu corpo inteiro.
 
É por isso que para dormir, deitar é a melhor postura, a gravidade atrai todo o seu corpo, por causa dessa atração, o corpo perde todas as suas tensões.
 
Em segundo lugar, quando você está deitado, se o seu propósito é dormir, você deve usar um travesseiro, porque quanto menos sangue chegar à sua mente, menos ativa ela ficará. Quanto menos sangue alcançar à sua mente, mais possibilidade há de se adormecer.
 
A postura de Lótus é uma grande combinação, ela oferece o menor efeito da gravidade, e por causa da espinha estar reta, menor quantidade de sangue chega à mente que, então, não pode funcionar. Nesta postura você não poderá adormecer facilmente.
 
MeditarSe você aprender esta postura desde o seu nascimento, ela torna-se natural. O cruzar das pernas, o cruzar das mãos, também tem um significado. A energia do seu corpo move-se num círculo; o círculo não é interrompido em ponto algum na postura de Lótus. Ambas as mãos... uma mão dá energia à outra mão, um pé da energia ao outro, e a energia continua movendo-se em círculo. Você torna-se um circulo da sua própria bioenergia. Assim sendo, várias coisas são de muita ajuda, sua energia não está sendo gasta, por isso você não fica cansado; uma mínima quantidade de sangue está alcançando a sua cabeça, de forma que sua mente não está funcionando muito.
 
Você está sentado em tal posição, suas pernas estão cruzadas, suas mãos cruzadas e sua espinha reta, o sono, dessa forma, torna-se difícil de acontecer. Estas coisas são apenas suportes, elas não são essenciais.

Isso não significa que uma pessoa que não possa sentar na postura de Lótus, não possa meditar; a meditação será um pouco mais difícil, mas a postura de Lótus é apenas útil, mas não absolutamente necessária.

O melhor é seguir o seu corpo e a sua sabedoria. Use uma cadeira; o propósito é você sentir-se confortável para que o corpo não atraia a sua atenção.
 
É por essa razão que a tensão deve ser evitada, porque se você tem uma dor de cabeça será difícil meditar. A todo momento,  sua atenção irá para a dor de cabeça. Se a sua perna estiver doendo, ou se existe uma leve tensão em qualquer parte do corpo, isso imediatamente irá alterá-lo.
 
É natural, é parte da sabedoria do corpo se ele não o alterasse, então sim, haveria perigo. Uma cobra poderá mordê-lo  e você continua sentado. Suas roupas podem pegar fogo, seu corpo poderá estar se queimando, e você não estará cônscio disto. Por isso, o corpo dá imediatamente o alarme, onde quer que esteja havendo algum problema.
 
Esta é a razão de se criar uma postura relaxada, na qual o corpo não necessite alarmá-lo, porque cada alarme será um distúrbio para sua meditação.
 
Ao meditarmos, ficamos em estado de elevação da consciência, liberamos os chakras (abrimos os portais espirituais), e passamos a captar as ondas energéticas do mundo espiritual superior, fortalecendo-nos, e sendo inspirados a ter pensamentos e sentimentos sublimes, amenizando ainda o nosso estresse.
 
Esse estado especial nos permite também, em muitos casos, reviver cenas de vidas passadas (sanando sofrimentos cármicos), e até lampejos do futuro (orientando os nossos passos com segurança). Caso você ainda não tenha experimentado, faça uma prova, e certamente sentirá os bons efeitos que ela produz.
 
Para quem já está fazendo sua meditação diária, parabéns pois o seu caminho para a espiritualidade está cada vez mais próximo de realizar o grande passo que o levará ao Satori (iluminação), ou seja, a um novo estado de consciência, e de uma nova e maravilhosa visão com a qual terá alcançado a harmonia cósmica.
 
MeditarDe posse desta benesse, será uma pessoa que muito ajudará na evolução da humanidade, que, atualmente, está necessitando urgentemente de pessoas que espalhem e irradiem energias positivas para fazer um mundo melhor, mais no SER do que essa corrida medrosa e desenfreada, que é a do TER.
 
Tenha sim, mas tenha também a consciência de que viver bem, não significa, somente, ser uma pessoa abastada; tenha sim, alegria de viver, sabendo que somos filhos de Deus. Um Pai como Deus, certamente não nos colocou neste mundo apenas para sofrer, mas sim nos dá a chance de poder evoluir, a fim de que alcancemos planos muito mais elevados e, finalmente, encontrar a suprema harmonia e felicidade à qual somos destinados.
 
Portanto, meus queridos irmãos, depende apenas de nós. Vamos experimentar este caminho? Que Tal? Votos de sucesso a todos, e tenham um ótimo aqui e agora!
 
Espero ter colaborado para que você possa iniciar sua meditação, agora com um maior conhecimento sobre o assunto. A experiência é muito importante, portanto, se você quiser, você consegue. Tente, não desista nunca, e você alcançará maravilhas nunca antes experimentadas.

Com muito amor é o que ofereço a vocês.

O abismo, a missão e o tesouro…


18.01.2010
Autor: Bíblia Católica Online 
A mensagem de nossa reflexão de hoje é clara. Quantas vezes nos vimos cansados em meio à caminhada, tentados a desistir da missão de levar o Evangelho a toda criatura? O mundo nos oferece nativas à missão o tempo todo, e o que o mundo nos propõe é realmente atrativo. A satisfação dos sentidos, o prazer, o dinheiro e o luxo. E não são poucos os que param à beira do caminho. Basta olhar ao redor. Todos conhecemos alguém que deixou a Igreja, que abandonou fé. Ou que preferiu uma fé menos comprometida com a doação de si mesmo, procurando uma religião moldada aos seus próprios gostos e aspirações.

Saia justa papal

18 de janeiro de 2010


Zero Hora
Em meio a duras críticas, o papa Bento XVI defendeu ontem as ações da Igreja Católica frente ao Holocausto dentro da principal sinagoga de Roma. A visita dividiu a comunidade judaica italiana, após ele ter dado continuidade ao processo de beatificação de Pio XII, no mês passado. Líder da Igreja Católica durante a II Guerra Mundial, Pio XII é acusado de ter silenciado sobre as ações nazistas.

Em seu discurso ao Papa, o presidente das Comunidades Judaicas de Roma, Riccardo Pacifici, salientou que os esforços para a beatificação fazem o “silêncio” de Pio XII doer ainda mais.

– Talvez isso não tivesse impedido os trens da morte, mas teria mandado um sinal, uma palavra de extremo conforto, de solidariedade humana, para aqueles nossos irmãos transportados aos fornos de Auschwitz – afirmou Pacifici, em um dos mais explícitos comentários já feitos por um líder judeu em público a um Pontífice.

Tome posse da vida nova!

Luzia Santiago
mensagem_071209


Enquanto estamos neste mundo, somos alvo da misericórdia de Deus. O Senhor não condena ninguém, nesta terra, a ficar prisioneiro perpétuo dos seus erros e da situação em que está. Todos somos maleáveis, ou seja, podemos mudar. A nossa história é, aos olhos do Pai, até a morte, uma história aberta, porque a qualquer instante a nossa vida pode ser purificada, completada, restaurada, dignificada e elevada até aos mais altos cumes da perfeição e do amor.
Portanto, enquanto vivemos, nenhuma mancha de erro é eterna, definindo-nos para sempre. A graça divina pode nos transformar de uma hora para outra, basta abrirmos o coração. Por isso não podemos excluir nem condenar ninguém.
Cultivemos o bom humor, a alegria e a disposição de amar e abençoar a todas as pessoas. Hoje não pode ser mais um dia na nossa vida. Façamos, a partir de agora, um firme propósito de abençoar e falar uma palavra de ânimo, de consolo e de bênção para o nosso próximo. Sobretudo, façamos o propósito de ser melhores a cada dia.
Peçamos a Jesus a graça de ser misericordiosos com nossos irmãos como Ele o é.
Jesus, eu confio em Vós!


Santa Margarida da Hungria

Canção Nova

18 de Janeiro

Santa Margarida da Hungria Nasceu no castelo de Turoc, em 1242. Filha de reis cristãos, convertidos, os pais passaram valores à filha, que, rapidamente, foi batizada e quis corresponder muito cedo à vocação e à vida religiosa. Formou-se junto às dominicanas e, depois de fazer os primeiros votos, ela foi viver num mosteiro que os seus pais construíram para ela na Ilha de Lebres.

Embora tivesse uma origem real, não era apegada aos bens materiais; brilhou por ser exemplo de pobreza, de desapego. Santa Margarida viveu o apego somente ao essencial; e as irmãs eram atingidas por esse testemunho. Mulher de oração, foi exemplo de vida comunitária e disposta a amar os irmãos como eles eram.

Santa Margarida da Hungria, rogai por nós!

Evangelho do dia 18/01/2010

Segunda-Feira, 18 de Janeiro de 2010
2ª Semana Comum


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, 18os discípulos de João Batista e os fariseus estavam jejuando. Então, vieram dizer a Jesus: “Por que os discípulos de João e os discípulos dos fariseus jejuam, e os teus discípulos não jejuam?” 19Jesus respondeu: “Os convidados de um casamento poderiam, por acaso, fazer jejum, enquanto o noivo está com eles? Enquanto o noivo está com eles, os convidados não podem jejuar. 20Mas vai chegar o tempo em que o noivo será tirado do meio deles; aí, então, eles vão jejuar. 21Ninguém põe um remendo de pano novo numa roupa velha; porque o remendo novo repuxa o pano velho e o rasgão fica maior ainda. 22Ninguém põe vinho novo em odres velhos; porque o vinho novo arrebenta os odres velhos e o vinho e os odres se perdem. Por isso, vinho novo em odres novos”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

domingo, 17 de janeiro de 2010

A Lição do Bambu


Depois de plantada a semente deste incrível arbusto, não se vê nada, Durante cinco anos, todo o crescimento é subterrâneo, invisível a olho nu, Mas, uma maciça e fibrosa estrutura de raiz, que se estende vertical e horizontalmente pela terra está sendo construída.
Um escritor americano escreveu:

"Muitas coisas na vida pessoal e profissional são iguais ao bambu chinês":

Você trabalha, investe tempo, esforço, faz tudo o que pode para nutrir seu crescimento, e, às vezes não vê nada por semanas, meses, ou anos.

Mas, se tiver paciência para continuar trabalhando, persistindo e nutrindo, o seu 5º ano chegará e, com ele, virão um crescimento e mudanças que você jamais esperava...

O bambu chinês nos ensina que não devemos facilmente desistir de nossos projetos,de nossos sonhos... Especialmente no nosso trabalho, (que é sempre um grande projeto em nossas vidas)

É que devemos lembrar do bambu chinês, para não desistirmos facilmente diante das dificuldades que surgirão.

Tenha sempre dois hábitos:

Persistência e Paciência, pois você merece alcançar todos os sonhos!

É preciso muita fibra para chegar às alturas e, ao mesmo tempo, muita flexibilidade para se curvar ao chão.

Autor desconhecido

Deus lhe deu uma missão especial

 17.01.2010
Deus o enviou ao mundo para que você realize uma missão especial, a ser cumprida somente por você. Como não foi você quem escolheu esta situação especial e sim Deus, você na precisa se preocupar. Talvez exista algo que os outros saibam fazer e que você seja incapaz de fazer, mas você possui capacidade de realizar a sua missão especial, impossível de ser feita pro outrem. Enfrente tudo pensando firmemente: “Deus está em mim, Nada temo”.




Livro: “Convite à Felicidade vol. 1”
(Dr. Masaharu Taniguchi)

Evangelho do dia 17/01/2010

Domingo, 17 de Janeiro de 2010
2º Domingo do Tempo Comum


— O Senhor esteja convosco!
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, + segundo João.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, 1houve um casamento em Caná da Galileia. A mãe de Jesus estava presente.
2Também Jesus e seus discípulos tinham sido convidados para o casamento.
3Como o vinho veio a faltar, a mãe de Jesus lhe disse: “Eles não têm mais vinho”.
4Jesus respondeu-lhe: “Mulher, por que dizes isto a mim? Minha hora ainda não chegou”.
5Sua mãe disse aos que estavam servindo: “Fazei o que ele vos disser”.
6Estavam seis talhas de pedra colocadas aí para a purificação que os judeus costumam fazer. Em cada uma delas cabiam mais ou menos cem litros.
7Jesus disse aos que estavam servindo: “Enchei as talhas de água”. Encheram-nas até a boca. 8Jesus disse: “Agora tirai e levai ao mestre-sala”. E eles levaram.
9O mestre-sala experimentou a água, que se tinha transformado em vinho. Ele não sabia de onde vinha, mas os que estavam servindo sabiam, pois eram eles que tinham tirado a água.
10O mestre-sala chamou então o noivo e lhe disse: “Todo mundo serve primeiro o vinho melhor e, quando os convidados já estão embriagados, serve o vinho menos bom. Mas tu guardaste o vinho bom até agora!”
11Este foi o início dos sinais de Jesus. Ele o realizou em Caná da Galileia e manifestou a sua glória, e seus discípulos creram nele.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

sábado, 16 de janeiro de 2010

Salmo 23 – O Senhor é o meu Pastor


1 O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará.
2 Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas.
3 Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome.
4 Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.
5 Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda.
6 Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do SENHOR por longos dias.

Cristo é a fonte de água que jorra para a vida eterna ( Jo 4:14 ). Ele também é o pão vivo que desceu dos céus ( Jo 6:51 ). Quem crê em Cristo passa a viver especificamente da palavra que sai da boca de Deus ( Jo 6:58 )! Para as ovelhas, os verdes pastos (pão) e a água perene (vida eterna) são suficientes para a subsistência, ou seja, de nada tem falta ( Ef 1:3 ; 1Co 1:5 ; 2Pe 1:3 ).
Não podemos esquecer que os salmos são profecias, conforme lemos em 1Cr 25:1 : “E DAVI, juntamente com os capitães do exército, separou para o ministério os filhos de Asafe, e de Hemã, e de Jedutum, para...leia mais

Qual é a sua vitória?

Luzia Santiago
mensagem_290709

A nossa maior vitória tem de ser amar em todas as horas e circunstâncias. A nossa alegria hoje precisa crescer. Vamos experimentar amar todas as situações e pessoas a todo o momento, porque a nossa alegria é consequência do nosso amor. Se amarmos pouco, ficaremos sem vida, opacos, mas se amarmos muito a nossa alegria será radiante e completa.
Mas, para o amor não passar em sua vida como uma chuva de verão, você precisará ser humilde e se decidir a amar. Vai ser preciso perdoar muitas vezes e pedir perdão todas as vezes que for necessário, vencendo todas as barreiras que fecham seu coração em si mesmo. Há tantas formas diferentes e eficazes de exercitar a humildade para amar incondicionalmente. Temos de encontrar a nossa.
Se fizermos a experiência de amar muito, nossa vida será repleta de alegria e vitórias de Deus, mesmo em meio às dificuldades próprias da vida.
Nada é mais doce do que o amor, pois o amor vem de Deus e só n’Ele se encontra.
Esse nobre sentimento em nós precisa ser tão grande a ponto de transformar nossas ações sempre em boas obras. E só existe um caminho para Deus: o amor!
Jesus, eu confio em Vós!

São Berardo e companheiros mártires

16 de Janeiro

São Berardo e companheiros mártires Em 1219, São Francisco enviou esses missionários para a Espanha, que estava tomada por mouros. Passaram por Portugal a pé, com dificuldades. Dependendo da Divina Providência, chegaram a Sevilha. Ali começaram a pregar, principalmente como testemunho de vida. Eram 3 sacerdotes e dois irmãos religiosos que incomodaram muitas pessoas ao anunciar o Evangelho. Acompanhado pelo testemunho, teve quem abrisse o coração para Cristo e as conversões começaram a acontecer. Pregaram até para o rei mouro, porque, também ele merecia conhecer a beleza do Santo Evangelho. Porém, anunciar o Evangelho naquele tempo, como nos dias de hoje, envolve riscos e eles foram presos por isso. Por influência do rei mouro, eles foram deportados para Marrocos e, ao chegarem lá, continuaram evangelizando; uma pregação sobre o reino de Deus, sobre o único amor que pode converter.

Graças a Deus, devido aos sinais, principalmente aquele tão concreto de Deus, que é a conversão e a mudança da mentalidade, as pessoas começaram a seguir Cristo e a querer o batismo. Mas isso incomodou também o rei mouro que, influenciado por fanáticos, prendeu os cinco franciscanos, depois os açoitou e decapitou.

Os santos mártires que, em 1220, foram mortos por causa da verdade, hoje, intercedem por nós.

São Francisco, ao saber da morte dos seus filhos espirituais, exultou de alegria, pois eles tinham morrido por amor a Jesus Cristo.

São Berardo e companheiros mártires, rogai por nós!

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

A verdade sobre si mesmo

Luzia Santiago
231009
”A vida traz indelevelmente inscrita nela uma verdade sua. O homem, ao acolher o dom de Deus, deve comprometer-se a manter a vida nesta verdade, que lhe é essencial. Desviar-se dela, equivale a condenar-se a si próprio à insignificância e à infelicidade, com a consequência de poder tornar-se também uma ameaça para a existência dos outros [...]” (Evangelium Vitae, 48).
Amar a Deus e ”ao próximo como a ti mesmo” (cf. Lv 19,18) não consiste em apenas seguir alguns dos mandamentos em favor da vida, mas em observar a Lei do Senhor em toda a sua extensão. Cumprir a vontade de Deus a nosso respeito e obedecer às leis divinas é encontrar pleno significado para a nossa existência! É reconhecer o amor como fundamental e originária vocação do ser humano.
Conheçamos a verdade sobre nós mesmos, para compreendermos e aceitarmos a verdade do nosso irmão. Sejamos sempre verdadeiros, assumindo isso como uma meta para as nossas ações, libertando-nos assim para uma experiência cotidiana do amor a Deus e à vida!
”Que o Evangelho seja o grande critério que guia as opções e os rumos da vossa vida!” (João Paulo II).
Jesus, eu confio em Vós!

Santo Amaro

15 de Janeiro

Santo Amaro Nasceu em Roma e entrou muito cedo para a vida religiosa. Filho espiritual e grande amigo de São Bento, tornou-se um beneditino com apenas 12 anos de idade. Realidades daquele tempo,mas que apontam para uma necessidade dos tempos atuais. Ele foi apontado, desde muito cedo, como um exemplo de silêncio e também de correspondência às exigências da vida monarcal. Vida de austeridade, de ação, de oração; “ora et labora” de fato.

Grande amigo de São Bento, viveu momentos que ficaram registrados. São Gregório foi quem deixou o testemunho de que, certa vez, São Bento, por revelação, soube que um jovem estava para se afogar em um açude. Disse ao então discípulo Amaro que fosse ao encontro daquele jovem. Ele foi. Sem perceber, com tanta obediência, ele caminhou sobre as águas e salvou aquele jovem; depois que ele percebeu que havia acontecido aquele milagre. Retribuíram a ele, mas, claro, ele atribuiu a São Bento, pois só obedeceu.

História ou lenda, isso demonstra como Deus pode fazer o impossível aos olhos humanos na vida e através da vida naqueles que acreditam e buscam corresponder à vocação. Todos nós temos uma vocação comum, a mesma que Santo Amaro teve: a vocação à santidade. Esse santo foi quem sucedeu São Bento em Subiaco, quando este foi para Monte Casino. Ele foi exemplo de virtude, obediência e abertura à ação do Espírito Santo.

Santo Amaro, rogai por nós!

Evangelho do dia 15/01/2010

Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2010
1ª Semana Comum


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor!

1Alguns dias depois, Jesus entrou de novo em Cafarnaum. Logo se espalhou a notícia de que ele estava em casa. 2Reuniram-se ali tantas pessoas, que já não havia lugar, nem mesmo diante da porta.
3Trouxeram-lhe, então, um paralítico, carregado por quatro homens. 4Mas não conseguindo chegar até Jesus, por causa da multidão, abriram então o teto, bem em cima do lugar onde ele se encontrava. Por essa abertura desceram a cama em que o paralítico estava deitado.
5Quando viu a fé daqueles homens, Jesus disse ao paralítico: “Filho, os teus pecados estão perdoados”. 6Ora, alguns mestres da Lei, que estavam ali sentados, refletiam em seus corações: 7“Como este homem pode falar assim? Ele está blasfemando: ninguém pode perdoar pecados, a não ser Deus”.
8Jesus percebeu logo o que eles estavam pensando no seu íntimo, e disse: “Por que pensais assim em vossos corações? 9O que é mais fácil: dizer ao paralítico: ‘Os teus pecados estão perdoados’, ou dizer: ‘Levanta-te, pega a tua cama e anda’?
10Pois bem, para que saibais que o Filho do Homem tem, na terra, poder de perdoar pecados, — disse ele ao paralítico: 11eu te ordeno: levanta-te, pega tua cama, e vai para tua casa!”
12O paralítico então se levantou e, carregando a sua cama, saiu diante de todos. E ficaram todos admirados e louvavam a Deus, dizendo: “Nunca vimos uma coisa assim”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Oração da noite



Senhor, se esta noite ao me deitar,
No meu coração houver,
A mágoa de uma ofensa recebida,
A dor de uma partida,
O tédio das horas de um dia de trabalho sem prazer,
A solidão dos meus passos sem companhia
E da minha ternura retida,
O peso da minha consciência que não praticou o bem,
O vazio da minha alma que não se elevou
Na contemplação da tua beleza e da tua bondade,
O medo de fechar as pálpebras sem saber
Se uma nova aurora vai surgir,
Eu te peço, Senhor, que, ao despertar amanhã
Ainda experimente a alegria de viver através
do sorriso de um rosto amigo,
da expectativa de um reencontro,
Da luz do sol batendo na janela do meu quarto,
do brilho de um olhar pousando sobre meus olhos,
Do propósito de amar o meu próximo,
Do gesto de adoração que me une a ti,
Da confiança nos teus braços que me sustentam
Na escuridão
E, se nessa noite, ao me deitar,
Tudo está bem, feliz te bendigo,
E, em tudo e por tudo, obrigado
E boa noite, meu Senhor !

Oração da Sabedoria





Senhor, dá-me a esperança paar vencer minhas ilusões.

Plantai em meu coração a semente do amor.

E ajuda-me a fazer feliz o maior número de pessoas possível, para ampliar sesu dias risonhos e resumir asa noites tristonhas.

Transforma meus rivais em companheiros, meus companheiros em amigos e meus amigos em entes queridos.

Não me deixes ser um cordeiro perante os fortes e nem um leão diantes dos fracos.

Dá-me o sabor de saber perdoar e afastai de mim o desejo de vingança.

Senhor, ilmuninai meus olhos para que eu veja os defeitos de minha alma e vendai-os para que eu não comente os defeitos alheios.

Senhor, levai de mim a tristeza e não a entregueis a mais ningém.

Enchei meu coração com a divina fé, para sempre louvar o vosso nnome e arrancai de mim o orgulho e a presunção.

Deus, fazeri de mim um homem realmente justo.

O que você faz no momento da dor?

Luzia Santiago
siteluzia2
O que dizemos nos momentos de sofrimento? Que atitude tomamos quando alguém passa por uma grande dor? Quais palavras proferimos nessas situações?
Na hora do desespero, não podemos agir como tolos perdendo a fé e amaldiçoando a Deus. Precisamos aceitar com docilidade também a desgraça, o desgosto, o sabor amargo que a vida, muitas vezes, nos oferece; pois o essencial é não perdermos a fé.
Ao passarmos pelos infortúnios deste mundo peçamos ao Senhor que nos dê a graça de caminharmos na presença d’Ele sem jamais amaldiçoarmos Sua santa vontade. Peçamos a graça de passarmos com integridade e dignidade de filhos de Deus por todas as provações, confiantes na Divina Misericórdia, que nos sustenta sempre.
Confie na presença incondicional do Senhor em qualquer circunstância e experimente o Socorro Divino!
Confie, pois a sua esperança precisa estar no Senhor, somente n’Ele!
Jesus, eu confio em Vós!

Santa Elisabete Ana Bayley Seton

cancaonova
14 de JaneiroSanta Elisabete Ana Bayley Seton Primeira norte-americana a ser canonizada. Em 1975, sob o pontificado do papa Paulo VI, nasceu nos Estados Unidos, no ano de 1774 dentro de uma família cuja mãe era uma cristã não católica e o pai, conhecido como médico muito atarefado e famoso. A mãe faleceu e, infelizmente, a madrasta fazia sofrer Santa Elisabete. Seu refúgio era a oração e a Palavra de Deus. Era alguém que buscava cumprir os mandamentos do Senhor, responder como Cristo respondeu aos sofrimentos do seu tempo.

Santa Elisabete Ana Bayley Seton chegou a casar-se, teve vários filhos, mas, por falência de seu esposo, tiveram que entrar no ritmo da migração dos Estados Unidos para a Itália. Com as dificuldades da viagem e a fragilidade de seu esposo, ele faleceu. Ela continuou até chegar à Itália e ser acolhida por uma família amiga. Era uma família feliz porque seguiam a Cristo como católicos praticantes. Tudo aquilo foi mexendo com o coração de Santa Elisabete e ela quis se tornar católica. Não se sabe ao certo se tornou-se católica ali na Itália ou nos Estados Unidos, mas o fato é que retornou para os Estados Unidos, foi acolhida pela Igreja de Cristo Católica, mas pelos familiares que eram cristãos de outra igreja, não foi bem acolhida; foi até perseguida.

De fato, o ecumenismo é uma conquista de cada dia e em todos os tempos. Santa Elisabete Ana Bayley teve uma dificuldade com uma minoria católica de tal forma, pois não encontrava espaço para a educação dos filhos, que inspiradamente começou uma obra que chegou a ser uma Congregação das irmãs de São José, com o objetivo de formar as crianças numa fé cristã e católica.

Santa Elisabete, com apenas 47 anos, faleceu; mas deixou para todos os cristãos católicos do mundo inteiro o testemunho de um coração que buscou, em tudo, a obediência ao Senhor.

Santa Elisabete Ana Bayley, rogai por nós!

Evangelho do dia 14/01/2010

Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010
1ª Semana Comum


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, 40um leproso chegou perto de Jesus, e de joelhos pediu: “Se queres, tens o poder de curar-me”. 41Jesus, cheio de compaixão, estendeu a mão, tocou nele, e disse: “Eu quero: fica curado!” 42No mesmo instante, a lepra desapareceu, e ele ficou curado. 43Então Jesus o mandou logo embora, 44falando com firmeza: “Não contes nada disso a ninguém! Vai, mostra-te ao sacerdote e oferece, pela tua purificação, o que Moisés ordenou, como prova para eles!”
45Ele foi e começou a contar e a divulgar muito o fato. Por isso Jesus não podia mais entrar publicamente numa cidade: ficava fora, em lugares desertos. E de toda parte vinham procurá-lo.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

Mensagem do dia 14/01/2010


"O destino dos povos que prosperam muito, materialmente, é acabarem vivendo numa civilização de coisas. " Érico Veríssimo.

Não é necessário o melhor de tudo para você ser melhor em tudo. Geralmente os que conquistam somente "coisas", trocam sua sensibilidade emocional e até mesmo espiritual por uma imagem. Ter não é poder, pois o poder está dentro de cada um. Todos temos momentos assim e controlá-los é uma forma de elevar o próprio coração. Para ser melhor, para ter paz, segurança e conforto, precisamos primeiro tratar de nosso interior e fortalecer principalmente nossa fé, ai estão as verdadeiras paz e felicidade.

Bom trabalho!

Tenham um dia pleno de realizações!

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Papa encontra e perdoa mulher que o atacou na véspera de Natal

13/01/10 - 14h21

Susanna Maiolo tentou agredir o pontífice, mas foi detida.
Processo contra ela prossegue, segundo o Vaticano.
Da Reuters, no Vaticano
O Papa Bento XVI teve uma audiência particular nesta quarta-feira (13) com a mulher que o derrubou na véspera de Natal e disse que a perdoou, informou o Vaticano.

Susanna Maiolo, de 25 anos, que tem cidadania dupla italiana e suíça, chocou o mundo católico e a segurança do Vaticano quando saltou sobre uma barreira, agrediu o papa e o derrubou quando ele estava prestes a celebrar a missa na Basílica de São Pedro. O Vaticano disse mais tarde que ela era "psicologicamente instável".

Acompanhada por dois parentes, Maiolo expressou arrependimento pelo incidente no breve encontro que teve com o papa. Ele também "manifestou interesse (pela saúde dela) e lhe desejou melhoras".

O processo aberto contra ela pelas autoridades do Vaticano, no entanto, vai prosseguir, acrescentou o Vaticano.


Foto: AFP
O Papa Bento XVI dá a mensagem de Ano Novo para os embaixadores no Vaticano nesta segunda-feira (11). (Foto: AFP)

O que há de mais belo na vida?

Luzia Santiago
mensagem_300709 Quando nos encontramos verdadeiramente com Jesus e fazemos a experiência de deixá-Lo conduzir a nossa vida, tudo ganha um colorido diferente, e passamos a enxergá-la sob uma nova ótica. Não podemos ficar atrelados ao que já passou nem viver em função do amanhã.
Hoje Jesus está apontando-nos os novos rumos para a nossa vida e precisamos segui-los. Não deixemos para amanhã o que é para ser feito hoje. Vivamos este dia como se fosse o único e o último da nossa vida. Não permitamos que as muitas preocupações e as agitações da vida nos arrastem, e vivamos de qualquer jeito o dia que se chama hoje. O próprio Senhor disse a Marta:
“Marta, Marta! Tu te preocupas e andas agitada por muitas coisas. Porém, uma só coisa é necessária. Maria escolheu a melhor parte e esta não lhe será tirada” (Lc 10,41).
Antes de qualquer ocupação, precisamos ter a sabedoria de Maria, a irmã de Marta, que se sentou aos pés de Cristo para escutá-Lo. Com certeza, quando tomamos a mesma postura dessa mulher de Deus, o nosso tempo rende muito mais e somos capazes de realizar coisas que somente com a nossa inteligência e o nosso esforço não realizaríamos.
Por isso, em todos os momentos invoquemos o nome do Senhor.
Jesus, eu confio em Vós!

Santo Hilário de Poitiers

Cançãonova

13 de Janeiro

Santo Hilário de Poitiers Um dos santos padres da Igreja de Cristo, ele nasceu no ano de 315, em Poitiers, na França. Buscava a felicidade; mas sua família, pagã, vivia segundo a filosofia hedonista, ligada ao povo grego-romano; ou seja, felicidade como sinônimo de prazeres, com puro bem-estar. Então, aquele jovem dado aos estudos, se perguntava quanto ao fim último do ser humano; não podia acabar tudo ali com a morte; foi perseguindo a verdade.

O Espírito Santo foi agindo até ele conhecer as Sagradas Escrituras. O Antigo Testamento o levou proclamar o Deus uno, que merece toda a adoração. Passando para o Novo Testamento, Santo Hilário foi evangelizado e, numa busca constante, ele se viu necessitado do santo batismo, entrar para Igreja de Cristo e se fazer membro deste Corpo Místico. Em 345, foi batizado. Não demorou muito já era sacerdote e, depois, ordenado bispo para o povo de Poitiers.

Ele sofria com as heresias do arianismo. Santo Hilário, pela sua pregação e seus escritos, foi chamado "O Atanásio do Ocidente", porque ele combateu o Arianismo do Oriente. No tempo em que o imperador Constâncio começou a apoiar esta heresia, Santo Hilário não teve medo das autoridades. Se era para o bem do povo, ele anunciava com ousadia até ser exilado, mas não deixou de evangelizar nem mesmo na cadeia. Por conselho, o próprio imperador o assumiu de volta em 360, porque os conselheiros sabiam da grande influência desse santo bispo que não ficava apenas em Poitiers, mas percorria toda a França.

Ele voltou, convocou um Concílio em Paris, participou de tantos outros conselhos no ocidente, mas sempre defendendo essa verdade que é Jesus Cristo, verdadeiro Deus, verdadeiro homem.

Santo Hilário de Poitiers foi se consumindo por essa verdade. Pelos seus escritos que chegam até o tempo de hoje, percebe-se este amor por Jesus Cristo. Não só numa busca pessoal, mas de promover a salvação dos outros. No século IV, ele partiu para a glória.

Santo Hilário de Poitiers, rogai por nós!

Evangelho do dia 13/01/2010

Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010
Santo Hilário

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, 29Jesus saiu da sinagoga e foi, com Tiago e João, para a casa de Simão e André. 30A sogra de Simão estava de cama, com febre, e eles logo contaram a Jesus. 31E ele se aproximou, segurou sua mão e ajudou-a a levantar-se. Então, a febre desapareceu; e ela começou a servi-los. 32À tarde, depois do pôr-do-sol, levaram a Jesus todos os doentes e os possuídos pelo demônio. 33A cidade inteira se reuniu em frente da casa. 34Jesus curou muitas pessoas de diversas doenças e expulsou muitos demônios. E não deixava que os demônios falassem, pois sabiam quem ele era.
35De madrugada, quando ainda estava escuro, Jesus se levantou e foi rezar num lugar deserto. 36Simão e seus companheiros foram à procura de Jesus. 37Quando o encontraram, disseram: “Todos estão te procurando”. 38Jesus respondeu: “Vamos a outros lugares, às aldeias da redondeza! Devo pregar também ali, pois foi para isso que eu vim”. 39E andava por toda a Galileia, pregando em suas sinagogas e expulsando os demônios.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Evangelho do dia 11/01/2010

Segunda-Feira, 11 de Janeiro de 2010
1ª Semana Comum


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor!

14Depois que João Batista foi preso, Jesus foi para a Galileia, pregando o Evangelho de Deus e dizendo: 15“O tempo já se completou e o Reino de Deus está próximo. Convertei-vos, e crede no Evangelho!”
16E, passando à beira do mar da Galileia, viu Simão e André, seu irmão, que lançavam a rede ao mar, pois eram pescadores. 17Jesus lhes disse: “Segui-me e eu farei de vós pescadores de homens”. 18E eles, deixando imediatamente as redes, seguiram a Jesus.
19Caminhando mais um pouco, viu também Tiago e João, filhos de Zebedeu. Estavam na barca, consertando as redes; 20e logo os chamou. Eles deixaram seu pai Zebedeu na barca com os empregados, e partiram, seguindo Jesus.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

domingo, 10 de janeiro de 2010

Evangelho do dia 10/01/2010

Domingo, 10 de Janeiro de 2010
Batismo do Senhor

— O Senhor esteja convosco!
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, 15o povo estava na expectativa e todos se perguntavam no seu íntimo se João não seria o Messias. 16Por isso, João declarou a todos: “Eu vos batizo com água, mas virá aquele que é mais forte do que eu. Eu não sou digno de desamarrar a correia de suas sandálias. Ele vos batizará no Espírito Santo e no fogo”.
21Quando todo o povo estava sendo batizado, Jesus também recebeu o batismo. E, enquanto rezava, o céu se abriu 22e o Espírito Santo desceu sobre Jesus em forma visível, como pomba. E do céu veio uma voz: “Tu és o meu Filho amado, em ti ponho o meu bem-querer”.





- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

sábado, 9 de janeiro de 2010

Evangelho do dia 09/01/2010

Sábado, 9 de Janeiro de 2010
Sábado depois da Epifania


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.
— Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, 22Jesus foi com seus discípulos para a região da Judeia. Permaneceu aí com eles e batizava. 23Também João estava batizando, em Enon, perto de Salim, onde havia muita água. Aí chegavam as pessoas e eram batizadas.
24João ainda não tinha sido posto no cárcere. 25Alguns discípulos de João estavam discutindo com um judeu a respeito da purificação. 26Foram a João e disseram: “Rabi, aquele que estava contigo além do Jordão e do qual tu deste testemunho, agora está batizando e todos vão a ele”.
27João respondeu: “Ninguém pode receber alguma coisa, se não lhe for dada do céu. 28Vós mesmos sois testemunhas daquilo que eu disse: ‘Eu não sou o Messias, mas fui enviado na frente dele’. 29É o noivo que recebe a noiva, mas o amigo, que está presente e o escuta, enche-se de alegria ao ouvir a voz do noivo. Esta é a minha alegria, e ela é completa. 30É necessário que ele cresça e eu diminua”.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Evangelho do dia 08/01/2010

Sexta-Feira, 8 de Janeiro de 2010
Sexta-feira depois da Epifania


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor!

12Aconteceu que Jesus estava numa cidade, e havia aí um homem leproso. Vendo Jesus, o homem caiu a seus pés, e pediu: “Senhor, se queres, tu tens o poder de me purificar”. 13Jesus estendeu a mão, tocou nele, e disse: “Eu quero, fica purificado”. E imediatamente, a lepra o deixou. 14E Jesus recomendou-lhe: “Não digas nada a ninguém. Vai mostrar-te ao sacerdote e oferece pela purificação o prescrito por Moisés como prova de tua cura”.
15Não obstante, sua fama ia crescendo, e numerosas multidões acorriam para ouvi-lo e serem curadas de suas enfermidades. 16Ele, porém, se retirava para lugares solitários e se entregava à oração.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Santa Rafaela Maria

6 de Janeiro


Santa Rafaela Maria Nasceu em Córdova, na Espanha, no ano de 1850. Juntamente com sua irmã de sangue, fundaram a Congregação das Escravas do Sagrado Coração de Jesus. Dedicadas à adoração ao Santíssimo Sacramento e ao cuidado das crianças, Santa Rafaela ocupou o cargo de Madre Superiora e sua irmã – co-fundadora – de ecônoma geral. Mas, no ano de 1893, a irmã de Santa Rafela foi partilhando com outras conselheiras a ponto de convencê-las de que sua irmã, Santa Rafaela Maria, por não ser apta na economia, também não poderia continuar governando a congregação. Diante daquele consenso, ela deixou o cargo e sua irmã o ocupou e foi superiora durante 10 anos.

Nos 22 anos de vida que restaram a essa grande serva de Deus, ela viveu na humildade, fazendo os serviços que davam a ela sempre com muito amor e obdediência na graça de Deus. Santa Rafaela Maria foi uma verdadeira adoradora diante do Santíssimo Sacramento. Ao falecer, em 1925, partiu para a glória. Não passou muito tempo, veio à luz toda a trama de sua irmã, que não foi reconhecida como santa.

Santa Rafaela Maria, rogai por nós!

Papa diz que ciência precisa da fé para compreender realidade

06/01/10 - 10h38

Da EFE


Cidade do Vaticano, 6 jan (EFE).- O papa Bento XVI afirmou hoje que a ciência, por si só, não basta para compreender a realidade que só pode ser apreendida através da unidade entre "inteligência e fé, ciência e revelação", que foram as duas luzes que guiaram os Reis Magos a Belém.

Após a missa da Epifania do Senhor realizada na Basílica de São Pedro, o papa rezou Ângelus diante de cerca de 6 mil pessoas na praça do mesmo nome, onde há um enorme presépio.

Bento XVI reafirmou a necessidade de uma ciência que não seja "autossuficiente", aberta a "posteriores revelações e chamadas divinas".

Explicou que os Reis Magos "eram modelos dos autênticos buscadores da verdade" e "sábios", mas não se envergonharam de pedir instruções aos chefes religiosos da Judéia para chegar a Belém.

Os Reis Magos, que observavam os astros e conheciam a história dos povos, "tinham necessidade das indicações dos sacerdotes e dos escribas para saber exatamente o lugar para onde ir", explicou.

"Eram homens de ciência em um sentido amplo, que observavam o cosmos e o consideravam praticamente como um grande livro cheio de sinais e mensagens de Deus para o homem", disse.

Seu saber, portanto, longe de considerá-lo autossuficiente, estava aberto a posteriores revelações e chamadas divinas, tanto quanto para não se envergonhar de pedir instruções, afirmou o papa.

Portanto, os Reis Magos - segundo o papa - são exemplo de unidade entre inteligência e fé.

O Ângelus do dia da Epifania do Senhor foi fechado com uma invocação à Virgem Maria, "modelo de verdadeira sabedoria", para que ajude os homens a "serem autênticos buscadores de Deus, capazes de viver na profunda sintonia entre razão e fé, ciência e revelação".

Depois, o papa cumprimentou as Igrejas Orientais que amanhã comemoram o nascimento de Jesus. EFE